Você está aqui

Também na Radioagência Nacional

Subscrever feed Também na Radioagência Nacional
Atualizado: 3 minutos 9 segundos atrás

Inep recorre contra decisão que anulou critérios de correção da redação do Enem

sex, 03/11/2017 - 16:43

O Inep, por meio da Advocacia Geral da União, recorreu no Supremo Tribunal Federal contra a decisão que anulou um dos critérios de correção da redação do Enem 2017, que tratava da eliminação de candidatos que violassem direitos humanos.

No pedido, o Inep cita a Constituição Federal, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação e pactos internacionais dos quais o Brasil é signatário.

E argumenta que “a educação está indissociavelmente associada aos direitos humanos, assunto que deve ser objeto de avaliação na prova como um todo, e não apenas em determinada competência.

 

O Inep alega, ainda, que o Estado brasileiro se comprometeu a defender e promover os direitos humanos fundamentais, inclusive mediante medidas legais e educativas.

 

Segundo o recurso, “o rigor do critério de correção adotado pelo INEP visa proteger os estudantes contra a violência dos discursos que agridem os direitos humanos e a própria democracia, independente de inclinações políticas ou ideológicas”.

 

O Inep complementa ainda que a norma tem “a finalidade de chamar a atenção para a importância do debate nas escolas”.

 

O Inep volta a reforçar o argumento de que a prova de redação do Enem sempre assinalou que o participante respeitasse os direitos humanos.

Mas, a partir de 2013, após a publicação das Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos –  o edital do passou a permitir a nota zero na redação no caso de violações a esse critério.

 

A decisão que suspendeu a norma do edital do Enem, no último dia 26, foi do Tribunal Regional Federal da 1ª Região e atendeu a um pedido  da Associação Escola Sem Partido que alega que a regra era contrária a liberdade de expressão .

O Inep só foi notificado da decisão judicial na quarta-feira.

 

O ENEM será realizado nos próximos domingos 05 e 12 em todo o país. As provas começam às 13h de Brasília.

Nacional Informa: Trump diz que Estado Islâmico vai pagar um preço alto por ataques

sex, 03/11/2017 - 16:15

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração de três minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

* Este programete foi veiculado às horas, ao vivo, nas rádios EBC    

Edição: Leila Santos    

Trabalhos Técnicos: Deo Filho 

DF terá caminhões pipa em escolas e reforço de ônibus no dia de provas do Enem

sex, 03/11/2017 - 15:35

Escolas de Sobradinho, Planaltina e São Sebastião vão receber o reforço de caminhões-pipa para a primeira prova do Enem de 2017, neste domingo.

 

O Distrito Federal vai completar 10 meses em racionamento, e para não prejudicar estudantes que farão prova em áreas sem água, o governo vai fornecer caminhões-pipa para 36 escolas, como explicou o secretário de Educação, Júlio Gregório.

 

O secretário também alertou para o horário de chegada dos alunos, porque o entorno dos locais de prova costuma ficar engarrafado.

 

O transporte público também vai ter um reforço no dia da prova do Enem. O secretário de mobilidade, Fábio Damasceno, informou que 30 linhas vão aumentar o número de veículos.

 

Porém, a secretaria não informou quantos ônibus a mais serão disponibilizados num primeiro momento.

 

Já o Metrô, que funciona nos domingos das 7 da manhã às 7 da noite, vai funcionar das 8 da manhã as 8 horas da noite neste dia 5 para atender estudantes que saírem da prova, marcada para acabar as 7 da noite.

 

Outra novidade é que os alunos poderão usar o passe livre estudantil no domingo para ir fazer a prova.

 

125 mil pessoas estão inscritas para fazer o Enem no DF. O policiamento será reforçado com 350 policiais militares presentes em todos os locais de prova.

GDF cria comitê para ações de limpeza e retirada de entulho após chuvas no Sol Nascente

sex, 03/11/2017 - 15:18

Após a forte chuva que causou estragos no Sol Nascente, em Ceilândia, uma força tarefa formada por diversos órgãos do governo do Distrito Federal foi ao local para avaliar a situação e limpar a área.

