Você está aqui

Crítica social de "Branco Sai. Preto Fica" leva Prêmio TV Brasil

  • 24/09/2014 00h14publicação
  • Brasílialocalização
Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil
 Premiação do Festival de Cinema, melhor longa Juri oficial, Branco sai, preto fica, de Adirley Queiros (Fabio Rodrigues Pozzebom /Agência Brasil)

Branco Sai. Preto Fica, de Adirley Queiros, venceu vários prêmios, entre eles o Prêmio TV Brasil Fabio Rodrigues Pozzebom /Agência Brasil

O filme Branco Sai. Preto Fica foi o vencedor do Prêmio TV Brasil, concedido pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), na cerimônia de premiação do 47º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, ocorrida na noite de hoje (23) em Brasília. O filme, de Adirley Queirós, conquistou um prêmio de R$ 50 mil e será exibido na grade de programação da emissora.

Queirós e parte da sua equipe subiu ao palco para receber e agradecer pelo prêmio, que já era seu sexto na noite. O filme conta a história de vítimas do descaso social, tendo como pano de fundo um caso de agressão policial ocorrida na cidade de Ceilândia, no Distrito Federal. A história mistura documentário e ficção e expõe um futuro, onde suas desigualdades mostram-se cada vez mais cruéis.

O júri do Prêmio TV Brasil é formado pela gerente de Licenciamentos Nacionais, Samantha Ribeiro; pela assessora de Conteúdo da Diretoria de Conteúdo e Programação, Luisa Caetano; e pelo coordenador de Apoio às Operação Regionais da Superintendência Regional Centro-Oeste/Norte, Paulo Barbosa.

A TV Brasil é líder na exibição de filmes nacionais pelo quarto ano consecutivo, segundo estudo feito pela Agência Nacional do Cinema (Ancine). Na grade da emissora, a sétima arte tem espaço garantido em sessões como Soy Louco por Ti Cinema, Ciclos de Cinema, Cine Nacional e DOC TV, além dos programas como Curta TV e Curta os Curtas. Na edição anterior do festival, o vencedor do Prêmio TV Brasil foi Os Pobres Diabos, de Rosemberg Cariry.

Edição: Fábio Massalli