Você está aqui

Também na Radioagência Nacional

Subscrever feed Também na Radioagência Nacional
Atualizado: 2 minutos 21 segundos atrás

Entrevista: Saiba mais sobre duas chuvas de meteoros

sex, 24/03/2017 - 15:12

Esta semana um grupo de astrônomos brasileiros ganhou o reconhecimento internacional por registrar duas chuvas de meteoros.

 

Batizadas como Epsilon Gruids e August Caelids, elas ficam nas constelações do Grou e do Cinzel.

 

Nesta entrevista ao noticiário Repórter Brasil, da Rádio Nacional AM, os astrônomos amadores Renato Poltroniere e Marcelo Domingues explicam a importância da descoberta para o Brasil.

Com informações das Rádios EBC

 

Justiça determina recolhimento das imagens de Bangu 8; câmera da cela de Cabral estava com defeito

sex, 24/03/2017 - 14:59

A Justiça do Rio determinou o recolhimento das imagens do sistema de segurança do presídio Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste da capital.

 

A medida foi tomada após fiscalização da VEP, Vara de Execuções Penais, constatar que algumas câmeras da unidade não estavam funcionando. É em Bangu 8 que estão presos o ex-governador Sérgio Cabral e a maioria dos detidos na Operação Lava Jato no Rio.

 

Em uma inspeção realizada no último dia 9, para apurar desentendimento entre dois presos, um agente penitenciário informou que uma das câmeras havia deixado de funcionar por certo período de tempo. Ele também falou que quatro das 16 câmeras estavam sem funcionar.

 

Já nesta quinta, ao cumprir ordem de busca e apreensão de todos os dispositivos de armazenamento de imagens do sistema de segurança, a VEP verificou que outras três câmeras não funcionavam. Um dos equipamento que está com defeito é a que monitora a cela de Cabral.

 

O juiz Guilherme Schilling, da Vara de Execuções Penais, vai analisar todo o equipamento apreendido para ver se encontra imagens que possam mostrar possíveis irregularidades no presídio.

Prazo para apresentar alegações no processo da chapa Dilma-Temer termina hoje

sex, 24/03/2017 - 14:57

Termina hoje (24) o prazo para o Ministério Público e as partes apresentarem as alegações finais no processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

O ministro-relator Herman Benjamin já entregou aos demais ministros da corte um relatório parcial, com os documentos e as provas contidas no processo. São mais de mil páginas, mas que não contém conclusões. O ministro ainda aguarda as alegações finais.

Nessa quinta-feira (23), Herman Benjamin determinou abertura de investigação para apurar o vazamento de depoimentos sigilosos de delação premiada de ex-executivos da empreiteira Odebrecht, que foram anexados ao processo.

 

A investigação atende a pedido dos advogados da ex-presidenta Dilma Rousseff. Os documentos foram publicados no site O Antagonista e citam supostos pagamentos de caixa 2 para a campanha de Dilma.

O vazamento ocorreu após Herman Benjamin enviar aos ministros do TSE o relatório parcial. O documento foi colocado na rede interna dos computadores do tribunal e pode ser acessado somente pelos gabinetes dos ministros.

A defesa de Dilma Rousseff declarou que a ex-presidenta nunca teve relação próxima com o empresário Marcelo Odebrecht, que é um dos delatores, e jamais pediu contribuições para campanha.

Entrevista: Conheça o trabalho da empresária que escolheu voltar para o meio rural

sex, 24/03/2017 - 14:52

A mulher do meio rural hoje tem mais parcerias e escolhas, e por isso acerta nos empreendimentos.

 

Nesta entrevista ao programa Brasil Rural, da Rádio Nacional AM, a agricultora e empresária Norma Sueli também afirma que decidiu se aperfeiçoar para agregar valor aos produtos.

 

Com informações das Rádios EBC.

Nacional Informa: Terceirização é questionada no STF

sex, 24/03/2017 - 14:18

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos.

 

É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h).

