Você está aqui

Também na Radioagência Nacional

Subscrever feed Também na Radioagência Nacional
Atualizado: 2 minutos 8 segundos atrás

Comissão de Ética aplica sanção a ministro da Saúde por promessas indevidas em campanha em política

ter, 28/03/2017 - 10:35

A Comissão de Ética Pública da Presidência decidiu aplicar uma sanção de advertência ao ministro da Saúde, Ricardo Barros.

 

De acordo com o presidente do colegiado, Mauro Menezes, o ministro violou a ética pública ao se valer do cargo para fazer promessas indevidas durante campanha política no Paraná.

 

Sonora: “Houve sim promessa indevida do ministro, como ministro, ao participar da campanha eleitoral em favor de candidatos de prefeitos e vice-prefeitos que ele apoiava naquela ocasião. Foi estabelecida a expectativa de que se dado candidato fosse eleito haveria ali, sim, a consecução de obras e a transferência de verbas.”

 

Em nota, Ricardo Barros disse que exerce suas funções de acordo com a legislação vigente.

 

Mais duas decisões foram anunciadas nessa segunda-feira pela Comissão. A primeira foi aplicação de uma censura ética em desfavor do ex-secretário da Juventude Bruno Júlio, por ter feito declarações como "tinha era que matar mais", em referência aos mortos durante as rebeliões de presídios.

 

A segunda, sobre o atual secretário da Previdência, Marcelo Caetano. Segundo o colegiado, Caetano não cometeu nenhuma infração ética por participar na formulação da proposta de reforma da Previdência e ser ao mesmo tempo membro titular do Conselho da Brasilprev, empresa de previdência privada. Apesar de arquivar a ação, a Comissão recomendou que Caetano seja afastado da Brasilprev para prevenir um conflito de interesse futuramente.

Nacional Informa: Ministério da Saúde incorpora práticas de medicina alternativa ao SUS

ter, 28/03/2017 - 10:35

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

Governo quer prazo de 6 meses para estados e municípios mudarem Previdência

ter, 28/03/2017 - 10:06

O governo deve estabelecer o prazo de seis meses para que seja aprovada uma reforma previdenciária pelos estados e municípios. Se o prazo não for cumprindo, as regras da previdência do Governo Federal passarão a valer também para o funcionalismo público estadual e municipal. .

O objetivo com a definição de um prazo  é  pressionar para que as  mudanças ocorram mais rapidamente em todo o país.

A nova proposta foi  apresentada nessa segunda-feira (27) pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, em reunião no Palácio do Planalto  com os deputados da base aliada.

O  líder do governo no Congresso Nacional, André Moura, admite que há resistência por parte da base para aprovar o texto da reforma da previdência na Câmara.

 

Segundo Moura, essa resistência diminuiu após  a retirada de municípios e estados da reforma, na última semana. Ainda de acordo com Moura, o governo já tem os votos suficientes para aprovar o texto na Comissão Especial e no plenário.

Sonora: “No nosso mapa já termos número suficiente para votar, não tem previsão de quando será analisado. Mas votos suficientes para aprovar a reforma nós já temos.”

Nesta terça-feira (28), será realizada a última audiência pública na comissão especial da reforma da Previdência, na Câmara. O tema é o impacto das mudanças propostas pelo governo no orçamento público do país.

Embrapa aposta em espaguete de palmito como fonte rica em nutrientes

ter, 28/03/2017 - 09:45

O palmito, alimento usado normalmente em saladas, pizzas, sanduíches e omeletes passa ser comercializado, também na forma de espaguete.

A novidade é que o produto alternativo, semelhante ao espaguete original, feito de trigo, pode ser consumido sem medo de engordar, devido ao baixo teor de calorias. Para se ter uma ideia, cada 100 gramas de massa de trigo são envolvidas 160 calorias, enquanto 100 gramas do espaguete de palmito tem apenas 36 calorias.

