Você está aqui

Também na Radioagência Nacional

Subscrever feed Também na Radioagência Nacional
Atualizado: 15 minutos 28 segundos atrás

Rio de Janeiro: contrato de empréstimo para quitar salários atrasados será assinado até terça

sab, 09/12/2017 - 15:29

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, afirmou que a assinatura do contrato de empréstimo de R$ 2,9 bilhões, com o banco BNP Paribas, ocorrerá nesta segunda (11) ou terça-feira (12).

 

O socorro financeiro faz parte do plano recuperação fiscal firmado pelo estado com o governo federal. Segundo Pezão, após mais de um ano de negociações, as pendências restantes já foram resolvidas com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

 

O governo do Rio ofereceu as ações da Cedae, a Companhia de Águas e Esgoto do Rio de Janeiro, que será privatizada, como garantia para o empréstimo. Segundo Pezão o dinheiro será usado para quitar os salários atrasados dos servidores estaduais.

 

Com o empréstimo vai ser possível pagar os vencimentos mensais atrasados, o décimo terceiro de 2016 e as gratificações que ainda estão em aberto. O dinheiro será liberado em até três dias úteis após a assinatura do contrato.

Homem ejacula em passageira em avião da Gol que ia de Belém a Brasília

sab, 09/12/2017 - 14:56

A Polícia Civil de Brasília registrou, na tarde dessa sexta (8), o caso de um homem de 51 anos acusado de ejacular em uma passageira durante um voo da Gol que vinha de Belém a Brasília. O homem já foi liberado porque o delegado entendeu que não foi estupro, mas importunação ofensiva ao pudor, infração punida com multa.

 

A passageira relatou que dormiu após a decolagem e acordou meia hora depois com o homem que estava ao seu lado puxando a mão dela. Ainda sem saber o que estava acontecendo, viu sua mão suja e com cheiro característico de ejaculação. A passageira que estava sentada na mesma fileira presenciou o fato e tentou agredir o acusado. O homem argumentou que estava tossindo e que tinha escarrado na passageira.

 

Em nota, a Gol afirmou que repudia veementemente o ocorrido e que a tripulação agiu imediatamente imobilizando ao agressor e comunicando o fato à Polícia Federal.

 

* A participação da repórter foi ao vivo.

Alckmin é confirmado presidente do PSDB

sab, 09/12/2017 - 14:37

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, foi confirmado o novo presidente do PSDB para o biênio 2018/2019. O resultado da convenção nacional do partido, que acontece desde a manhã de hoje (9), em Brasília, já era esperado.

 

Na semana passada, o governador de Goiás, Marconi Perillo, e o senador Tasso Jereissatti, que pretendiam disputar o cargo, abriram mão de suas candidaturas em favor de Alckmin, nome de consenso entre eas alas e com mais chance de unificar a legenda para enfrentar as eleições presidenciais do ano que vem.

 

Perillo será um dos vice-presidentes do partido. O ex-presidente Fernando Henrique discursou na convenção e disse que o partido errou e tem que focar, agora, mais nas pessoas. 

 

* A participação da repórter foi ao vivo.

MPF aciona ministro por ter reduzido fiscalização e combate ao trabalho escravo

sab, 09/12/2017 - 02:06

O Ministério Público Federal acionou o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, por improbidade administrativa. Os procuradores alegam que a atuação de Nogueira resultou na redução dos serviços de fiscalização e combate ao trabalho escravo.

 

Entre as medidas administrativas apontadas como enfraquecedoras da política pública estão a contenção das atividades do Grupo Especial de Fiscalização Móvel e da fiscalização do trabalho; a não publicação da lista suja do trabalho escravo; além da publicação da Portaria nº 1.129/2017, que altera o conceito de trabalho escravo.

 

Em relação à atuação do grupo móvel, por exemplo, o MPF afirma que, em 2015, foram 155 operações; em 2016, 106; e, em 2017, há registro de apenas 18 operações realizadas pelo grupo móvel.

