Você está aqui

Também na Radioagência Nacional

Subscrever feed Também na Radioagência Nacional
Atualizado: 2 minutos 23 segundos atrás

Força-tarefa avalia prisões provisórias de detentas do Pará

seg, 19/06/2017 - 14:03

Começa nesta segunda-feira (19)  uma força-tarefa do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) para avaliar prisões provisórias de mulheres no estado.

 

O Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário do TJPA pretende avaliar todos os processos de mulheres presas provisórias com data de prisão igual ou superior a 180 dias.

O esforço concentrado vai reavaliar todas as prisões decretadas, verificando a duração e os requisitos que justificam a custódia da presa, bem como a real necessidade de manutenção da prisão.

Frio bate recorde em Brasília e pode cair ainda mais na semana

seg, 19/06/2017 - 12:32

A seca pode até dividir opiniões, mas ela só vira assunto mesmo depois que passa este comecinho do período sem chuvas no Distrito Federal.

Afinal, a mistura de seca com frio vira uma combinação perfeita para quem gosta de festa junina, com direito a fogueira, quentão e forró.

Pois foram as duas últimas madrugadas as mais frias do ano, em Brasília. Os termômetros registraram 11º Celsius (ºC) e a previsão para a semana é que as conisas continuem assim e até caia mais a temperatura.

Confira os detalhes na matéria de Morillo Carvalho.

Congresso terá semana esvaziada por causa de festas juninas

seg, 19/06/2017 - 12:29

Depois de um feriado prolongado, a Câmara dos Deputados vai ter uma semana reduzida.

 

As sessões e votações devem ocorrer entre hoje (19) e quarta-feira (21) para que os deputados do Norte e Nordeste fiquem liberados para voltar para suas bases e participar das festas típicas de São João celebradas no próximo sábado (24).

 

A expectativa, neste curto período, é que se chegue a um consenso sobre a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). 

 

E, no Senado, a movimentação fica por conta da reforma trabalhista, que deve ser votada amanhã. 

 

* A participação da repórter foi ao vivo

Portugal decreta três dias de luto após incêndio que deixou mais de 60 mortos

seg, 19/06/2017 - 12:20

Portugal decreta três dias de luto após incêndio florestal que deixou mais de 60 mortos. 

 

Saiba mais com Daniela Franco, da Rádio França Internacional. 

Trocando em Miúdo: Especialistas mostram otimismo sobre crescimento da economia em 2017

seg, 19/06/2017 - 12:14

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.

 

PIB. Produto Interno Bruto. Soma das riquezas produzidas, dentro do país, durante um certo tempo.  Na verdade, através dele dá para saber como anda, ou vai andar, a nossa economia. Só para lembrar: nos três últimos anos, não andou. Ou pior. Andou para trás. Caiu. E agora? Vamos nessa.

 

O PIB oficial é medido pelo IBGE. É o que vale para fins de cálculo da economia. Vale sempre por trimestre. Três meses seguidos. Daí é comparado ao trimestre anterior ou então ao mesmo trimestre do ano passado. No fim, é feita a soma para tirar a média dos PIBs dos quatro trimestres e dá o PIB do ano. Em 2016, fechou nos 3,6% . Negativos. Abaixo de zero.

 

Mas acontece que, nos três primeiros meses deste ano, a média do crescimento passou para o positivo: 1%. Em fevereiro foi maior. Em março, caiu. Mas a conversa, agora, é sobre o crescimento da economia neste ano de 2017, no meio de tantas surpresas na política, alerta a última ata do Comitê de Política Monetária (Copom).

 

Há várias previsões feitas pelos economistas para o que pode acontecer com a nossa economia. Deixa de cair, mas demora para subir de novo. É o que estima o coordenador de Gradução do Ibmec de Minas Gerais, professor Márcio Salvato.

 

Mas tem outras prévias, ou seja, estimativas de especialistas no mercado financeiro. A mais recente é o Boletim Focus, distribuído toda segunda pelo Banco Central depois de ter ouvido, durante a semana que passou, as 100 maiores instituições financeiras do país. Pois essas instituições acreditam, hoje, que o PIB fecha este ano com um crescimento de 0,4%. Para 2018, o Boletim Focus traz como expectativa um crescimento de 2,30% do PIB.

 

Fechando a prosa. Tem ainda a prévia do Banco Central. Não vale para fins de uso oficial, mas é um parâmetro. É o Índice de Atividade Econômica, o ICBr. Em abril, registra alta de 0,28%. Isso se comparar com o crescimento de março. Lembrando que, no índice oficial, do IBGE, o PIB cresceu 1%, de janeiro a março passados. No mais, é torcer para que a nossa economia volte a crescer.

 

Então tá. Inté e axé.  

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.

Conflitos obrigam 65,6 milhões de pessoas a se deslocar no mundo em 2016

seg, 19/06/2017 - 11:35

Um novo relatório da ONU divulgado nesta segunda-feira (19) alerta que o número de pessoas deslocadas à força subiu para 65,6 milhões no mundo em 2016. A realidade é que a cada três segundos uma pessoa foge de sua casa por causa de guerras, violência ou perseguição.