 

Horários e duração diferenciados em coberturas especiais.

 

Produção do Radiojornalismo da EBC.

 

Acesse aqui as edições anteriores.

 

Força-Tarefa atuará por mais 30 dias no Presídio de Alcaçuz

sex, 24/03/2017 - 13:04

A Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária vai ficar mais 30 dias no presídio de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte. A ação no presídio ocorre desde o início do ano, quando diversos conflitos entre facções rivais deixaram 26 mortos.

Os homens da força-tarefa cuidam da guarda, vigilância e custódia de presos. 

Na última segunda-feira (20), uma operação iniciou a mudança de 500 presos de pavilhão. A transferência ocorreu para que o local pudesse ser reformado.

Em fevereiro, uma barreira de conteineres foi colocada para dividir o presídio e separar as facções rivais. Depois, os conteineres foram substituídos por concreto.

A força-tarefa de intervenção penitenciária também vai ficar por mais 30 dias em Roraima. Vai atuar nas ações de policiamento ostensivo na área externa aos presídios.

Assim como em Alcaçuz, houve rebelião e conflito na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, no início do ano. Pelo menos 33 presos foram mortos. 

Também foi prorrogada a presença da Força Nacional de Segurança no Pará, na Usina Hidrelétrica de Belo Monte, até janeiro de 2018.

Segundo decisão publicada no Diário Oficial da União, desta sexta-feira (24), a prorrogação terá como objetivo a garantia da segurança das pessoas, do patrimônio e a manutenção da ordem pública nos canteiros de obras, nas demarcações e serviços.

Ingresso para o Campus Party Brasília já está à venda

sex, 24/03/2017 - 12:39

Foi aberta a pré-venda para o Festival Campus Party Brasília, que vai acontecer de 14 a 18 de junho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. 

Quem pretende acampar no espaço destinado ao evento deve adquirir o ingresso no site Brasil, endereço eletrônico campus-party.org. A exepectativa é que 4 mil pessoas utilizem as barracas oferecidas pelo evento. As vendas encerram no dia 31 de março. 

Essa é a primeira vez que o festival acontece em Brasília que tem como objetivo fortalecer junto aos jovens o ambiente de inovação, ciências, empreendedorismo e universo digital.

O coordenador de estratégias para o empreendedorismo da Secretaria do Trabalho, Daniel Gurgel, disse que o encontro vai destacar a transparência. 

A Campus Party é composta de três espaço, a área de camping; a área Open, que é gratuita, e a Arena, onde se realizam palestras das 9h às 23h, totalizando 700 horas de conteúdo nos três dias do evento. As palestras são realizadas por especialistas do exterior, do Brasil e de Brasília. 

A experiência surgiu na Espanha em em 1997. Desde então, já foi realizada na Alemanha, Colômbia, Equador, El Salvador, Inglaterra e México.

Desde 2008, o evento ocorre em São Paulo e, desde 2012, no Recife.

Gilmar Mendes volta a cobrar investigação de vazamentos da Lava Jato

sex, 24/03/2017 - 11:57

* A participação da repórter foi ao vivo.

 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, voltou a criticar o vazamento de nomes de políticos investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nos processos da Lava Jato.

Essa é a segunda vez, esta semana, que ele fala sobre o assunto. Na terça-feira (21), chegou a dizer que o vazamento – que teria ocorrido dentro da Procuradoria-Geral da República – era constrangedor.

No dia seguinte, foi rebatido pelo próprio procurador-geral, Rodrigo Janot, que afirmou que Gilmar Mendes havia sofrido de uma “disenteria verbal”.

Hoje (24), durante um seminário sobre Reforma Política, no TSE, Gilmar Mendes afirmou que não se pode aceitar esses vazamentos de quem quer que seja. 

Gilmar Mendes defendeu, ainda, a mudança do atual sistema político e eleitoral. Afirmou que as campanhas hoje são onerosas, o que faz com que a prática do Caixa 2 alimente o sistema.