 

Das seis casas que tinham sido interditadas na última quarta-feira, quatro foram liberadas e uma teve de ser demolida, porque parte da construção despencou com a chuva desse feriado. Um homem foi arrastado pela correnteza e teve de ser salvo por outros moradores que se arriscaram na chuva.

 

De acordo com o secretário das Cidades, Marcos Dantas, o GDF estabeleceu um comitê de crise e as primeiras ações são de limpeza e retirada de entulho. O secretário explica que os trechos 2 e 3 foram os mais afetados. E pede a colaboração dos moradores para evitarem de jogar lixo nas ruas.

 

Nos dois dias de chuva, o GDF atendeu a 14 famílias que tiveram as casas danificadas. Para sete delas, foi solicitado o benefício vulnerabilidade - que corresponde a até seis parcelas de 400 reais por mês - e o aluguel social, que são até 12 parcelas de 600 reais mensais.

 

O Sol Nascente recebe, desde 2015, asfalto, redes de águas pluviais e equipamentos públicos diversos. Segundo o governo do DF, a urbanização do local vai beneficiar cerca de 95 mil moradores.

Nacional Informa: PRF faz maior apreensão de dinheiro em caminhão no Paraná

sex, 03/11/2017 - 15:13

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração de três minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

* Este programete foi veiculado às  15 horas, ao vivo, nas rádios EBC

Edição: Leila Santos

Trabalhos Técnicos: Egberty Martins

Pais doam órgãos de menino vítima de bala perdida no Rio

sex, 03/11/2017 - 14:49

Os pais do pequenos Vitor Gabriel Leite Mateus de 3 anos de idade decidiram doar os órgãos da criança. Ele que estava internado no Hospital da Posse em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, teve a morte cerebral confirmada nesta quinta-feira.

 

Vitor Gabriel foi atingido por um bala, na cabeça, quando brincava na sala de casa com três irmãos em São João de Meriti, também na Baixada Fluminense, na última segunda-feira.

Segurar a ansiedade e descansar são dicas de especialista para as provas do Enem

sex, 03/11/2017 - 14:31

O aluno tem que segurar a ansiedade, revisar o conteúdo que tem mais dificuldade e descansar.

 

Essas são as recomendações do professor Carlos Medeiros, para a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio.  

O estudante Eduardo Antunes disse que vai descansar apenas no sábado, mas que a semana antes da prova foi de estudo.  

O estudante acredita que a redação deste ano pode ser ou sobre o sistema carcerário ou sobre a população LGBT.

 

A estudante Marina Cruz também chuta que a redação vai ser sobre o sistema carcerário ou ainda sobre o meio ambiente, mas também acredita que o Enem pode escolher o tema sobre bulling ou redes sociais.  

Lembrando que os portões vão abrir ao meio dia de domingo, horário de brasília, e se fecham a uma da tarde, também horário de brasília.

 

O estudante tem que levar, se não não faz a prova, um documento de identificação original com foto, pode ser um passaporte, um RG ou uma carteira de motorista, só não pode ser sem foto ou uma cópia. Tem que levar também uma caneta esferográfica de tinta preta fabricada com material transparente. Não pode fazer a prova com caneta que não é transparente, ou mesmo com lápis. O Enem também proíbe durante a prova o uso de boné, viseira, gorro, cadernos, chaves, relógio, fones de ouvido ou óculos escuros.

 

Já os alimentos devem ser levados em potes transparentes ou em embalagens lacradas. Neste domingo, mais de 6 milhões e 700 mil pessoas vão fazer prova de linguagens, ciências humanas e redação.