 

Dessa forma, o espaguete de palmito pupunha, com várias propriedades nutricionais, desenvolvido por pesquisadores da Embrapa, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária do Rio de Janeiro, surge como nova alternativa alimentar.

 

O produto, com alto valor agregado, rico em ferro, cálcio e potássio, já está sendo testado para o consumo como entrada ou prato principal.

A pesquisadora da Embrapa, Daniela Freitas, realizou um estudo sobre a aceitação da nova modalidade de espaguete, com 60 mulheres que fazem compras em supermercados, e conta a conclusão:

Sonora: Como resultado a gente ficou bastante animada porque 45% das consumidoras incluíram o desejo de provar novas receitas.......final....15% disseram valer um possível custo adicional.

A tecnologia já está sendo repassada em forma de capacitação e consultoria, a produtores e unidades processadoras de palmito do Paraná, São Paulo e Rio de janeiro.

Dados da Embrapa indicam que o Brasil é o maior produtor e consumidor mundial de palmito sendo que o estado do Pará contribui com 95% da produção nacional.

 

De Brasília, Marcia Wonghon.

Nacional Informa: OIT prevê que desemprego continuará crescendo no mundo

ter, 28/03/2017 - 09:27

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

Pode terminar hoje julgamento de PM's acusados de matar jovem após perseguição em São Paulo

ter, 28/03/2017 - 09:19

Pode terminar hoje (28) o julgamento dos três PM's acusados de matar o jovem Fernando Henrique da Silva, de 23 anos. O crime aconteceu em setembro de 2015, após uma perseguição.

 

O julgamento começou ontem (27), quando foram ouvidas 10 testemunhas e os acusados. A defesa nega a agressão e a posterior execução do jovem alegando que ele estava armado e atirou contra dois policiais após a queda.

 

O caso ganhou repercussão quando um vídeo exibido por telejornais e na internet mostrou um dos policiais render a vítima no telhado de uma casa e, aparentemente, derrubá-la de uma altura de três metros.

Brasil enfrenta Paraguai hoje pelas Eliminatórias da Copa do Mundo

ter, 28/03/2017 - 09:10

A Seleção Brasileira está confirmada para enfrentar o Paraguai nesta terça-feira (28) pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, com o lateral Fagner e o atacante Roberto Firmino. Acompanhe a reportagem e confira a escalação do time. 

Nacional Informa: Governo quer dar 6 meses para estados aprovarem reforma da Previdência

ter, 28/03/2017 - 08:53

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

Petrópolis registra cinco casos de malária

seg, 27/03/2017 - 20:43

Cinco pessoas foram diagnosticadas com malária em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. São homens com idade entre 14 e 54 anos, moradores dos bairros de Independência, Quitandinha, Valparaíso e Siméria.

 

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Petrópolis, todos os pacientes receberam a medicação fornecida pela Secretaria Estadual de Saúde e seguem o tratamento em casa. A vigilância sanitária fez uma varredura nas residências e locais de convívio dessas pessoas, mas não foram encontrados focos do mosquito.

 

A doença é transmitida pela picada da fêmea do mosquito do gênero anopheles e é mais comum nas regiões de mata fechada.  De acordo com a Prefeitura de Petrópolis, essa quantidade de casos está dentro dos padrões aceitos pelo Ministério da Saúde e, por isso, não representam risco à população.

 

Segundo a secretaria, a doença ocorre em maior número no verão e, com o outono, iniciado no dia 21, os casos devem se reduzir naturalmente. Não existe vacina específica para malária.

 

O setor de epidemiologia do município orienta a população para que evite as áreas de mata fechada, trilhas, cachoeiras e áreas rurais. Caso seja necessário frequentar estas áreas, a prevenção deverá ser feita com o uso de repelente. Em 2016, dois casos de malária foram registrados em Petrópolis. 

Previsão do tempo desta terça-feira (28) para todo o Brasil

seg, 27/03/2017 - 20:29

Previsão do Tempo: Programete veiculado diariamente às 3h30 de segunda a sexta com produção da Rede Nacional de Rádio.