Ele disse que a discussão sobre o financiamento de campanha não pode estar dissociada das discussões sobre o sistema eleitoral.

Gilmar Mendes acrescentou que o Congresso precisa legislar e a sociedade fiscalizar, sob pena de se observar as garantias penais, agora, a partir da visão de um promotor de Curitiba, numa clara referência à Força-Tarefa da Lava Jato.

Trocando em Miúdo: Confira dicas para evitar cair na malha fina

sex, 24/03/2017 - 11:40

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.

 

Se você, por acaso, ainda não entregou a sua declaração do Imposto de Renda, preste atenção nas dúvidas respondidas por especialistas convidados. As perguntas são enviadas pelos ouvintes para o nosso e-mail: emconta@ebc.com.br.

 

Cuidados para não cair na malha fina: esse é o destaque desta prosa. E isso é importante porque pode acontecer tanto por malandragem do contribuinte, que se acha mais esperto do que o leão da Receita, quanto por erros simples, no preenchimento da declaração.  

 

Ouça o programa para tirar não somente essas dúvidas, mas outra sobre o 13º salário do ano passado que a pessoa só recebeu agora, em janeiro. Neste caso, adiantando, só deve ser declarado em 2018.

 

Então, tá. Inté e axé

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa Em Conta, da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.

Chuva acima da média nos Andes deve provocar cheias no Amazonas

sex, 24/03/2017 - 11:24

O primeiro alerta de cheia dos rios do Amazonas será emitido no dia 31 de março pelo Serviço Geológico do Brasil no estado.

Os indicadores estão acima da média devido ao volume de chuvas na Cordilheira dos Andes, onde nasce o Rio Amazonas.

 

Confira os detalhes na matéria de Emir Fadul.

Nacional Informa: Dois suspeitos de envolvimento no atentado de Londres são presos

sex, 24/03/2017 - 11:18

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos.

 

É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h).

 

Horários e duração diferenciados em coberturas especiais.

 

Produção do Radiojornalismo da EBC.

 

Acesse aqui as edições anteriores.

 

Hora do Planeta: Cidades brasileiras apagam as luzes neste sábado contra o aquecimento global

sex, 24/03/2017 - 11:02

Neste sábado (25),  as luzes de milhares de residências e de monumentos em várias partes do mundo serão desligadas durante uma hora.

 

O ato faz parte do movimento Hora do Planeta, iniciado em março de 2007, pela organização não governamental ambientalista WWF, para chamar a atenção para o aquecimento global e as mudanças climáticas.

 

No Brasil, pelo menos 95 cidades aderiram à iniciativa. Mais de 500 prédios devem ficar no escuro durante uma hora, a partir das 20h30. 

 

Segundo o ambientalista André Nahur, a Hora do Planeta é um convite à reflexão sobre o meio ambiente.

 

Sonora: “A Hora do Planeta é um momento em que o WWF convida pessoas do mundo todo a desligarem a luz do ambiente que estão para que reflitam sobre seus modos de consumo, sobre o consumo de energia e também os impactos que a gente causa na natureza. É um convite para um protesto contra todo esse impacto que a gente causa na natureza e acaba voltando para nós de uma maneira muito negativa. Veja a questão do racionamento de água que estamos tendo em várias cidades. Está tudo conectado”. 

 

Na Amazônia, pelo menos sete cidades já aderiram à Hora do Planeta 2017, entre elas, Manaus.

 

A capital amazonense vai promover uma programação especial no Parque Municipal Senador Arthur Virgílio Filho, antiga Lagoa do Japiim, no bairro de mesmo nome, a partir das 18h. 

 

Haverá apresentações artísticas e musicais, feira gastronômica, atividades educativas para crianças, distribuição de mudas e de material educativo relacionado a mudanças climáticas e comércio de produtos sustentáveis e feitos de produtos reciclados. A entrada é gratuita. As luzes da Lagoa do Japiim serão apagadas durante uma hora, a partir das 20h30.

