Você está aqui

Prefeituras do Rio e de Niterói vão assumir custos para manter bibliotecas

  • 25/11/2015 19h05publicação
  • Rio de Janeirolocalização
Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil

Após o governo do estado do Rio de Janeiro anunciar esta semana o fechamento total ou parcial, a partir de hoje (25), das bibliotecas Parque de Manguinhos, Parque do Centro e Parque da Rocinha e da Biblioteca Pública de Niterói por falta de recursos para mantê-las, as prefeituras do Rio de Janeiro e de Niterói informaram que vão assumir os custos financeiros para que as instituições continuem funcionando.

De acordo com a prefeitura do Rio, serão liberados R$ 1,5 milhão por mês até o final de 2016 para custeio e manutenção das três bibliotecas parque. A prefeitura de Niterói anunciou que repassará recursos complementares até dezembro de 2016 para manter funcionando a Biblioteca Pública do município, localizada na Praça da República, no centro da cidade.

De acordo com a nota da prefeitura de Niterói, está marcada para amanhã (26) uma reunião com a Secretaria Estadual de Cultura para tratar do assunto. A prefeitura informa ainda que a biblioteca será reaberta na sexta-feira (27).

De acordo com a Secretaria Estadual de Cultura, com os repasses das prefeituras será possível manter os locais abertos sem interrupção até dezembro de 2016. A secretaria diz ainda  que a Biblioteca Parque Estadual, na Avenida Presidente Vargas, e a Biblioteca Pública de Niterói serão reabertas no sábado (28). Já as bibliotecas Parque de Manguinhos e Parque da Rocinha não chegaram a ter as atividades interrompidas.

Edição: Aécio Amado