 

Em nota, o Ministério do Trabalho informa, entre outros pontos, que não há descaso da pasta em relação ao combate ao trabalho escravo. Diz, ainda, que de fato, há mais de uma década o número de pessoas resgatadas da condição análoga à escravidão tem diminuído ano a ano. Mas que isso mostra a efetividade da fiscalização, pois a prática do delito está diminuindo.

Em São Paulo, exposição Canto Geral faz reflexão sobre violações de direitos humanos

sab, 09/12/2017 - 01:55

O próximo dia 10 é Dia Internacional dos Direitos Humanos, que marca a publicação da Declaração dos Direitos Humanos, de 1948.

 

Marcando a data, a exposição Canto Geral será inaugurada neste fim de semana, em São Paulo, e traz uma reflexão sobre as violações de direitos humanos que ainda ocorrem no país.

 

São 30 gravuras de artistas brasileiros que se referem a cada um dos artigos da declaração e expostas no Memorial da Resistência, no centro de São Paulo. Acompanhe na reportagem de Nelson Lin.

Exército e Funai retomam área de garimpo ilegal antes ocupada por índios isolados

sab, 09/12/2017 - 01:33

Exército e Funai finalizaram neste mês uma missão na Terra Indígena Vale do Javari, no Amazonas. O objetivo foi combater garimpo ilegal no rio Jandiatuba, reabrir a Base de Proteção Etnoambiental da Funai nesse rio, além de realizar uma expedição de monitoramento e localização na região apontada como local de um possível massacre de índios isolados no mês de agosto.

 

A respeito da denúncia de massacre, a Funai informou que uma expedição terrestre de localização percorreu, por 10 dias, diversas localidades onde teria ocorrido o crime apresentado na denúncia.

 

Segundo a fundação, dados preliminares levantados pela equipe técnica ainda não apontam evidências que comprovem o possível conflito. No entanto, foram registradas provas da presença de invasores nas margens do Jandiatuba, inclusive em locais muito próximos da área de ocupação dos grupos isolados. Essa proximidade, de acordo com o órgão indigenista, gera alto grau de vulnerabilidade a esses povos.

 

A missão destruiu oito balsas de garimpo ilegal. Atuaram militares do Comando Militar da Amazônia e servidores da Funai. A ação também contou com Ministério Público Federal, que acompanhou o planejamento e articulação, expedindo algumas recomendações sobre a atuação dos órgãos.  

Festival Internacional de Cinema Feminino traz 64 produções de 18 países

sab, 09/12/2017 - 01:24

Na 12ª edição do Festival Internacional de Cinema Feminino, o Femina, estarão em tela 64 produções de 18 países, dirigidos por mulheres, co-dirigidos ou com temáticas femininas. Muitos dos filmes inéditos no Rio, como o que abre o festival, o longa Jovem Mulher, da francesa Léonor Serraille, ganhador do Camera D'or, uma importante premiação do Festival de Cannes.

 

O evento começa no dia 13 e vai até o dia 18 de dezembro, no Centro Cultural do Banco do Brasil. A realizadora e curadora do Festival, Paula Alves, destaca a necessidade de fomentar a participação das mulheres no cinema.

 

A programação gratuita inclui curtas, longas, documentários, filmes experimentais e de animação para todas as idades. Paula acrescenta que a baixa participação das mulheres nas funções chave do cinema é um reflexo da desigualdade entre homens e mulheres presente na sociedade de uma forma geral. Ela exemplifica com os dados do cinema nacional. Entre 2001 e 2010, as mulheres produziram apenas 24% dos longa-metragens brasileiros, sendo essa a função com maior participação feminina. Nas direções, estiveram em apenas cerca de 15% dos filmes, assinaram o roteiro de 13% e protagonizaram cerca de 18%.

