Você está aqui

Também na Radioagência Nacional

Subscrever feed Também na Radioagência Nacional
Atualizado: 11 minutos 55 segundos atrás

Mantega será ouvido como testemunha em ação envolvendo Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves

ter, 27/06/2017 - 10:47

Agora pela manhã, a Justiça Federal colhe o depoimento, como testemunha, do ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, nas ações envolvendo o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e o ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves, no âmbito da Operação Sépsis, que investiga um suposto esquema de pagamento de propina para liberação de recursos do fundo de investimento do FGTS, administrado pela Caixa.

 

Além de Mantega, serão testemunhas os economistas Delfim Netto, João Jorge Chamillian, Fernando Reis e André Barbieri, em investigação sobre o doleiro Lúcio Bolonha Funaro, que seria responsável por intermediar propinas a Eduardo Cunha.

 

 

* A participação do repórter foi ao vivo.

Deputado crítico ao governo perde vaga na CCJ antes da denúncia de Temer ser apresentada

ter, 27/06/2017 - 10:20

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados vai analisar a denúncia contra o presidente Michel Temer. E nesta segunda-feira (26), horas antes da denúncia ser apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já teve troca de membros na comissão.

 

O deputado Major Olímpio, que havia afirmado publicamente ser a favor da abertura de processo contra Temer, perdeu a vaga de titular na CCJ por decisão de seu partido, o Solidariedade, que integra a base do governo Temer. O deputado acredita que foi substituído na comissão por ser um voto certo a favor da denúncia.

 

Em nota, o Solidariedade negou que tenha substituído o deputado Major Olímpio por causa de seu posicionamento. E disse que nunca cerceou nem cerceará a opinião dos integrantes da bancada. 

Nacional Informa: Prazo para trabalhador sacar PIS-Pasep termina sexta-feira

ter, 27/06/2017 - 10:14

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programete foi veiculado às 10h, ao vivo, nas rádios EBC.

 

Edição: Paula de Castro Trabalhos Técnicos:  Egberty Martins

Juiz autoriza leilão de bens de Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo

ter, 27/06/2017 - 09:47

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, autorizou nessa segunda-feira (26) o leilão da casa de praia, de joias, automóveis, lancha e motoaquática, apreendidos na Operação Calicute, do ex-governador do Rio Sérgio Cabral e da esposa Adriana Ancelmo. Os bens estão avaliados em R$ 14,5 milhões. Veja na reportagem de Flávia Villela.

Nacional Informa: Temer tem agenda com despachos internos um dia depois de denúncia

ter, 27/06/2017 - 09:16

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programete foi veiculado às 9h, ao vivo, nas rádios EBC.

 

Edição: Paula de Castro Trabalhos Técnicos:  Egberty Martins

Governo do DF vai recorrer da decisão que derrubou lei anti-homofobia

ter, 27/06/2017 - 09:14

A Câmara Legislativa aprovou nesta segunda-feira (26)  um decreto legislativo que derruba a Lei Anti-homofobia sancionada no fim da semana passada pelo governador Rodrigo Rollemberg.

 

Foi durante uma sessão temática que deveria discutir projetos relacionados à construção civil. Em uma manobra, a bancada evangélica mudou a pauta e incluiu o decreto legislativo.

 

Somente seis dos 24 distritais foram contrários à medida, entre eles o presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle, do PDT. O deputado Agaciel Maia, do Partido Progressista, avaliou que a decisão da Câmara será derrubada na Justiça.

 

O governador Rodrigo Rollemberg afirmou que a atitude dos distritais é ilegal porque invade a competência do Poder Executivo, além de não encontrar respaldo na realidade dos dias de hoje. Em nota, Rollemberg lamentou a decisão e anunciou que vai recorrer.

 

O governador destacou que é papel do Estado garantir a liberdade de expressão, de credo religioso e o direito de orientação sexual de cada cidadão, evitando qualquer tipo de preconceito e violência.

 

Brasileirão: Avaí vence Botafogo e sai da lanterna

ter, 27/06/2017 - 08:45

Último colocado da série A do Campeonato Brasileiro, o Avaí venceu o Botafogo por 2x 0 nesta segunda-feira (26) no Engenhão, Rio de Janeiro. O time catarinense somou oito pontos e saiu da lanterna.

