Você está aqui

Também na Radioagência Nacional

Subscrever feed Também na Radioagência Nacional
Atualizado: 10 minutos 56 segundos atrás

História Hoje - Primeiro voo do 14-Bis completa 111 anos

sex, 20/10/2017 - 21:34

23 de outubro de 1906. Alberto Santos Dumont realiza em Paris o primeiro voo mecânico do mundo com o 14-Bis.

 

Em julho, ele inicou as primeiras experiências. A ideia era decolar com o aparelho mais pesado que o ar.

 

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados a cada dia do ano. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Meteorologia faz alerta de tempestades para sete estados

sex, 20/10/2017 - 21:10

O Instituto Nacional de Meteorologia emitiu alerta para todas as regiões do país para este fim de semana.

 

Nos estados de Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, o alerta se deve as tempestades. De acordo com o aviso, além da chuva intensa, essas regiões devem registrar ventos muito fortes, que podem chegar a 100 quilômetros por hora. Em alguns lugares pode chover granizo.

 

Existe o risco de corte no fornecimento de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e alagamentos.

 

Se você está em alguma localidade atingida por tempestade, não se abrigue debaixo de árvores, perto de torres de transmissão ou das placas de propaganda, porque elas podem cair. Além disso, atraem raios. Então, mesmo se estiver dentro de algum veículo, fique longe de árvores, torres ou placas.

 

Para evitar sobrecarga e curto-circuito na rede elétrica, é recomendável também desligar o quadro geral de energia.

 

Outro alerta é de seca e abrange os estados de Tocantins e Goiás, inclusive o Distrito Federal. E também Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Bahia.

 

Além dos riscos para o meio ambiente, como os incêndios florestais, existe perigo também para a saúde dos moradores, que podem sentir ressecamento na pele e desconforto nos olhos, boca e nariz.

 

A orientação é beber bastante líquido, evitar atividades físicas ao ar livre, não ficar no sol nas horas mais quentes do dia, usar hidratante na pele e umidificar o ambiente. Quem não tiver umidificador pode estender toalhas molhadas pela casa ou colocar um pouco de água em bacias.

 

Já em todo o litoral do Rio de Janeiro e no litoral sul do Espírito Santo, os ventos fortes podem causar ressaca no fim de semana.

 

E não custa nada lembrar que, em caso de emergência, o ideal é pedir ajuda à Defesa Civil, pelo telefone 199, e ao Corpo de Bombeiros, no 193.

Crivella diz que obra em Praia da Macumba é de caráter definitivo

sex, 20/10/2017 - 20:56

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella acompanhado de Engenheiros do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Rio de Janeiro vistoriou nesta sexta-feira o trecho do calçadão que há duas semanas  iniciou um processo forte de desabamento na Praia da Macumba, na zona oeste do Rio.

 

Crivella disse que a obra é de caráter definitivo e que a viagem recente que fez a Dubai, nos Emirados Árabes, serviu para angariar recursos para a recuperação do trecho.

 

A reforma está avaliada em R$ 14,5 milhões. Serão feitas obras de aterramento, enrocamento -instalação de bolsas preenchidas de concreto, na frente e atrás do muro do calçadão, além de intervenções para conter a erosão e eliminar qualquer risco de instabilidade do terreno.

 

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente informou que a obra começou segunda-feira, e tem  duração prevista de quatro meses. Crivella,  no entanto disse que há chance de a obra durar até menos tempo.

 

A maré alta, a previsão de chuva e fortes ventos no Rio de Janeiro para este  fim de semana aumentaM a possibilidade de novos desabamentos do calçadão da praia. A preocupação maior é dos moradores, como o porteiro Antônio Vieira, que mora na região há cinquenta anos.

 

Em nota, a Prefeitura do Rio informa que busca viabilizar um projeto antigo de instalação de um quebra-mar para impedir o deslocamento da areia pela ação dos ventos e das marés. A obra foi proposta há 17 anos pelo Instituto de Pós - Graduação em Engenharia da UFRJ.

Autor de disparos em escola de Goiânia diz que se inspirou em casos do Rio e EUA

sex, 20/10/2017 - 20:35

Em entrevista coletiva à imprensa na tarde desta sexta-feira, o delegado Luís Gonzaga, da Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais da Polícia Civil de Goiás, confirmou que um adolescente de 14 anos foi o autor do ataque com arma de fogo ocorrido no fim da manhã desta sexta-feira, no Colégio Goyases, localizado no bairro Conjunto Riviera, em Goiânia.