 

O documento "Tendência Global: Deslocamento Forçado 2016", foi preparado pela agência das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, para marcar do Dia Mundial dos Refugiados, nesta terça-feira, 20 de junho.

 

Segundo o Acnur, o resultado atual mostra um aumento de 300 mil nos deslocamentos forçados comparado com o que foi registrado no ano anterior.

Desse total, 22,5 milhões são refugiados.

Os deslocamentos internos representam a grande maioria com 40,3 milhões. E os que buscam asilo completam a lista com 2,8 milhões.

 

Se fosse um país, os deslocados à força estariam à frente do Reino Unido, que tem 65,1 milhões de habitantes.

O documento mostra ainda que os menores de 18 anos representam pouco mais da metade dos refugiados. Na média geral, esse grupo corresponde a 31% da população mundial.

Os dados do Acnur revelam que os países em desenvolvimento ou mais pobres abrigam 84% dos refugiados em todo o mundo. 

O relatório afirma que em primeiro lugar na lista de deslocamentos forçados está a Síria, com 12 milhões, seguida por Colômbia, Afeganistão, Iraque e Sudão do Sul.

Primeira turma do STF decide amanhã sobre pedido de prisão de Aécio Neves

seg, 19/06/2017 - 11:21

Amanhã (20) é um dia decisivo para o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG). A primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai analisar duas ações relativas ao parlamentar.  A primeira é o pedido de prisão feita pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Se o pedido for acolhido, caberá aos senadores decidirem sobre o caso.

 

Outro pedido é para que ele retome suas atividades de parlamentar. Aécio Neves está afastado do mandato desde o dia 18 de maio. A Executiva do PSDB se reúne na quarta-feira (21) para definir a data da convenção que vai escolher o novo presidente da legenda.

 

 

* A participação da repórter foi ao vivo.

** O título foi alterado às 11h53 para corrigir informação. Diferentemente do que foi dito, o STF vai decidir se acata o pedido de prisão do senador Aécio Neves, feito por Rodrigo Janot, e não se ele continuaria preso, pois o senador está em liberdade.

Nacional Informa: Polícia de Londres classifica incidente em mesquita como atentado terrorista

seg, 19/06/2017 - 11:12

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programete foi veiculado às 11h, ao vivo, nas rádios EBC.

 

Edição: Paula de Castro Trabalhos Técnicos:  Rafael Thomaz

Brasiliense paga R$ 4,7 milhões a mais em sua conta por 'gatos' de água e energia

seg, 19/06/2017 - 11:11

As ligações clandestinas de energia e água, os famosos “gatos”, são responsáveis pelo prejuízo de cerca de R$ 4,7 milhões por mês, no Distrito Federal. Parte desse valor é repassado para os contribuintes.

A Companhia Energética de Brasília (CEB) estima que há cerca de 40 mil ligações clandestinas espalhadas em 57 localidades, o que representa prejuízo de cerca de R$ 2 milhões, por mês, no faturamento da empresa. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) permite o repasse de parte deste valor para o consumidor, conforme explica o engenheiro eletricista da CEB, Luiz Thiago.

Já as ligações clandestinas de água geram, de acordo com a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), prejuízo mensal de R$ 2,7 milhões.

Estima-se que há cerca de 38 mil ligações não autorizadas no DF, que compõem o índice de perda que entra como insumo no custo da tarifa de água paga pelo contribuinte.

Além de piorar a situação hídrica no Distrito Federal, o gerente de Vistoria e Fiscalização da Caesb, Geraldo Donizeth, afirma que esses “gatos” também podem ocasionar mortes.

Quem for pego com ligações irregulares de água ou energia responde criminalmente e administrativamente, além de ser obrigado a reparar os danos ocasionados nas redes.

Quem presenciar alguma ligação clandestina de água deve denunciar pelo número de telefone 115, para a Caesb, e, nos casos de energia, pelo 116 para a CEB.

Nacional Informa: Mercado financeiro reduz projeção para inflação e PIB

seg, 19/06/2017 - 10:14

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programete foi veiculado às 10h, ao vivo, nas rádios EBC.

 

Edição: Paula de Castro Trabalhos Técnicos:  Rafael Thomaz

Exposição mostra aos paulistas vida de Mundurukus na Amazônia

seg, 19/06/2017 - 09:30

A sala do Centro Cultural dos Correios, em São Paulo, foi decorada com plantas e fotos da Amazônia. No começo, parece uma exposição como outra qualquer.

Primeiro, o mestre de cerimônias, como são chamados os monitores, apresenta ao visitante as fotos do povo Munduruku, que vive às margens do Rio Tapajós, no Pará. 

Em seguida, as pessoas vão parar dentro de cápsulas sensoriais. A partir daí o visitante experimenta novas sensações. As cápsulas são individuais e revestidas por uma espécie de biombo de tecido, o que isola a pessoa das sensações externas. 