Nacional Informa: Família decide doar órgãos de menino baleado dentro de casa no Rio

sex, 03/11/2017 - 14:17

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração de três minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

* Este programete foi veiculado às  14 horas, ao vivo, nas rádios EBC

Edição: leila Sanots

Trabalhos Técnicos: Egberty Martins

 

História Hoje: Gravação do primeiro samba no país completa 101 anos

sex, 03/11/2017 - 13:27

6 de novembro de 1916 registra a gravação do primeiro samba no Brasil, Pelo Telefone, de Ernesto Joaquim Maria dos Santos, o Donga.

 

O registro foi feito na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. A partitura para piano é do mestre Pixinguinha. O documento permanece arquivado na biblioteca.

 

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados a cada dia do ano. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

 

 

Congresso espera receber semana que vem pacote com medidas para atingir meta fiscal

sex, 03/11/2017 - 12:37

Depois de uma semana quase parada, por causa do feriado de finados, o Congresso volta às atividades na próxima semana na expectativa do recebimento do pacote de medidas econômicas para atingir a meta fiscal, prevista pelo governo, de 159 bilhões de reais.

 

As especulações é que esse pacote chegue ao congresso em forma de Medida Provisória. O presidente do congresso, senador Eunício Oliveira, diz que esse não é o melhor caminho

O presidente da câmara Rodrigo Maia também chegou a dizer que não colocaria mais Medidas Provisórias na pauta da casa, mas nesta semana os deputados acabaram votando a MP que reformula o Fies – o Fundo de Financiamento Estudantil.

 

Maia retorna neste domingo ao Brasil depois de uma semana de visita oficial a Israel, Palestina, Itália e Portugal. Na comitiva do presidente da câmara estão outros nove deputados.

 

Rodrigo Maia abriu mão das diárias pagas pela câmara dos deputados

Moradores trabalham junto com pesquisadores nas escavações de sítio arqueológico no Amapá

sex, 03/11/2017 - 12:30

Moradores de Santa Luzia do Pacuí no Amapá trabalham junto com pesquisadores nas escavações do sítio arqueológico encontrado na região há pelo menos duas décadas. O trabalho vai ajudar a preservar o material escondido sob a terra, como urnas funerárias e utensílios de cerâmica.

 

Os objetos mostram que a área foi habitada por grupos indígenas que dominavam a pesca, a agricultura e tecnologias de fabricação de cerâmica.

 

Desde outubro, quando começaram as atividades, já foram identificadas pelo menos 26 urnas funerárias no sítio localizado a 113 quilômetros de Macapá. As escavações são importantes porque, no local, serão feitas obras de mobilidade, além da construção de rodovias estaduais e conjuntos habitacionais.

 

Após o processo de escavação em campo e análises laboratoriais, além da higienização, registro e demais atividades, todo o material será catalogado para integrar a reserva técnica do Instituto de Estudos e Pesquisas do Amapá (Iepa). O estado tem pelo menos 550 sítios arqueológicos mapeados.

Planetário de Brasília exibe filmes na tecnologia fulldome durante o mês de novembro

sex, 03/11/2017 - 12:16

Imagine assistir a um filme como se estivesse totalmente imerso dentro dele. Ficou curioso? Essa é a tecnologia fulldome. A experiência pode ser vivida na capital federal até o dia 30 de novembro no Immersphere 2017, o primeiro festival de full dome da cidade, que acontece de graça no planetário da cidade. Segundo o diretor artístico do evento, Francisco Barreto, este é o primeiro festival fulldome do Brasil.

Inep deve recorrer de decisão sobre regra de direitos humanos na redação do Enem

sex, 03/11/2017 - 12:13

Faltando apenas dois dias para a prova do Enem, a polêmica em torno da liminar que suspendeu a regra do exame que permitia a desclassificação de estudantes que violassem direitos humanos na redação, continua.

O Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira só foi notificado da decisão judicial na quarta-feira. A expectativa é que ainda hoje o instituto recorra da decisão no Supremo Tribunal Federal.