 

O evento contará também com o seminário Feminismos, Cinema e Interseccionalidade: diálogos e estratégias de resistências, exatamente para debater este cenário. A edição do festival homenageia três mulheres, a cineasta Sandra Werneck, a produtora Vania Catani, e atriz Laura Cardoso.

Cadeia Velha: Tribunal da 2ª Região manda processos de réus sem foro para juiz Marcelo Bretas

sab, 09/12/2017 - 01:01

O desembargador Abel Gomes, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, relator das investigações da Lava Jato no Rio, desmembrou os processos relacionados à operação Cadeia Velha, que tramitavam no TRF2.

 

Ele manteve no tribunal apenas os deputados Jorge Picciani, presidente afastado da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB, que têm foro privilegiado.

 

Os três estão presos na cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica,

 

Ainda de acordo com a decisão anunciada nesta sexta-feira (8), o desembargador vai encaminhar ao juiz da 7ª Vara Federal Criminal, Marcelo Bretas, os demais réus da operação.

 

Na lista, estão Felipe Picciani, filho do presidente afastado da Alerj, e os empresários Jacob Barata Filho, José Carlos Lavouras, Lélis Marcos Nascimento e Marcelo Traça, os quatro ligados ao setor de transportes.

 

A Operação Cadeia Velha foi deflagrada no dia 14 de novembro com base em investigações que desvendaram esquema de propina paga por empresas de ônibus a políticos do estado.

--

Palestina confirma uma morte em protestos contra reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel

sab, 09/12/2017 - 00:36

A informação sobre a morte foi dada pelo Ministério da Saúde palestino. Os confrontos aconteceram durante o dia de fúria convocado pelos árabes.

 

Centenas de manifestantes participaram dos protestos manifestantes participaram dos protestos na Cisjordânia, na Faixa de Gaza e na Jerusalém oriental.

 

O Exército de Israel disse que os palestinos estavam queimando pneus e jogando pedras entre soldados israelenses do outro lado.

 

Mais de 80 palestinos foram feridos nos protestos, segundo o Crescente Vermelho, braço da Cruz Vermelha no mundo árabe.

 

Também houve protestos na Jordânia, na Síria, no Iraque, no Iêmen, no Egito e, para além do mundo árabe, no Irã, na Turquia, no Afeganistão, no Paquistão, na África, na Somália e ainda no sudeste asiático, na Indonésia, na Malásia e em Bangladesh. Confira na reportagem de Paola de Orte.

Professora de criminologia avalia que crescimento da população carcerária se deve à Lei Antidrogas

sab, 09/12/2017 - 00:19

Os dados divulgados nessa sexta-feira (8) pelo Ministério da Justiça sobre o sistema penitenciário brasileiro não são novidade para Soraia Mendes, doutora em direito pela Universidade de Brasília e professora de criminologia.

 

Ela afirma que o Conselho Nacional de Justiça apresentou dados semelhantes em 2015 e comenta que a Lei Antidrogas, que entrou em vigor em 2006, fez crescer o número de presos.

 

A professora aponta que a maior parte das prisões envolve crimes com baixo grau de violência e acrescenta que a sociedade precisa pensar se encarceramento gera aumento da segurança.

 

Soraia lembra dados da pesquisa que mostram que 40% do sistema carcerário é composto por homens que cometeram crimes contra o patrimônio, e uma quantidade enorme de homens está presa por cometerem furtos, que é um crime de baixa periculosidade. Acompanhe na reportagem de Samanta do Carmo.

Em seminário, Raquel Dodge defende que Ministério Público crie organização para tratar crise hídrica

sex, 08/12/2017 - 23:33

A procuradora-geral da República ,Raquel Dodge, defendeu hoje (8), no Rio de Janeiro, a criação de uma organização global do Ministério Público para tratar a crise hídrica nos países. Dodge participou do Seminário Internacional sobre Direito da Água, na sede do Tribunal de Justiça do Estado. A procuradora ainda enfatizou que o direito à água não está suficientemente garantido no Brasil.