 

O estudante já foi ouvido pela polícia. Segundo o delegado, ele afirmou que foi motivado por bulliyng e disse que se inspirou nos casos da escola de Columbine, nos EUA, e de Realengo, no Rio de Janeiro. No depoimento, o estudante narrou que tinha intenção de matar apenas o colega autor do bullyng contra ele, mas no momento do ataque, sentiu vontade de fazer mais vítimas.

 

Os nomes dos jovens envolvidos não foram divulgados para que as famílias sejam preservadas. A arma usada no ataque foi uma pistola que pertencia à mãe do adolescente, que é polícial militar. Ele disse que achou a pistola escondida em móvel da casa.

 

Nem a mãe nem o pai, que também é policial militar, ensinaram o adolescente a atirar. Ao retirar a arma da mochila para começar o ataque, ele chegou a efetuar um disparo acidental, mas não se feriu. O adolescente foi apreendido em flagrante delito.

 

Dois estudantes da mesma turma do autor do ataque morreram no local, outros quatro ficaram feridos. De acordo com o diretor técnico do Hospital de Urgências de Goiânia, Ricardo Furtado Mendonça, uma menina de 13 anos está em estado grave na UTI do hospital. Ela foi atingida na mão, pescoço e no tórax, que sofreu uma perfuração. A menina passou por procedimento cirurgico para drenagem de tórax.

 

A segunda vítima, também uma adolescente de 13 anos, está consciente e respirando sem aparelhos. Ela teve um pulmão perfurando e passou por cirurgia. A terceira vítima é um menino de 13 anos que está consciente, estável e segue em avaliação. A quarta vítima está no Hospital Acidentados e não teve o boletim médico divulgado.

 

A Polícia Civil segue com a investigação e deve ouvir os professores e coordenadores da escola.

MPF questiona ação de garimpos ilegais na Terra Indígena Munduruku

sex, 20/10/2017 - 20:12

O Ministério Público Federal realizou na manhã desta sexta-feira, em Itaituba, no sudoeste do Pará, uma audiência pública para discutir denúncias de garimpos ilegais no Rio das Tropas, em Jacareacanga, nas proximidades da Terra Indígena Munduruku.

 

O procurador do Ministério Público no Pará, Paulo de Tarso Oliveira, diz que a situação do garimpo nas Terras Munduruku está insustentável.

 

O procurador avaliou como positiva a audiência que juntou lideranças Munduruku, representantes de órgãos ambientais de fiscalização, da Funai e do MPF. Ainda segundo Paulo de Tarso, os órgãos ambientais se sentiram legitimados a fazer uma atuação sabendo que contam com o apoio do povo Munduruku para expor o problema dos garimpos ilegais.

 

O Presidente da Associação Pussuru, Adaísio Munduruku, falou sobre os resultados da reunião.

 

O objetivo do Ministério Público é traçar um plano de atuação conjunto com os órgãos de fiscalização, para combater as irregularidades. Segundo as mais recentes denúncias recebidas pelo MPF, a extração ilegal de minério está sendo feita até por funcionários públicos, que também tentam convencer os indígenas a liberarem áreas para novos garimpos.

PRF prende mulher com droga que abasteceria cidade da Região dos Lagos

sex, 20/10/2017 - 19:51

Uma mulher foi presa por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), com um carregamento de droga dentro de um ônibus interestadual no sul fluminense.

 

Ela viajava em um ônibus que vinha de São Paulo para o Rio, quando um cão farejador da PRF indicou a bagagem onde a droga era transportada. No total, havia 32k de maconha em tabletes de um quilo cada.

 

Uma jovem de 21 anos foi identificada como proprietária da mala. Ela confessou que receberia R$ 400 para entregar a droga em Cabo Frio, na Região dos Lagos. A mulher foi autuada na delegacia policial de Piraí por tráfico de entorpecentes, cuja pena varia de 5 a 15 anos de reclusão.

 

Ao todo, 380 homens da PRF fazem parte da Operação Égide, implantada pelo governo federal, a pedido do governo do estado do Rio, para evitar o roubo de cargas e tráfico de drogas nas rodovias federais de acesso ao Rio.

Operação de combate à pornografia infantil prende 23 pessoas em São Paulo

sex, 20/10/2017 - 19:40

A Operação Luz na Infância em São Paulo prendeu 23 pessoas por armazenamento e outras duas por compartilhamento de pornografia infantil.