 

E hoje tem mais futebol. 

 

Acompanhe com Jorge Wamburg. 

Procuradores escolhem hoje nomes para lista tríplice de onde sairá sucessor de Janot

ter, 27/06/2017 - 08:37

Hoje (27) é o dia decisivo para a formação da lista tríplice de onde vai sair o novo procurador-geral da República. Ao todo, oito membros do Ministério Público Federal estão concorrendo:

Carlos Frederico Santos Eitiel Santiago Ela Vieko Franklin da Costa Mário Bonsaglia Nicolau Dino Raquel Dodi Sandra Cureau

 

A eleição será por meio de sistema eletrônica, em computadores instalados na Procuradoria-Geral da República, em Brasília, nas procuradorias regionais da República e nas procuradorias da República nos estados e municípios de todos o país.

 

Escolhidos, os três nomes seguem para análise do presidente Michel Temer para a escolha do novo procurador-geral da República. Depois disso, o procurador ou procuradora indicado/indicada passa por sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Nacional Informa: EUA identificam que Síria pode estar preparando novo ataque com armas químicas

ter, 27/06/2017 - 08:21

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programete foi veiculado às 8h, ao vivo, nas rádios EBC.

 

Edição: Paula de Castro Trabalhos Técnicos:  Egberty Martins

Motorista que atropelou skatistas em São Paulo se apresenta à polícia

ter, 27/06/2017 - 08:06

O motorista que atropelou um grupo de skatistas no centro da capital paulista, em evento no domingo (25), se apresentou à polícia nessa segunda-feira (26). Ariovaldo Ferreira foi ouvido pelo delegado Roberto Pacheco de Toledo, do 4º Departamento de Polícia Civil.

 

O grupo de skatistas, que participava do evento Go Skate Day, descia a rua Augusta no sentido centro, quando uma EcoSport, na direção contrária, avançou em alta velocidade sobre eles. Pelo menos três foram atropelados e ficaram com ferimentos leves. Uma quarta pessoa chegou a ser arremessada por cima do carro, mas não se feriu com gravidade. O motorista não prestou socorro.

 

Segundo a Polícia Civil, o condutor disse que entrou na rua porque o bloqueio de trânsito estava mal sinalizado. Ele relatou ainda que, quando tentava desviar dos skatistas, atingiu a primeira pessoa. Foi aí que, segundo ele, o carro começou a ser depredado pelos participantes do evento. Ariovaldo afirmou que estava com a mãe de 80 anos e um amigo. Com medo de ser linchado, ele disse que acelerou o veículo para tentar fugir do local, momento em que atropelou os outros skatistas.

 

O carro está com a polícia para ser periciado. O motorista deve ser indiciado por lesão corporal dolosa, fuga do local do acidente e por criar situação de perigo à vida e à saúde de outras pessoas. Segundo a polícia, ele irá responder em liberdade.

 

 

 

* Com informações da Agência Brasil

Reforma trabalhista volta a ser discutida hoje no Senado em audiências públicas

ter, 27/06/2017 - 07:56

A discussão sobre a reforma trabalhista será retomada nesta terça-feira (27) pelo Senado, com duas audiências públicas e a votação da proposta na Comissão de Constituição e Justiça, prevista para quarta-feira (28).

 

E, depois de conseguir rejeitar o texto da reforma na Comissão de Assuntos Sociais, na semana passada, a oposição vai tentar repetir o feito na CCJ.

 

Até agora, dois votos em separado, contra a reforma trabalhista, foram apresentados e mais dois devem ser protocolados até a quarta. Um desses votos é do senador Eduardo Braga (PMDB-AM), partido da base do governo. Braga não é o único senador do PMDB a se posicionar contra à reforma. Renan Calheiros também é contra, assim como o senador Hélio José, que explicou seu voto nessa segunda, durante uma audiência pública no Senado.