 

O seminário foi organizado pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Herman Benjamin e abordou os desafios atuais e soluções jurídicas para os problemas relacionados à agua, em debates com especialistas e representantes de várias cortes de países da América Latina e da Organização dos Estados Americanos (OEA).

 

Herman Benjamin afirmou que o país vive uma crise hídrica e que é importante que o Poder Público, o Judiciário e a própria sociedade acordem para o aspecto dramático dessa situação, que exige planejamento, investimento, mas, principalmente, compromisso da classe política com o bom uso dos recursos públicos.

 

O presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos, Roberto de Figueiredo Caldas, citou um dos principais desafios da área.

 

As soluções apresentadas ao final do seminário vão ser acrescentadas à Declaração de Brasília de Juízes sobre Água e Estado de Direito Ambiental, a ser divulgada durante o 8º Fórum Mundial da Água, que será realizado de 19 a 23 de março do ano que vem, em Brasília. Essa será a primeira vez que o Hemisfério Sul vai sediar o evento.

Universo: Saiba por que a Via Láctea é considerada sagrada na astronomia indígena

sex, 08/12/2017 - 19:33

O sol, a lua, as estrelas, a Via Láctea ….

 

Ah, a Via Láctea!!!!

 

Esses objetos dizem muito sobre o universo e também sobre a astronomia indígena. 

 

É pela posição do sol e das constelações que essas comunidades milenares aprenderam a se guiar, a entender o espaço e o tempo, a plantar, caçar e sobreviver. 

 

Olhando para o céu os nossos povos indígenas entenderam as estações do ano e como se localizar estrategicamente.

 

Aquele velho ditado: estava escrito nas estrelas.

 

 Hoje nós vamos juntos entrar nesse universo.

 

Quem nos guia é o doutor em astronomia e especialista no estudo indígena, Germano Afonso.

 

Ele que é professor aposentado da Universidade Federal do Paraná e leciona na Uninter, em Curitiba.

 

Vem com a gente!!!

 

Universo: Apresenta temas ligados à astronomia com o objetivo de explicar, de forma didática, as principais teorias do universo  e descobertas científicas ligadas ao espaço. É publicado semanalmente na Radioagência Nacional e na Rádio Nacional. Ouça aqui os programas já veiculados da série.

 

Filhos de Gandhi, Joelma e Alcione vão animar a festa do reveillon em Brasília

sex, 08/12/2017 - 19:07

O Distrito Federal vai apostar em três nomes nacionais para a programação da festa de Ano Novo: Alcione, Joelma e os Filhos de Gandhi. Os detalhes foram divulgados nesta sexta-feira pela Secretaria de Cultura. O palco principal vai ser montado, como de costume, na Esplanada dos Ministérios, com 10 minutos de fogos durante a virada.

 

O réveillon da Prainha, na Praça dos orixás, também está mantido, e neste ano serão dois dias de festa no local, começando no dia 30, de acordo com o secretário Guilherme Reis.

 

Os dois dias de festa na Prainha vão ser promovidos em conjunto com a Fundação Cultural Palmares, que vai contratar artistas adicionais ainda não divulgados.

 

O que chamou a atenção de artistas locais foram os cachês das atrações nacionais. Alcione receberá R$ 300 mil, e Joelma, R$ 200 mil.

 

O maestro Rênio Quintas, do Fórum de Cultura do DF, disse estranhar os valores, já que, segundo ele, a política da Secretaria de Cultura tem sido de negociar para baixo os cachês pagos a artistas locais – que já são bem menores que o de músicos nacionais. O maestro, no entanto, disse que vai pedir uma reunião com o secretário para entender melhor esse financiamento.

 

Para a contratação de artistas locais no ano novo, o governo vai lançar um chamamento público na próxima segunda-feira, no valor de cerca de R$ 44 mil para selecionar três músicos, e ainda um VJ, um DJ e dois apresentadores.