 

A delegada do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, Elisabeth Sato, destacou que todos os presos eram homens, e que chocou os policiais presentes na operação o fato de alguns terem fotos de bebês sendo molestados. Também chamou a atenção o fato de que a idade dos presos varia de jovens de 20 anos a idosos de 70 anos.

 

A delegada lembrou na coletiva que o crime de armazenamento tem pena de prisão de 1 a 4 anos e é afiançavel, enquanto que o crime de compartilhamento é de 3 a 6 anos, e inafiançável.

 

Elizabete Sato agradeceu a ajuda dos peritos de informática da unidade de repressão à pedofilia para identificar os criminosos, pois todos usavam a área oculta da internet, e ainda utilizavam programas que mascaram sua presença na rede e seus endereços eletrônicos.

 

Na operação foram apreendidos 25 CPUs, 272 mídias, 43 celulares e 29 notebooks. Todo esse material será periciado em 10 dias para o inquérito policial. 147 policiais estiveram envolvidos na operação.

Municípios do Rio enfrentam pior estiagem dos últimos tempos

sex, 20/10/2017 - 19:24

 A subsecretária de Segurança Hídrica e Governança das Águas, Eliane Barbosa, afirmou que 12 municípios do Norte e Noroeste Fluminense já decretaram estado de emergência devido à falta de chuvas.

 

A seca já reduziu também a produção de água do Sistema Imuna-Laranjal afetando o fornecimento em municípios da região metropolitana do Rio de Janeiro como Niterói e São Gonçalo. O superintendente da concessionária Águas de Niterói, Nelson Gomes, afirmou que o abastecimento de água no município ainda não afetado.

 

Em nota, a Cedae - Companhia Estadual de Águas e Esgotos informou que o período de estiagem prolongado já diminuiu a vazão disponível nos rios que abastecem municípios do interior do estado como Varre-Sai, Teresópolis, Magé, Cantagalo, Cordeiro e Ilha de Paquetá.

 

Segundo a Cedae, a falta de chuva também afetou os níveis das represas que abastecem algumas áreas dos municípios de Caxias e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. 

 

Segundo a Secretaria do Ambiente, a situação nos reservatórios que abastecem a capital do Rio de Janeiro está mais equilibrada apesar de permanecer o estado de alerta.

Nuzman é solto no Rio; ele vai cumprir prisão domiciliar

sex, 20/10/2017 - 19:16

O ex-presidente do Comitê Olímpico Brasileiro Carlos Arthur Nuzman deixou a prisão nesta sexta-feira. Nuzman foi beneficiado por habeas corpus concedido nesta quinta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça.

 

Também nesta quinta, Nuzman, o ex-governador do Rio Sérgio Cabral e mais quatro pessoas viraram réus em processo no âmbito da Operação Unfair Play.

 

O ex-presidente do COB vai responder por corrupção passiva, organização criminosa, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

 

Ele é suspeito de ter intermediado a compra de votos para transformar o Rio de Janeiro em sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

 

A partir de agora, Nuzman cumprirá prisão domiciliar e terá que entregar o passaporte à Justiça. Além disso, ele fica proibido de deixar o Brasil, de ter contato com outros investigados e de sair da cidade do Rio de Janeiro sem autorização da Justiça.

 

Ele também não poderá acessar sedes ou filiais e nem exercer qualquer atividade no Comitê Rio 2016 e no COB; e deverá se apresentar à Justiça mensalmente. Nuzman estava preso desde o dia 5 de outubro na cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica, Zona Norte do Rio

Chuva de meteoros oriunda do cometa Halley poderá ser vista nesta final de semana

sex, 20/10/2017 - 19:03

As madrugadas desse final de semana serão iluminadas por uma chuva de meteoros oriundas do famoso cometa Halley.

 

A chuva de meteoros, chamada de Orionidas, ocorre todos os anos neste período. O pico é entre os dias 20 e 22 de outubro. O membro da Rede Brasileira de monitoramento de meteoros, Lauriston Trindade, explicou com o cometa Harley forma esse fenômeno.

 

Neste ano, a chuva terá uma alta visibilidade porque não há Lua nesses dias. Lauriston disse que já foi possível ver meteoros na madrugada dessa sexta-feira e que eles parecem vir da constelação de Orion, onde ficam as famosas estrelas três marias.

 

Para poder ver a chuva de meteoros, é preciso que o céu esteja aberto, sem nuvens. O melhor horário para presenciar o fenômeno é após a meia-noite até o amanhecer.