 

Sonora: “Se a reforma trabalhista encaminhada fosse aquela que o presidente da República tinha encaminhado no início, lá na Câmara, aquela teria meu voto favorável. Porque eu acho que a CLT é antiga, tem que ser atualizada. Precisamos regularizar uma série de questões. Feita as correções devidas no projeto que veio da Câmara e retornar para Câmara, para fazer a reforma correta.”

 

O senador do PSDB Eduardo Amorim (SE), também da base e que votou contra a reforma na semana passada, afirmou que deve repetir o voto contrário na CCJ, se tiver oportunidade de votar, já que ele é suplente nessa comissão.

 

Base do governo e oposição fizeram um acordo para garantir que a reforma seja votada nesta semana. O líder do governo, senador Romero Jucá, concordo com a realização de duas audiências públicas amanhã, enquanto a oposição concordou em não tentar atrasar a votação na quarta. 

 

Câmara deve decidir se aceita denúncia contra Temer; entenda a tramitação

ter, 27/06/2017 - 07:32

É a primeira vez que um presidente é denunciado no exercício do mandato.

 

Como a denúncia feita pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi enviada ao relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin, pode ser aberto o prazo de 15 dias para manifestação da defesa do presidente Michel Temer.

 

Mas o Supremo não pode decidir se aceita a denúncia. Isso é papel da Câmara dos Deputados. Por isso, Fachin entregará o documento à presidente do Supremo, Carmén Lúcia, que vai enviar ao presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, do Democratas.

 

Quando Maia receber a denúncia, começa a contar o prazo de 10 sessões plenárias para a defesa do presidente Michel Temer se manifestar, desta vez na Câmara. Após essa manifestação, a Comissão de Constituição e Justiça terá o prazo de cinco sessões para votar um parecer. E esse parecer segue para plenário, onde Temer vai precisar de 172 votos para barrar a denúncia.

 

Se for recebida, a denúncia  será devolvida ao Supremo e o presidente será afastado por 180 dias. 

 

O Regimento Interno da Câmara não define o prazo para votar o parecer da CCJ ser apreciado em plenário. Existe a possibilidade de deixar o Supremo Tribunal Federal definir como será o rito da tramitação da denúncia, a exemplo do que ocorreu com o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff.

 

Com colaboração de Samanta do Carmo

Viva Maria: Aumento populacional exige garantias de direitos para mulheres

ter, 27/06/2017 - 00:42

Até 2030 a população mundial será de 8 bilhões e 600 milhões de habitantes.Um aumento de um bilhão de pessoas em 30 anos.

 

Os dados dessas projeções demográficas estão no relatório da ONU recentemente publicado. Um trabalho que orienta a pesquisa da socióloga e demógrafa Raquel Zanatta, da Universidade Federal de Minas Gerais. Seja muito bem-vinda!

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Rodrigo Maia critica FHC por pedido de antecipação das eleições para Presidência

seg, 26/06/2017 - 23:34

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, criticou o posicionamento do ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, que declarou ser favorável à antecipação de eleições diretas para a Presidência da República.

 

Em evento nesta segunda-feira (26) na Fiesp, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, Maia pediu paciência, dizendo que não se tira um presidente de um dia para o outro.

 

Rodrigo Maia acrescentou que não é possível prever como cada deputado vai votar com relação à denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer.

 

Ele ainda defendeu o diálogo com outros poderes para resolver a crise, lembrando que nesta terça (27) haverá uma reunião convocada pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira, para discussão da reforma politica.

 

Maia salientou a importância da reforma trabalhista, em andamento. Sobre outra reforma, a da Previdência, disse que a tramitação na Câmara vai continuar depois do fim da crise política.

 

Com colaboração de Nelson Lin.

Oito senadores querem desarquivar processo contra Aécio no Conselho de Ética

seg, 26/06/2017 - 23:16

Oito senadores do Conselho de Ética do Senado devem apresentar nesta terça-feira (26) pedido para desarquivar o processo por quebra de decoro parlamentar contra Aécio Neves, do PSDB.

 

A representação contra Aécio foi arquivada pelo presidente do Conselho de Érica, João Alberto Souza, do PMDB. O parlamentar alegou “falta de provas” contra o tucano.