 

No ano passado, 156 municípios brasileiros participaram oficialmente da Hora do Planeta.

 

As luzes de 505 ícones, entre monumentos, espaços públicos e prédios históricos, ficaram desligadas por 60 minutos.

Estados do Sul ainda enfrentam desafio de preservar recursos hídricos

sex, 24/03/2017 - 10:55

Nesta Semana da Água, a Rádio Nacional veicula uma série de cinco matérias sobre os recursos hídricos no país e no mundo.  

A reportagem desta sexta-feira (24) é sobre a situação dos rios e mananciais da Região Sul e a necessidade de preservação dos recursos hídricos da contaminação por poluentes, como o lançamento de esgoto bruto nos rios. Especialmente, porque a região concentra quase um terço do Aquífero Garani, o segundo maior reservatório subterrâneo do mundo.

 

O Sul do Brasil é uma região com chuvas bem distribuídas ao longo do ano e banhada por uma rede de rios, muitos deles com enorme potencial hidrelétrico. Sob o solo da Região Sul está quase um terço do Aquífero Guarani, segundo maior reservatório subterrâneo do mundo. 

Boa parte da água disponível na região, no entanto, está contaminada. O professor André Silveira, pesquisador do Instituto de Pesquisas Hídricas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a UFRGS, acredita que a falta de gestão e de controle da poluição é o principal problema a ser enfrentado no que se refere a esse recurso. 

Os números do Instituto Trata Brasil confirmam a preocupação do pesquisador: segundo a organização, apenas 41,4% do esgoto é tratado em toda a Região Sul.

No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, pouco mais de 24% do esgoto é tratado antes de ser despejado no leito dos rios. 

Os resíduos urbanos, no entanto, não são os únicos vilões quando se trata de poluição das águas, segundo o professor da UFRGS. 

Silveira afirma que a ingestão de água imprópria para o consumo aumenta a incidência de doenças como febre tifóide, cólera e hepatite A. 

Em relação à poluição causada pela agricultura, o pesquisador afirma que deveria haver um maior controle e fiscalização do uso de agrotóxicos. 

O professor André Silveira acredita que o Brasil deixou, por muito tempo, de enfrentar o problema de saneamento.

Segundo o Instituto Trata Brasil, o custo para universalizar o acesso à água potável e ao tratamento de esgoto, em todo o país, é de R$ 303 bilhões, investidos em um período de 20 anos.

Novas regras do Minha Casa, Minha Vida devem ser anunciadas hoje

sex, 24/03/2017 - 10:43

*A participação da repórter foi ao vivo. 

 

Serão entregues hoje (24), pelo presidente Michel Temer, 1.300 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida em São José do Rio Preto (SP). 

 

Segundo o Ministério das Cidades, a obra vai beneficiar mais de 5 mil pessoas que têm renda mensal bruta familiar de até R$ 1.800.

 

Na cerimônia, o ministro Bruno Araújo vai anunciar novas regras do programa. As mudanças vão marcar o início das contratações para este ano.

 

De acordo com as regras, o beneficiário precisa cumprir uma série de requisitos para financiar um imóvel pelo programa. O principal deles é a renda familiar. A partir dela, são definidos os juros do financiamento, o prazo de pagamento e o tipo de imóvel.

Nacional Informa: Força-Tarefa ficará mais 30 dias em Alcaçuz

sex, 24/03/2017 - 10:42

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos.

 

É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h).

 

Horários e duração diferenciados em coberturas especiais.

 

Produção do Radiojornalismo da EBC.

 

Acesse aqui as edições anteriores.

 

Nacional Informa: JBS suspende produção temporariamente

sex, 24/03/2017 - 10:09

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.  

Estados da Amazônia promovem ações de prevenção neste Dia de Combate à Tuberculose

sex, 24/03/2017 - 09:44

Entre 2015 e 2016, Rondônia registrou 100 novos casos de tuberculose. Segundo informações da Agência Estadual de Vigilância em Saúde foram 530 notificações em 2015 e 630 no ano passado.