Nacional Informa: Falta de chuva deve manter tarifa de energia em patamar 2

sex, 20/10/2017 - 17:22

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração de três minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programete foi veiculado às 17 horas, ao vivo, nas rádios EBC

Edição: Roberto Piza

Trabalhos Técnicos: Jaime Batista

Sessão da denúncia contra Temer será na quarta-feira pela manhã

sex, 20/10/2017 - 17:06

Esta marcada para começar às 9 horas da manhã da próxima quarta-feira a sessão da Câmara que vai analisar a denúncia contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco.

 

Não há previsão do tempo de duração do processo, isso vai depender de como o Plenário da Câmara vai se comportar durante o dia. Na primeira denúncia, a sessão durou cerca de 13 horas.

 

Pelo roteiro divulgado pela Câmara, a sessão será aberta quando 51 deputados tiverem registado presença. Com isso, o relator do parecer na CCJ, deputado Bonifácio de Andrada, terá 25 minutos para falar. Ele recomenda a rejeição da denúncia. Em seguida, vão se pronunciar, também por 25 minutos cada, os advogados dos três acusados.

 

Os deputados que se inscreverem terão 5 minutos de fala. Para votar o encerramento dessa discussão, será preciso a presença de 257 deputados no plenário. Mas a votação só vai começar quando 342 parlamentares registrarem presença.

 

Para que a Câmara autorize o Supremo Tribunal Federal a iniciar as investigações contra o presidente da República e os ministros, são necessários no mínimo 342 votos contrários ao parecer do relator Bonifácio de Andrada. Se esse número não for alcançado, a investigação é arquivada enquanto durar o mandato presidencial.

Governo de Goiás deve decretar luto oficial de três dias por causa de ataque em escola

sex, 20/10/2017 - 16:39

Uma das quatro vítimas feridas durante um ataque com arma de fogo em uma escola particular  na cidade de Goiânia, no fim da manhã nesta sexta-feira, está em estado gravíssimo.

 

De acordo coma assessoria de imprensa do governo do estado de Goiás, adolescente levou três tiros e teve um perfuração na coluna vertebral. Dois estudantes morreram na escola, no local do ataque, e ao todo há quatro feridos internados.

 

* Participação da repórter ao vivo

Nacional Informa: Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro

sex, 20/10/2017 - 16:26

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração de três minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programete foi veiculado às 16 horas, ao vivo, nas rádios EBC

Edição: Roberto Piza

Trabalhos Técnicos: Paulo Meireles 

Prévia da inflação oficial fica em 0,34% em outubro

sex, 20/10/2017 - 16:12

A prévia da inflação oficial medida pelo IPCA-15, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Quinze, teve alta em outubro, pressionada pelo preço do gás de cozinha, e fechou o mês em 0,34%.

 

O índice foi três vezes maior que o de setembro, que ficou em 0,11%, e quase o dobro do registrado em outubro do ano passado, que foi de 0,19%.

 

Com este resultado, o acumulado do IPCA-15 em 2017 chegou a 2,25% , menos da metade do registrado entre janeiro e outubro do ano passado, que somou 6,11%, e se tornando a menor taxa para o período desde 2006. Já nos últimos 12 meses, o índice chegou a 2,71%.

 

Assim como no mês passado, os itens que mais pressionaram o IPCA-15 de outubro para cima foram as despesas com transportes e habitação. Os gastos com transportes tiveram alta de 0,60%, influenciados pelo aumento da gasolina; e as despesas com habitação cresceram 0,66%, pressionadas pela alta no preço do gás de cozinha.

 

Já os alimentos tiveram nova queda de preço e ajudaram a desacelerar a subida da prévia da inflação em outubro. Desta vez, os preços dos produtos do grupo alimentos e bebidas tiveram redução média de 0,15% no período, com destaque para o alho, feijão carioca, açúcar cristalizado e leite longa vida.

 

Nos índices regionais, a região metropolitana de Curitiba teve a maior alta nos preços, com taxa de 0,66% e a do Rio de Janeiro a maior queda, com deflação de 0,08%.