Dentro da cápsula, usando óculos de realidade virtual e em uma cadeira que se movimenta ao longo da experiência, o visitante experimenta o cotidiano dos Munduruku e os desafios e viver em uma terra indígena que espera pela demarcação.

O passeio passa pela cozinha indígena, atravessa o rio em uma canoa e acompanha a derrubada de uma árvore. 

Cheiros, sons e mudanças de temperatura ajudam a construir a sensação de que a pessoa está em plena floresta amazônica. Tudo isso, bem no centro antigo de São Paulo, um lugar marcado por edifícios históricos e às margens do ribeirão Anhagabaú, que foi canalizado  há mais de 100 anos.

A enfermeira Elaine Cristina, que vive em São Paulo e nunca colocou os pés na Amazônia, saiu impressionada com a experiência. 

A exposição "Experiência Munduruku" foi organizada pela organização não governamental (ONG) ambientalista Greenpeace e pensada para sensibilizar quem vive nas cidades sobre os problemas dos povos das florestas, segundo a mestre de cerimônias e engenheira ambiental Marina Bellato.

Faz parte do cotidiano dos Munduruku o conflito fundiário, o desmatamento da floresta por madeireiros e a ameaça de perder as terras para as usinas hidrelétricas.

Como alternativa de geração de energia, o Greenpeace termina fazendo a campanha em defesa de fontes alternativas, como a eólica e solar. 

Vitor Saldanha, um estudante de 14 anos, saiu da exibição se sentindo um ambientalista. 

A exposição segue em cartaz no Centro Cultural dos Correios até o dia 25 de junho.

Partido de Macron conquista mais da metade das cadeiras no Parlamento

seg, 19/06/2017 - 09:25

O partido República em Marcha, do presidente francês Emannuel Macron, foi o grande vencedor do segundo turno das eleições legislativas, realizado ontem (18). Os centristas conquistaram 308 das 577 cadeiras. A abstenção foi alta, 56%.

Nacional Informa: Chanceler brasileiro defende maior cooperação econômica entre países do Brics

seg, 19/06/2017 - 09:15

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programete foi veiculado às 9h, ao vivo, nas rádios EBC.

 

Edição: Paula de Castro Trabalhos Técnicos:  Rafael Thomaz

ONU promove no Rio seminários e eventos culturais para celebrar Dia Mundial do Refugiado

seg, 19/06/2017 - 08:42

Para marcar o Dia Mundial do Refugiado, celebrado dia 20 de junho, o escritório da Organização das Nações Unidas (ONU) no Brasil organizou uma série de atividades no Rio de Janeiro.

 

Até o dia 27 de junho, o público vai poder conferir filmes com diferentes perspectivas sobre o tema na Mostra Olhares sobre o Refúgio. As produções nacionais e estrangeiras serão exibidas às terça-feiras no Instituto Oi Futuro, no Flamengo, na zona sul da capital fluminense. No dia 20, vai ser lançado o relatório Tendências Globais, com dados atuais sobre a situação dos refugiados no mundo.

 

No mesmo dia, a ONU também lança a campanha Crianças em Fuga para proteger refugiados vítimas da violência no Triângulo Norte da América Central.

 

O Museu do Amanhã promove no dia o seminário Vozes do Refúgio, que vai abordar o impacto das mudanças climáticas sobre o deslocamento forçado no mundo.

 

E, no dia 21, o Museu inaugura a exposição fotográfica Vidas Deslocadas. Segundo dados do Comitê Nacional para os Refugiados (Acnur), vivem atualmente no Brasil em torno de 10 mil refugiados. A maioria vem da Síria, Colômbia e República Democrática do Congo.

Edital selecionará 20 propostas para cadeia produtiva de grãos

seg, 19/06/2017 - 08:26

O edital que vai selecionar ideias inovadoras e sustentáveis para a cadeia produtiva de grãos foi lançado na Campus Party, que aconteceu em Brasília.

A iniciativa é uma parceria entre a ONU Meio Ambiente, o Sebrae e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O edital selecionará 20 propostas, sendo dez que ainda não tenham sido colocadas em prática e dez voltadas para startups, novas empresas de tecnologia que já estão em operação.

Confira os detalhes na matéria de Maíra Heinen.

Embrapa desenvolve tecnologia para controlar biologicamente o percevejo bronzeado

ter, 23/05/2017 - 15:15

O Brasil já dispõe de um agente de controle biológico para combater o percevejo bronzeado. A praga suga a seiva das folhas deixando sintomas de amarelamento e bronzeamento e ainda provoca o desfolhamento das árvores. O inseto causa prejuízo aos plantios de eucalipto em todo o país. Quem conta os detalhes sobre a descoberta de novas tecnologias que evitam perdas na produtividade é o pesquisador da Embrapa Leonardo Barbosa.

 

Confira na reportagem de Márcia Wonghon.

Páginas