Liberação de mulher de Cabral depende de vistoria da Polícia Federal no apartamento da família

seg, 27/03/2017 - 20:11

A expectativa da defesa da ex-primeira dama Adriana Ancelmo é que ela seja liberada para ir para casa ainda nesta semana. Adriana Ancelmo recebeu o benefício de prisão domiciliar no dia 17, mas a medida foi suspensa pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2).

 

Os advogados de defesa recorreram ao STJ, que decidiu na última sexta-feira que ela pode sair  do Complexo Prisional de Bangu. Mas antes dela ser liberada é preciso que a polícia federal certifique que o apartamento está sem comunicação por telefone ou internet.

 

De acordo com o advogado de defesa, Alexandre lopes, o apartamento já está pronto para receber a vistoria da Polícia Federal. Adriana Ancelmo está presa preventivamente desde dezembro.

 

O código penal permite que a prisão preventiva seja substituída pela domiciliar quando se tratar de mulher gestante ou com mulher com filho de até 12 anos. Adriana tem um filho de 11 anos e outro de 14 anos de idade.

 

A decisão de conceder a prisão domiciliar a Adriana Ancelmo gerou protestos. A esquina do seu apartamento do Leblon, zona sul do Rio de Janeiro, amanheceu com alguns cartazes com frases como “devolvam nosso dinheiro” e “direitos iguais para detentas pobres”.

 

Adriana Ancelmo é acusada participar do esquema de desvio de dinheiro supostamente liderado pelo ex-governador. O Ministério Público diz que ela era responsável por lavar dinheiro com jóias e também usando seu escritório de advocacia para receber propina.

Mais de 100 famílias são afetadas pelas cheias dos rios no Amapá

seg, 27/03/2017 - 19:23

Mais uma cidade amapaense foi atingida pelas cheias dos rios neste fim de semana.

 

O Rio Araguari está mais de 3 metros acima do nível normal o que causou inundação em alguns bairros do município de Ferreira Gomes.

 

Segundo o último levantamento divulgado pelo Governo do Amapá, pelo menos 100 famílias foram afetadas. Dezessete precisaram ser removidas de suas casas.

 

De acordo com o comandante adjunto da Defesa Civil do Estado, Major Elsondré Martins, a inundação ocorreu após três hidrelétricas da região alcançarem a capacidade máxima de armazenamento.

 

O major afirmou que a manobra é planejada e que é liberado um alerta para a população, mas que não é possível evitar que algumas regiões em áreas de risco sejam afetadas.

 

Calçoene e Laranjal do Jari já estão situação de emergência. Nos últimos dias o volume de chuvas diminuiu e a situação nas duas cidades é considerada estável. A defesa civil continua monitorando as áreas.

Viva Maria: Projetos de incentivo à biodiverisidade recebem prêmio em Brasília

seg, 27/03/2017 - 19:05

A Amazônia se faz presente hoje (28) em Brasília por causa de um importante evento promovido pelo Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), que coordena o programa de pequenos projetos ecossociais da Amazônia.

 

Esta semana, durante esse encontro de experiências e troca de aprendizado, será entregue o Prêmio Jorg Zimmermann da Sociobiodiversidade. Os projetos premiados são o Circuito de Feiras Agroecológicas do Baixo Munim, do Maranhão, e o Manejo Indígena de Babaçu “Toroya”, de Rondônia.

 

Mais detalhes com Silvana Bastos, assessora técnica da equipe do ISPN. 

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Líder da oposição russa é preso por organizar atos anticorrupção

seg, 27/03/2017 - 18:59

Nessa segunda-feira, a Corte russa sentenciou Alexei Navalny a 15 dias de prisão e a uma multa de 20 mil rublos (equivalente a cerca de mil e cem reais). Um dos principais opositores do governo de Vladimir Putin, ele foi acusado de resistir à prisão e de organizar os protestos de domingo que aconteceram pelo país, não autorizados pelo governo russo.