 

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pelo IBGE, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Nacional Informa: Aluno de escola em Goiânia mata dois colegas e deixa quatro feridos

sex, 20/10/2017 - 15:32

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração de três minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programete foi veiculado às  15 horas, ao vivo, nas rádios EBC

Edição: Gláucia Gomes

Trabalhos Técnicos: Reginaldo Fonseca

Próxima temporatada de cruzeiros no Rio terá 94 atracações trazendo 380 mil turistas

sex, 20/10/2017 - 15:27

A Secretaria Estadual de Turismo espera a chegada de 380 mil visitantes na próxima temporada de cruzeiros, na cidade do Rio de Janeiro. Ao todo, a estimativa é de 94 atracações no período até o dia 30 de abril do ano que vem. Destas viagens, 23 são cruzeiros internacionais e 71 são nacionais. Este ano, a temporada começa um mês mais cedo, no dia 29 de outubro. O Rio vai receber até cinco navios no mesmo dia, e o auge será no próximo carnaval em fevereiro.

 

De acordo com pesquisa contratada pela Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos, cada viajante gastou, no ano passado, cerca de R$ 550 em cada cidade onde parou. Na última temporada, o segmento movimentou em todo Brasil mais de R$ 1,6 bilhão.

MP diz que 120 vagas em abrigos para crianças e adolescentes foram fechadas recentemente no Rio

sex, 20/10/2017 - 15:17

Pelo menos 120 vagas em abrigos para crianças e adolescentes foram fechadas nos últimos meses, na cidade do rio de janeiro, de acordo com o Ministério Público.

 

A prefeitura encerrou o contrato que tinha com a organização não governamental (ONG) Vivario  para administrar cinco unidades para meninos na zona norte e na zona oeste. Além disso, como aponta a defensoria, uma casa para meninas, administrada pela própria prefeitura na zona sul, também foi fechada.

 

As crianças e adolescentes atendidos nesses espaços foram encaminhados, então, para unidades superlotadas ou para a central de recepção, que tem caráter temporário, quando não desistiram do sistema e voltaram para as ruas.

 

O MP entrou na Justiça pedindo que a prefeitura restabeleça em, no máximo 20 dias, as 100 vagas/ dos abrigos que eram administrados pela Vivario e, de acordo com a promotora Daniella Vasconcellos, está pedindo também indenização para os adolescentes lesados pela interrupção no acolhimento.

 

A ação do MP é em caráter liminar, ou seja, para cumprimento imediato, mas caso não seja julgada e deferida logo, a prefeitura prometeu um paliativo à rede de proteção de crianças e adolescentes. De acordo com a defensora pública Eufrásia das Virgens, a Secretaria de Assistência Social se comprometeu a reabrir duas casas para meninos com até 20 vagas cada, em outubro ou novembro.

 

A defensora salienta também que recentemente foram suspensas as atividades do espaço Elos, voltada especialmente para mulheres grávidas, ou com bebês, em situação de rua ou usuárias de drogas. De acordo com Eufrásia, a prefeitura sinalizou com a reabertura do espaço, que também estava sendo administrado pela Vivario, mas sem uma data definida. A reportagem entrou em contato com a assessoria da organização, que informou que negociações com o poder público estão sendo feitas e, por essa razão, não seria possível repassar detalhes sobre os serviços ou contratos.

 

MP diz que obras na Ciclovia Tim Maia não garantem segurança

sex, 20/10/2017 - 14:55

Um parecer do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro atesta que o trecho da Ciclovia Tim Maia na Avenida Niemeyer, entre o Morro do Vidigal e São Conrado, na zona sul da capital fluminense, ainda corre risco de desabamento.

 

Parte da estrutura caiu no dia 21 de abril de 2016, pouco mais de três meses após ter sido inaugurada. Ela foi derrubada pelas ondas durante uma ressaca que atingiu o costão rochoso da Niemeyer, matando duas pessoas que passavam pelo local na hora.

 

De acordo com o documento enviado à Justiça, as obras realizadas pelo consórcio responsável pela construção da ciclovia não foram suficientes para garantir um mínimo de segurança, não tendo sido sequer precedidas dos estudos hidrológicos necessários.

 

Uma vistoria feita pelo Ministério Público no local encontrou diversos pontos de corrosão e falhas na estrutura da ciclovia, mesmo depois do trabalho de recuperação.

 

O órgão recomendou a ampliação do estudo do impacto das ondas, que deverá incluir toda a extensão da ciclovia, que vai do Leblon à Barra da Tijuca, e pediu que a Justiça intime o Conselho Regional de Engenharia do Rio de Janeiro a se manifestar sobre o assunto.