 

O orçamento total para esse ano é de R$ 2 milhões e setecentos mil reais, quase o triplo do previsto para a última festa da virada. O secretário de Cultura, Guilherme Reis, falou sobre o aumento considerável na verba do réveillon.

 

Sobre os cachês pagos a artistas locais e nacionais, a Secretaria de Cultura respondeu que a diferença de valores é “normal” em qualquer lugar do país, pois, segundo a pasta, os artistas nacionais têm “renome” e potencial de chamar mais público.

 

Quanto a negociação de cachês mais baixos para os artistas locais, a pasta de Cultura afirma que não existe essa prática, e que foram lançados chamamentos públicos para as contratações justamente para que exista transparência nessa questão.

 

Técnicos de saúde orientam população no Amazonas sobre a raiva humana; dois irmãos morreram

sex, 08/12/2017 - 18:49

Técnicos do Ministério da Saúde e da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas continuam a força tarefa nas nove comunidades do rio Unini para prevenir e investigar as causas do surto de raiva humana transmitida por morcegos. As ações estão concentradas nas comunidades localizadas entre as cidades de Barcelos e Novo Airão.

 

Agentes comunitários de saúde passaram a receber capacitação para orientar a população sobre como se proteger dos ataques de morcegos e buscar ajuda médica imediata caso ainda assim eles ocorram. Uma criança e um adolescente da comunidade Tapiira morreram nas últimas três semanas de raiva humana. Um terceiro adolescente da mesma família está internado em coma induzido com o mesmo diagnóstico.

 

De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Saúde de Barcelos (Semsa), a imunização preventiva da população começou esta semana e deve terminar até o final de dezembro, considerando o tempo de intervalo de aplicação de três doses.

 

Segundo o último levantamento da Secretaria de Saúde do Amazonas, foram identificados na área do Rio Unini 624 moradores, dos quais 367 foram agredidos por morcegos nos últimos meses e já iniciaram a sorovacinação. Outras 257 pessoas que não relataram ter sido agredidas por morcegos farão o esquema de pré-exposição preventiva autorizado pelo Ministério da Saúde.

Imbassahy deixa Secretaria de Governo; deputado Marun é cotado para a pasta

sex, 08/12/2017 - 18:28

O secretário de Governo da Presidência da República, Antônio Imbassahy, do PSDB, anunciou  que deixa o cargo. 

 

Em carta dirigida ao presidente Michel Temer, Imbassahy pediu a exoneração, mas não deixou claro os motivos que o levaram a sair do governo.

Em outra carta divulgada pela Presidência, Temer aceitou o pedido de demissão e agradeceu pelo trabalho do ex-ministro.

 

Imbassahy retorna ao mandato na Câmara dos deputados, onde é deputado federal eleito pelo estado da Bahia.

 

No texto, ele diz que vai continuar apoiando o governo.

 

Antônio Imbassahy assumiu o cargo na Secretaria de Governo em fevereiro deste ano, no lugar do então ministro Geddel Vieira Lima, que hoje está preso, acusado de participar de esquema de corrupção na Caixa Econômica Federal.

 

A saída do ministro, já era esperada,  e vinha sendo especulada pela imprensa, desde que o partido começou a rachar sobre a continuidade na base aliada.

 

A saída acontece também às vésperas da reunião da executiva nacional do PSDB, que ocorre neste sábado (9) em Brasilia.

 

Na ocasião. o partido deve confirmar Alckmin como presidente da legenda e também decidir se vai fechar questão sobre a reforma da Previdência.

 

Com a saída de Imbassahy e do ministro das cidades Bruno Araújo, também do PSDB, no mês passado, resta apenas 1 ministro do PSDB no governo: Aloysio Nunes, que responde pela pasta das Relações Exteriores.

 

Um dos nomes mais cotados para assumir o lugar de Imbassay é o do deputado Carlos Marum, do PMDB, vice-líder do governo na Câmara.

