Você está aqui

Amigos do Zé Pereira prometem pré-carnaval com som contemporâneo e samba de raiz

  • 09/01/2016 18h07publicação
  • Rio de Janeirolocalização
Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil
Liga Zé Pereira

Primeiro pré-carnaval. em 2012, festejou a criação da ligaDivulgação/Liga Carnavalesca dos Amigos do Zé Pereira

A Liga Carnavalesca dos Amigos do Zé Pereira promove neste domingo (10), a partir das 10h, no Circo Voador, na Lapa, centro do Rio, seu segundo pré-carnaval. Segundo o presidente da liga, Rodrigo Rezende, o evento será "um encontro de todos os blocos, aberto também para as famílias.”  

O primeiro pré-carnaval foi em 2012 e comemorou a criação da liga, que é composta por oito blocos da zona sul e do centro do Rio de Janeiro. Em sua maioria, os blocos são formados por músicos que começaram a tocar por volta da década de 1990. Em 2012, a Liga dos Amigos do Zé Pereira recebeu do jornal O Globo o prêmio de melhor organização no carnaval do Rio.

A primeira parte da festa de amanhã, com oficinas de circo, perna de pau, artes e adereços, é mais voltada para as crianças, mas as atividades se estendem até as 22h, com apresentação de vários blocos e shows musicais. “A primeira parte é mais infantil e vai seguindo até o final da noite”, disse Rezende.

Para amenizar o calor, a liga vai instalar “chuveirões” do lado de fora do Circo Voador. “É para quem quiser se refrescar, poder tomar uma ducha lá na Lapa”, explicou o presidente da agremiação. Durante o evento, cerca de 300 músicos animarão os foliões, “porque nem todos os blocos levarão seus batuqueiros”. A liga pretende atrair um público variado, entre 600 e 1,2 mil pessoas o dia inteiro, com um clima mais jovem,  “mais família" no início, e mais adulto depois do almoço até o fim do evento.

Para Rezende, a liga é, na verdade, o espelho do atual carnaval do Rio de Janeiro. Apadrinhada pelo Cordão da Bola Preta, a agremiação reúne blocos de bairro, que tocam samba tradicional, e blocos que tocam música contemporânea, como o Toca, Rauuuul!! e a Orquestra Voadora.

"Parece maluquice"

“O carnaval não é só samba tradicional. Ele abriu muito, tem muitas vertentes e possibilidades. A liga é exatamente isso: vai desde o samba de raiz, como o do Laranjada, bloco de Laranjeiras, bairro da zona sul, até o Mário Bloco, que toca músicas de videogame. Parece uma grande maluquice, mas é carnaval."

Ao meio-dia, a Orquestra Voadora promete fazer um show especial para as crianças e depois exibem-se os blocos Céu na Terra, Mário Bloco, Toca Rauuuul!! e Quizomba, com a realização de rodas de samba dos grupos Vagalume, A Rocha e Laranjada, entre uma apresentação e outra, e ensaio aberto do bloco A Rocha, da Gávea.

Fazem parte dos Amigos do Zé Pereira os blocos Céu Na Terra e Mário Bloco, de Santa Teresa; Quizomba, da Lapa; Vagalume, do Jardim Botânico; Toca Rauuul! , do centro; A Rocha, da Gávea; a Orquestra Voadora, do Flamengo; e Laranjada, de Laranjeiras.

Edição: Carolina Pimentel