Como a disputa judicial em torno deste ponto deve durar até depois da prova do próximo domingo, a dica para os 6 milhões de participantes dessa edição do Enem é que mantenham o respeito à regra do edital, como sugere o Ministro da Edução Mendonça Filho

 

A decisão que suspendeu a norma do edital do Enem no último dia 26 foi do Tribunal Regional Federal da 1ª Região e atendeu a um pedido  da Associação Escola Sem Partido que alega que a regra era contrária a liberdade de expressão.

 

Esse entendimento vem sendo questionado pelo MEC que desde o dia da decisão aguardava a notificação oficial para que pudesse recorrer da decisão.

 

O ENEM será realizado nos próximos domingos 05 e 12 em todo o país. As provas começam às 13h de Brasília. O estudante que ainda não sabe o local que vai prova, deve entrar no site Participante do Enem para acessar o cartão de inscrição. Importante, não deixar nada para última hora.   

 

* A participação da repórter foi ao vivo. 

Fluxo de turistas no Jalapão aumentou 15% este ano

sex, 03/11/2017 - 12:06

Entre 2016 e 2017, o fluxo de turistas nas dunas do Jalapão, no Tocantins, aumentou quase 15%. As informações são do Naturatins, o Instituto Natureza do Tocantins. Até o mês de setembro, foram mais de 16,6 mil visitantes.

 

Para manter a biodiversidade e o potencial turístico, o Instituto vem reforçando o monitoramento de visitas aos atrativos do Parque. Toda a área é monitorada por servidores da unidade de conservação, como guarda-parques e inspetores de recursos naturais.

 

Nos feriados prolongados, quando o volume de turistas triplica, o Naturatins conta com o apoio do Programa Voluntário Pela Natureza, que seleciona pessoas que querem, espontaneamente, colaborar em atividades nas Unidades de Conservação.

 

O Parque Estadual do Jalapão pertence à categoria de Unidades de Proteção Integral do Tocantins. Está a cerca de 250 km de Palmas, possui uma área de mais de 158 mil hectares e está localizado no município de Mateiros.

 

Entre os principais atrativos, estão rios, lagoas, cachoeiras, corredeiras e ressurgências hídricas, conhecidas como fervedouros. Além das dunas de areias avermelhadas.

 

Municípios da Amazônia Legal oferecem exames e procedimentos para público masculino no Novembro Azul

sex, 03/11/2017 - 12:01

Em alusão ao Novembro Azul, mês destinado à sensibilização dos homens quanto aos cuidados com a saúde, prefeituras e governos têm realizado campanhas e alertas. No Maranhão, os prédios públicos estão sendo iluminados de azul.

 

A ação busca a alertar quanto à prevenção do câncer de próstata e de testículo. No Acre, procedimentos de esterilização masculina serão ofertados todas as terças-feiras no Hospital das Clínicas.

 

No Pará, a campanha foi lançada no município de Ananindeua. E em Roraima, há oferta de testes de glicemia e verificação de pressão arterial.

Pelo Twitter, Janot diz que segue com agenda anticorrupção e que não é candidato a cargo eletivo

sex, 03/11/2017 - 11:40

O ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot, criou uma conta na rede social twitter, nesta quinta-feira. Na primeira das publicações, Janot saudou “todas as tribos” e disse que vai acompanhar a luta dos brasileiros contra a corrupção, pela rede social.

 

Em outra postagem, o ex-procurador geral explica que aquele é o seu perfil oficial e antecipa a resposta para futuras perguntas sobre uma possível candidatura: ele escreveu que não é candidato a nenhum cargo eletivo, e que vai seguir com a agenda anticorrupção. Depois de se apresentar aos internautas, Janot passou a compartilhar reportagens de portais da internet que o citam. Em algumas delas, ele rebate críticas do ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes.

 

Após 6 horas da criação do perfil, a conta dele possuía em torno de 5 mil seguidores. Entre os perfis que ele segue, a maior parte é de portais de notícias, órgãos públicos e entidades não governamentais.