 

O Ministério Público afirmou ainda que se a ciclovia for reaberta nestas condições pode ocorrer uma nova tragédia, e pediu que a estrutura só seja liberada após os reparos recomendados.

 

O processo será decido no Tribunal de Justiça, que vai determinar se o trecho da ciclovia que está interditado desde o dia do desabamento, poderá ou não ser reaberto imediatamente.

Na Trilha da História: Como ficou o Brasil assim que se separou de Portugal

sex, 20/10/2017 - 14:49

Olá! Eu sou a Isabela Azevedo e está começando mais um Na Trilha da História! Hoje nosso tema é o Brasil do século 19, mais especificamente o período em que o país era um império. Nossa entrevistada é a historiadora Miriam Dolhnikoff, doutora em História pela Universidade de São Paulo, professora do Departamento de História também na USP e autora do livro História do Brasil Império, lançado pela editora Contexto. Ela lembra o desafio enfrentado pelo Brasil a partir de 1822, quando se separou de Portugal.

 

Sonora: “O principal desafio era se transformar em Brasil porque o Brasil ainda era uma colônia. E, ao fazer a independência, era preciso organizar um Estado... Saber se seria mantida a escravidão ou não, se a América portuguesa viraria um só país ou se fragmentaria em diversos países, qual seria o regime, monarquia ou República...”

 

Dom Pedro I reinou até 1831, quando abdicou do trono em favor do filho. Como o príncipe Pedro ainda era criança, regentes passaram a governar em nome dele. Esse período regencial foi tenso: várias revoltas explodiram em todo o território.

 

Sonora: “Tiveram revoltas de diversos tipos. Tiveram revoltas de homens livres pobres insatisfeitos com suas condições de vida, de estarem submetidos à violência dos grandes proprietários e dos Estados, como a Cabanagem no Pará, a Balaiada no Maranhão. Houve também uma importante revolta de escravos, que foi a revolta dos Malês em Salvador, em 1835. E houve também revoltas das elites de algumas províncias, que foi o caso da Revolução Farroupilha no Rio Grande do Sul."

 

Cabanagem, Revolta dos Malês, Revolução Farroupilha... As várias revoltas impuseram muitos desafios aos governantes.

 

Sonora: “O primeiro passo era reprimir essas revoltas para garantir a manutenção da ordem escravista. Em segundo lugar, o medo da fragmentação do território. A unidade da América portuguesa em um só país, como conhecemos hoje não estava dada, ela foi uma construção. A América portuguesa poderia ter se divido em vários países."

 

Em 1840, políticos liberais e conservadores concordaram em adiantar a maioridade do príncipe e, com apenas 14 anos, dom Pedro II assumiu o controle do império.

 

Sonora: “Então essas diferenças na elite foram um dos motivos da antecipação da maioridade de dom Pedro II. Uma briga entre os liberais e os conservadores. Mas também a maioridade do imperador era vista como uma forma de enfrentar essas reformas."

 

A escravidão foi uma das grandes marcas do Brasil Império. Foi só na segunda metade da década de 1860 que um movimento abolicionista começou a ganhar força.

 

Sonora: “As revoltas escravas vão aumentando em número, em intensidade e organização. No interior da elite, também cresce a percepção que não daria para continuar por muito mais tempo. Havia uma opinião pública internacional contrária à escravidão..."

 

Ao longo dos 49 anos desse segundo reinado, a identidade brasileira começou a ser construída.

 

Sonora: "O Brasil foi uma construção do século XIX. Mas encontraram uma sociedade ainda muito marcada pela escravidão, muito desigual e que ainda estava aprendendo a fazer a política moderna."

 

Esta foi a versão reduzida do Na Trilha da História. O episódio completo tem 55 minutos e traz, na íntegra, a entrevista com a historiadora Miriam Dolhnikoff, além de músicas de Henrique Alves de Mesquita. O músico carioca nasceu em 1830 e ganhou uma bolsa do imperador dom Pedro II pra estudar na França. Para ouvir, acesse: radios.ebc.com.br/natrilhadahistoria. E se você quiser entrar em contato com a gente, nosso e-mail é culturaearte@ebc.com.br. Até semana que vem, pessoal!

 

 

Na Trilha da História: Apresenta temas da história do Brasil e do mundo de forma descontraída, privilegiando a participação de pesquisadores e testemunhas de importantes acontecimentos. Os episódios são marcados por curiosidades raramente ensinadas em sala de aula. É publicado semanalmente. Acesse aqui as edições anteriores.

Páginas