 

Comissão do Senado vota nesta quarta projeto que institui documento único de identificação

seg, 27/03/2017 - 18:58

Proposta do Executivo que institui um único documento de identificação pessoal, já aprovada pela Câmara dos Deputados, deve ser votada nesta quarta-feira, na Comissão de Constituição Justiça e Cidadania do Senado.

 

O objetivo do projeto é criar um só registro civil, válido em todo território nacional, que substitua carteira de identidade, CPF e título de eleitor.

 

A vantagem da iniciativa é facilitar a vida dos cidadãos, segundo o relator, senador Antônio Anastasia, do PSDB de Minas Gerais.

 

A impressão do novo documento, com uso de tecnologia de cartão magnético, ficará a cargo da casa da moeda, sendo gratuita a emissão da primeira via.

 

O TSE, Tribunal Superior Eleitoral, será responsável por armazenar e gerir a base de dados da identificação civil nacional e utilizará informações biométricas, colhidas na própria Justiça Eleitoral.

 

O novo documento incluirá, entre outras informações, nome, sexo, data de nascimento, foto, filiação, naturalidade, assinatura, impressão digital do indicador direito, órgão emissor, local e data de expedição.

História Hoje: Pane em usina nuclear dos EUA causou pânico em 1979

seg, 27/03/2017 - 18:48

Há quase 40 anos, pela primeira vez, o mundo ficou apreensivo por causa de um acidente nuclear. Até então, foi o pior desastre na história da energia nuclear para fins comerciais. Aconteceu na usina de Three Mile, numa ilha, próxima à capital do estado da Pensylvânia, Nordeste dos Estados Unidos.

 

Não houve mortes, nem vazamento radioativo que representasse grande ameaça ao meio ambiente, porém o risco de contaminação aos empregados e a população local era sério, porque desconheciam a gravidade da situação.

 

Ás 4 horas da madrugada do dia 28 de março de 1979, aconteceu uma pane na bomba de água do sistema de resfriamento, que ficava do lado de fora do prédio da usina. Rapidamente, o sistema de emergência passou a funcionar, mas o procedimento de um técnico foi inadequado para aquela situação. Isso desencadeou o processo, que poderia ter explodido o reator.

 

Até o amanhecer ninguém sabia. Quase cinco horas depois a notícia foi divulgada por uma rádio de Harrisburg, capital da Pensylvania. O governo desconhecia a gravidade do caso, a população ainda não estava devidamente informada. Naquela época não existia internet, acesso as redes sociais e os meios convencionais eram lentos para apurar e divulgar a informação.

 

A empresa responsável pela usina tentou minimizar a crise. Afirmou que não havia detectado radiação além dos limites da usina. Entretanto, no mesmo dia, inspetores detectaram discreto aumento nos níveis de radiação nos arredores. Resultado do vazamento de água contaminada. Somente dois dias depois, o governador do estado da Pensilvânia, iniciou a retirada dos habitantes. Primeiro, as gestantes depois, as crianças.

 

Apenas no dia 2 de abril os cientistas conseguiram afastar a possibilidade de derretimento do reator danificado. O episódio parecia uma profecia da catástrofe mostrada no filme “Síndrome da China”, que havia estreado poucos dias antes. Pressionado pela opinião pública, o governo americano ordenou, temporariamente, a desativação de diversos reatores semelhantes ao de Three Mile Island e o cancelamento da construção de novas usinas.

 

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados às datas do calendário. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Filas marcam primeiro dia de vacinação contra febre amarela no Rio

seg, 27/03/2017 - 18:34

A campanha de vacinação contra a febre amarela começa antes mesmo da confirmação de casos na capital.

 

Quem procurou os postos do centro e da zona norte do Rio para se vacinar no primeiro dia útil da campanha encontrou grande movimento na maioria dos locais.