 

Rodrigo Janot deixou o cargo de procurador-geral da república no mês de setembro deste ano e foi substituído pela atual procuradora Raquel Dodge.

Celso Jacob, deputado que cumpre pena na Papuda, segue internado em hospital do DF

sex, 03/11/2017 - 11:26

O deputado federal Celso Jacob, do PMDB, continua internado no Hospital Brasília, na capital federal, onde deu entrada na última segunda-feira. A informação é do também deputado peemedebista, Carlos Marun, e confirmada pelo gabinete do parlamentar.

Jacob sofreu um pequeno AVC e, segundo o colega de partido, em decorrência das “tensões provocadas pela sua inconformidade com a injusta condenação”, palavras do deputado Marun.

Jacob cumpre pena no Complexo Penitenciário da Papuda, por ser condenado pelo STF, Supremo Tribunal Federal, a sete anos e dois meses de prisão em regime semiaberto. Assim, ele dorme na cadeia e exerce suas atividades parlamentares durante o dia.

O caso dele é considerado inusitado no país, já que ele continua atuando enquanto dorme na Papuda. Devido à condição, é chamado pejorativamente de “deputado presidiário”.

O gabinete de Jacob confirmou a entrada do parlamentar na unidade hospitalar na última segunda-feira e a informação só foi divulgada hoje porque a intenção da equipe era poupar a saúde do deputado, que não tem previsão de alta.

Nacional Informa: Coreia do Norte nega mortes com teste nuclear de 3 de setembro

sex, 03/11/2017 - 11:11

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração de três minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programete foi veiculado às 9h, ao vivo, nas rádios EBC.

Edição: Morillo Carvalho Trabalhos técnicos:  Egberty Martins

Na Trilha da História: A guinada de Domitila, da origem humilde à personalidade histórica do Brasil

sex, 03/11/2017 - 11:03

Olá! Eu sou a Isabela Azevedo e começa agora mais uma versão reduzida do Na Trilha da História! Hoje nós vamos falar de Domitila de Castro, mais conhecida como Marquesa de Santos, a amante mais famosa do imperador dom Pedro I. Nosso entrevistado é o pesquisador e escritor Paulo Rezzutti, autor do livro Domitila: A verdadeira história da Marquesa de Santos.

 

Ele nos conta que ela nasceu em 1797, quando São Paulo tinha apenas 20 mil habitantes. De origem modesta, a bela paulista de cabelos escuros se casou aos 15 anos com Felício Pinto coelho de Mendonça, um rapaz rico de 24 anos.

 

Os atritos começaram porque Domitila não concordava com os gastos excessivos do marido e seus casos fora do casamento. Começam os espancamentos e os estupros. Felício esfaqueia Domitila, é preso e levado para o Rio. Depois, é solto por influência do pai.

 

Mas a sorte da paulista começa a mudar em agosto de 1822, quando ela conhece dom Pedro I. Os dois começaram um romance pouco antes da independência. Dom Pedro I não escondia o affair, tanto que transformou Domitila em dama-camariça da esposa, a imperatriz Leopoldina.

 

Depois, ela ganhou do imperador o título de Marquesa de Santos. Em trocas de cartas, os dois se chamavam por apelidos. Ela dizia: demonão, fogo, foguinho. Ele: Titilia, minha filha, minha doce Titília. O romance esfriou com a morte de Leopoldina e, logo depois, com o segundo casamento de dom Pedro.

 

Esta foi a versão reduzida do Na Trilha da História. O episódio completo tem 55 minutos e traz, além da entrevista na íntegra com o biógrafo Paulo Rezzutti, músicas da banca Lítera, que produziu um disco todinho ao caso que Domitila teve com dom Pedro I! Para ouvir, acesse: radios.ebc.com.br/natrilhadahistoria. E se você quiser entrar em contato com a gente, nosso e-mail é culturaearte@ebc.com.br. Até semana que vem, pessoal!