 

Com incidência média de 74 casos a cada 100 mil habitantes, Porto Velho está em sétimo lugar no registro da doença, entre as capitais brasileiras.

 

A tuberculose é a primeira causa de morte por infecções no mundo. A enfermidade tem cura, mas, quando o tratamento é interrompido, os riscos de novas contaminações são grandes. Cada paciente que não se trata ou deixa a medicação de lado, pode infectar, em média, 10 a 15 pessoas por ano.

 

O alerta é da coordenadora estadual de Controle da Tuberculose, Nilda de Oliveira Barros. Segundo a coordenadora, o tratamento completo e adequado tem duração de seis meses. E esse período deve ser respeitado. Caso contrário, a doença pode se agravar e ficar resistente aos medicamentos.

 

Para evitar que os pacientes deixem o tratamento, a Coordenação Estadual de Controle à Tuberculose promove nesta sexta-feira (24), Dia Mundial de Combate à Tuberculose, ações de prevenção em diversos municípios.

 

Em São Luís, no Maranhão, a secretaria de Saúde também vai intensificar os esforços para ampliar o diagnóstico precoce da doença na capital. 

 

No ano passado, foram realizados mais de 2.500 testes de tuberculose pela rede municipal de saúde.

No Tocantins, também haverá mobilizações para identificação precoce da doença. Segundo dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação, até o dia 1º de março foram registrados 13 casos de tuberculose no estado. Em 2016, foram 171 casos. Número maior que o registrado em 2015, quando foram computados 163 casos.

 

A tuberculose afeta principalmente os pulmões. Os sintomas mais comuns são tosse persistente, febre vespertina, sudorese noturna, falta de apetite e emagrecimento.

Duas empresas desistem de disputar concessão do Maracanã

sex, 24/03/2017 - 09:40

* A participação do repórter foi ao vivo.

 

As empresas GL e CSN divulgaram nota conjunta nessa quinta-feira (23) explicando que saíram do negócio [gestão da Arena Maracanã] por não terem sido apresentadas garantias adequadas de segurança jurídica e contratual.

Porém, as empresas informaram que continuam interessadas de participar de uma concorrência pela gestão do Maracanã, isso se o governo do Rio de Janeiro decidir fazer uma nova licitação.

Se não houver mudanças no atual cenário, a empresa francesa Lagardère deve assumir a administração da arena.

A polêmica em torno da transferência da concessão do Maracanã começou em setembro do ano passado, quando o consórcio liderado pela Odebrecht se recusou a aceitar o estádio de volta após a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Início das aulas na Uerj continua incerto; nova reunião está marcada para próxima quarta

sex, 24/03/2017 - 09:10

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), que ainda não iniciou o segundo semestre de 2016, vai continuar sem aulas na graduação.

 

Havia uma expectativa de retomada do período letivo na próxima segunda-feira (27), mas, em reunião nessa quinta-feira (23), o Fórum de Diretores reafirmou a necessidade do atendimento efetivo de algumas condições. 

 

Por meio de nota, a direção da Uerj informa que continua empenhada em buscar, nos poderes Judiciário e Legislativo, as condições para o pleno exercício de sua autonomia financeira.

 

Uma nova reunião para avaliar a situação da Uerj está marcada para a próxima quarta-feira (29). 

Nova Iguaçu terá vacinação para prevenir febre amarela

sex, 24/03/2017 - 08:49

A prefeitura de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, iniciou nessa quinta-feira (23) uma ação de vacinação para impedir a entrada da febre amarela no município.

O chamado cinturão de bloqueio de vacinação contra a febre amarela é uma medida de prevenção.

A vacinação será feita por agendamento, e os moradores dos bairros localizados na zona da mata e próximos de áreas rurais do município serão os primeiros a receber a imunização.

Leia mais na Agência Brasil.

Páginas