 

Marum é um dos principais defensores e articuladores do governo do presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados.

Em evento no Rio, Sérgio Moro defende fim do loteamento político em estatais

sex, 08/12/2017 - 17:46

Os juízes federais Sérgio Moro e Marcelo Bretas participaram nesta sexta-feira (8) de um evento na sede da Petrobras, no Centro da Rio de Janeiro.

 

Responsáveis pela Operação Lava Jato no Paraná e no Rio de Janeiro, os magistrados defenderam o fim do loteamento político de cargos públicos nas empresas estatais.

 

Em sua palestra, Moro afirmou que a Petrobras não é sinônimo de corrupção, mas que os crimes praticados na companhia foram “extremamente vergonhosos”.

 

Moro ressaltou que é preciso criar mecanismos internos para preservar a empresa da má conduta de gestores e sugeriu algumas medidas, como o acompanhamento patrimonial dos executivos, para conferir se o estilo de vida é compatível com os rendimentos.

 

O juiz sugeriu, ainda, que a Petrobras avaliasse a recompensa financeira a profissionais que denunciassem irregularidades em canais anônimos.

 

Em sua palestra, o juiz Marcelo Bretas disse que o combate à corrupção é tema de interesse mundial, enfatizando que a “as indicações políticas são a principal preocupação agora e no futuro”.

 

A presença de Moro no evento da Petrobras gerou manifestações.

 

Do lado de fora da empresa, um grupo de representantes dos sindicatos dos petroleiros e da Federação Única dos Petroleiros se reuniram para protestar contra a atuação do magistrado.

 

Nacional Informa: Temer anuncia medida provisória para incentivar setor de informática

sex, 08/12/2017 - 17:18

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração de três minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

* Este programete foi veiculado às 17h, ao vivo, nas rádios EBC.  

Edição: Roberto Piza Trabalhos técnicos:  Jaime Batista

Nacional Informa: Governo deve entregar 75 mil novas moradias em 2018

sex, 08/12/2017 - 16:17

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração de três minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programete foi veiculado às 16h, ao vivo, nas rádios EBC.

 

Edição: Roberto Piza Trabalhos técnicos:  Jaime Batista

Dnit restringe trânsito de veículos pesados na BR-163, no Acre

sex, 08/12/2017 - 15:58

Veículos acima de seis eixos e 42 toneladas estão proibidos de trafegar pelo trecho da BR-163 entre Sena Madureira e Cruzeiro do Sul, no Acre.

De acordo com o Dnit, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, que foi quem estabeleceu as restrições de tráfego, esse tipo de medida é comum no período chuvoso em toda a Amazônia.

Esse trecho foi escolhido para garantir melhor trânsito na BR-364, que sai de Limeira, em São Paulo, e passa por Goiás, Mato Grosso, Rondônia e acaba em Rodrigues Alves, no norte do Acre.

A rodovia é então um dos principais caminhos de escoamento de mercadorias da região amazônica.

É comum que entre dezembro e meados de maio se alaguem ou hajam muitos danos na pista do trecho da rodovia que corta o Acre. Por isso, os veículos mais pesados devem ficar longe.

Vale lembrar que além de valer para os veículos com mais de seis eixos e 42 toneladas, a proibição também se aplica a outros veículos maiores: o peso bruto, ou seja, o peso de veículo junto com o da carga não pode passar de 18 toneladas, para os veículos de três eixos; 24 toneladas para os de quatro eixos e 35 toneladas para os de cinco eixos.

As novas regras já estão valendo e a previsão do Dnit é que estejam em vigor até o início de junho, quando acaba o período mais chuvoso na Amazônia.

Nacional Informa: População carcerária dobra em 11 anos

sex, 08/12/2017 - 15:36

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração de três minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

* Este programete foi veiculado às 15h, ao vivo, nas rádios EBC. Edição: Leila Santos Trabalhos técnicos:  Egberty Martins

Páginas