 

 

Na Trilha da História: Apresenta temas da história do Brasil e do mundo de forma descontraída, privilegiando a participação de pesquisadores e testemunhas de importantes acontecimentos. Os episódios são marcados por curiosidades raramente ensinadas em sala de aula. É publicado semanalmente. Acesse aqui as edições anteriores.

Moradores de Mariana relatam problemas de saúde dois anos após o desastre ambiental

sex, 03/11/2017 - 10:53

Sonora “Lá em paracatu meu pai tinha a vida normal. Ele pescava, ia no bar para jogar baralho. E depois que veio para aqui meu pai ficou muito dentro de casa. E afastou ele da gente, proque a Samarco não arrumou casa perto. Ele foi ficando muito sozinho, foi ficando triste, doente. Ele ficou depressivo e... acabou falecendo”.

O relato é de Leonídia Gonçalves, de 46 anos, moradora de Paracatu de Baixo, distrito de Mariana, Minas Gerais. Um dos locais soterrados pelo rejeito da Barragem de Fundão, pertencente à mineradora Samarco.

Os moradores foram instalados em casas alugadas e mobiliadas na cidade. Seu pai, Alexandre, morreu no dia 5 de março deste ano, vítima de infarto fulminante. Leonídia afirma que a depressão agravou os problemas de saúde que levaram à morte.

 

Dois anos depois da tragédia de Mariana, que deixou 19 mortos, a lama ainda soterra a vida dos atingidos. A espera pelo reassentamento e a mudança brusca de vida se transformam em depressão nas comunidades. E algumas pessoas não viveram para testemunhar as mudanças que ainda estão por vir. São os novos mortos da tragédia de Mariana.

 

Embora a Comissão de Atingidos da Barragem de Fundão não tenha um levantamento, os participantes contam que esse não é o único caso de depressão e morte pós-desastre. Medo de sair de casa, tristeza profunda e esquecimento são alguns dos sintomas. Como no caso de Marino D'ângelo Júnior, de 47 anos, morador de Paracatu de Cima e membro da Comissão de Atingidos.

 

Existe ainda o sofrimento causado pelo preconceito. A Samarco move a economia da cidade. Com a paralisação das atividadades desde o dia da tragédia até agora, o desemprego em Mariana passou de 20%. Mais de 80% da receita do município vem da mineração. Luzia Nazaré Mota Queiroz, de 52 anos, moradora de Paracatu de Baixo, trabalhava em uma loja de noivas da cidade antes da tragédia. Ela saiu do emprego porque não aguentava mais ouvir comentários de clientes.

 

A Fundação Renova foi criada depois, de acordo com o Ministério Público, para cumprir as ações de reparação e compensação dos estragos provocados pelo rompimento de Fundão.

 

Ela é financiada pela Samarco e orientada por um Comitê composto por órgãos públicos e sociedade civil. Segundo Albanita Roberta de Lima, líder do Programa de Saúde e Bem Estar Social da instituição, será realizado um estudo para levantar casos de pessoas atingidas que estão em depressão. Além disso, uma equipe, de médicos a psiquiatras, foi contratada para atender a população desde o início.

 

O promotor do Ministério Público de Minas Gerais, Guilherme Meneghin, atua para garantir os direitos dos moradores de Mariana. Ele diz que existe uma complexidade na questão, por não existir a causa de morte por depressão, mas confirma que os casos de sofrimento mental são comuns. Não só pelo trauma que viveram há 2 anos, mas pelos processos de negociação das reparações às vítimas.

 

De acordo com o promotor Guilherme Meneghin, é possível atuar na área cível, cobrando danos morais pelo sofrimento. Até agora, os custos com velório e o enterro do pai de Leonídia foram da família. Segundo ela, nunca receberam uma ligação para prestar homenagem a Alexandre. Mas a agricultora diz que só tem um desejo...

No domingo, 5 de novembro, aniversário de dois anos da tragédia de Mariana, Leonídia passará o dia nos escombros de Paracatu, recordando os oito meses do pai falecido depois de enfrentar a depressão.

Páginas