 

Desde o início do ano, mais de 400 mil doses da vacina foram aplicadas só na capital do estado.

 

Nesta segunda-feira, cerca de 100 pessoas aguardavam para tomar a vacina em um posto na Rua Evaristo da Veiga, na Cinelândia, zona central da cidade.A agente de viagens Kátia de Carvalho reclamou da demora no atendimento.

 

Já em um posto de saúde no Rio Comprido, na zona norte, a espera foi de aproximadamente 30 minutos. Várias famílias vieram se vacinar, como a da dona de casa Antonia Zileny, que trouxe os dois filhos, a cunhada e uma sobrinha.

 

A campanha de vacinação começou na capital fluminense duas semanas após o início da imunização em Casimiro de Abreu, na Baixada Litorânea, que concentrou a maior parte dos casos confIrmados no estado. Além de Casimiro de Abreu, o município de São Fidelis, no Norte Fluminense, registrou o primeiro caso de febre amarela, de acordo com a Secretaria estadual de Saúde.

 

Em Casimiro, o estoque de vacinas está zerado desde quarta-feira. Apesar de a secretaria estadual de saúde afirmar que já foram enviadas doses para imunizar todo o público-alvo do município, a secretária de saúde da cidade afirma que a quantidade foi insuficiente diante da grande procura por moradores de outras cidades próximas.

 

Dos casos confirmados em Casimiro, um morador da zona rural morreu. Os outros quatro infectados já receberam alta.

Poupança volta a ser opção atrativa para guardar dinheiro

seg, 27/03/2017 - 18:20

Em um momento de crise financeira, está difícil guardar dinheiro. Mas tem gente que consegue economizar e todo mês deposita um pouquinho na boa e velha poupança. 

 

Apesar do que muita gente acha, a poupança ficou mais atrativa nos últimos meses.

População cobra expansão do metrô no DF; término de obras segue indefinido

seg, 27/03/2017 - 18:09

De segunda a sexta-feira a vida do brasiliense é uma constante: horas de trânsito, ônibus lotados, engarrafamentos. E em uma população estimada em pouco mais de 2 milhões e 970 mil pessoas, segundo dados do IBGE, são poucas as que têm oportunidade de optar pelo metrô para fugir do trânsito.

 

De acordo com informações do Metrô DF, somente 200 mil pessoas utilizam o transporte diariamente, em estações espalhadas por seis regiões administrativas.

 

O fluxo de usuários poderia ser maior, se houvesse a conclusão de três estações. As obras na 104, 106 e 110 sul ainda não foram terminadas. A estimativa é que ainda se gaste cerca de R$ 78 milhões para concluir a construção dessas três estações.

 

O presidente do Metrô DF, Marcelo Dourado, ressalta que a conclusão das obras depende de um agente financiador, que ainda será definido dentro do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC.

 

Além das estações inacabadas, existe atualmente as chamadas estações não operacionais, como a Estrada Parque e a Onoyama. Elas estão prontas, não atendem a usuários ainda e não há previsão para que comecem a operar.

 

Outra obra que é muito esperada é a expansão do metrô. A aposentada Maria de Jesus, de 72 anos, aguarda por este transporte direto para a Asa Norte.

 

O projeto inicial propõe a construção de cinco novas estações: duas em Samambaia, duas em Ceilândia e uma na Asa Norte. O plano foi anunciado em 2012 e os estudos iniciais custaram R$ 17 milhões. Porém, quase cinco anos depois, o projeto ainda não saiu do papel.

 

Marcelo Dourado aguarda somente a liberação dos recursos para que a obra seja iniciada.

 

Ainda não existe uma previsão para a liberação do recurso, já que o dinheiro aplicado deverá ser liberado pelo Ministério das Cidades. A instituição também não tem um levantamento de quanto já foi gasto na construção do metrô no DF.

Nacional Informa: JBS retoma produção de carne bovina

seg, 27/03/2017 - 17:40

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

Páginas