 

Entre os que querem desarquivar a representação está o vice-presidente do colegiado, o senador Pedro Chaves, do PSD. Para o parlamentar, o Senado tem que investigar o caso.

 

O processo contra Aécio foi apresentado pelos partidos Rede e PSOL depois da Operação da Lava Jato que prendeu a irmã e o primo do senador. Aécio foi denunciado no Supremo Tribunal Federal por receber suposta propina de R$ 2 milhões da empresa JBS e tentar obstruir a Lava Jato.

 

A defesa do senador nega as acusações e diz que se tratou de empréstimo sem contrapartidas. O ministro do STF, Edson Fachin, afastou Aécio do cargo e a Corte deve analisar o pedido de prisão do senador em agosto, após o recesso do Judiciário.

 

Para desarquivar o processo no Conselho de Ética, a maioria do colegiado, que atualmente está com 14 membros titulares, tem que votar a favor. Dos oito senadores que pedem o desarquivamento do processo contra Aécio Neves, cinco são titulares.

Janot denuncia Temer pelo crime de corrupção passiva

seg, 26/06/2017 - 22:52

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou o presidente Michel Temer pelo crime de corrupção passiva na noite dessa segunda-feira (26). O ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures também foi denunciado pelo mesmo crime.

 

No documento enviado ao ministro do Supremo, Edson Fachin, Janot, afirma que houve a atuação de uma organização criminosa complexa. A acusação de Janot se baseia nas investigações abertas a partir das delações de empresários da JBS no âmbito da Operação Lava Jato.

 

O procurador afirma que Temer recebeu, por meio de Loures, R$ 500 mil, pagos pelo empresário Joesley Batista.

 

E pede que Temer e Loures sejam condenados à indenização por danos morais no valor de R$ 12 milhões.

 

O presidente Temer é investigado também por obstrução de Justiça e participação em organização criminosa, mas, para estes casos, a PGR ainda não apresentou denúncia.

 

O advogado do presidente, Cláudio Mariz, disse que vai se manifestar mais profundamente somente quando tiver acesso ao processo.

 

No entanto, afirmou que a denúncia não está baseada em fatos concretos e comprovados, uma vez que o presidente da República não cometeu nenhuma conduta que pudesse ser enquadrada no tipo penal da corrupção passiva.

Previsão do tempo desta terça-feira (27) para todo o Brasil

seg, 26/06/2017 - 20:19

 

Previsão do Tempo: Programete veiculado diariamente às 3h30 de segunda a sexta com produção da Rede Nacional de Rádio.

História Hoje: Há 148 anos, nascia a anarquista Emma Goldman

seg, 26/06/2017 - 20:14

Em 27 de junho 1869 nascia em Kaunas, na Lituânia, Emma Goldman. Uma anarquista e feminista que ficou conhecida por seus artigos e conferências públicas e conferências políticas que reuniam milhares de pessoas nos Estados Unidos.

 

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados a cada dia do ano. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Dnit vai avaliar as condições das estradas federais

seg, 26/06/2017 - 19:51

De 1º a 7 de julho, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) quer ouvir mais de 500 mil motoristas que passarem pelas principais rodovias do Brasil.

 

A pesquisa é feita em parceria com o Comando de Operações Terrestres do Exército Brasileiro.  Cinco mil militares  do Exército vão aplicar um questionário sobre os motivos da viagem e as condições das estradas em 123 pontos de 24 estados.

 

O coordenador geral de planejamento do Departamento, André Nunes ressalta que trata-se de um levantamento técnico para planejamento de ampliação e manutenção da malha rodoviária brasileira.

 

A metodologia e tratamento dos dados vão ser realizados pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Senado realiza duas audiências nesta terça para discutir reforma trabalhista

seg, 26/06/2017 - 19:15

A discussão sobre a reforma trabalhista será retomada nesta terça-feira com duas audiências públicas e a votação da proposta na quarta-feira na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

 

Depois de conseguir rejeitar o texto na semana passada na Comissão de Assuntos Sociais a oposição vai tentar repetir esse feito na CCJ.

 

* Participação da repórter ao vivo

 

Páginas