Você está aqui

Com redução de gastos, escolas de samba de Manaus desfilam neste sábado

  • 06/02/2016 14h11publicação
  • Manauslocalização
Bianca Paiva - Correspondente da EBC em Manaus/ Rádio Nacional da Amazônia

banner_carnaval_2016

As Escolas de Samba do Grupo Especial de Manaus se apresentam neste sábado (6) no Sambódromo. As oito agremiações vão desfilar na seguinte ordem: Primos da Ilha, Sem Compromisso, Unidos da Alvorada, Reino Unido da Liberdade, Mocidade Independente de Aparecida, A Grande Família, Vitória Régia e Andanças de Cigano.

O Secretário de Cultura do Amazonas,  Robério Braga  disse que “apesar do orçamento mais apertado este ano, tudo caminha para um carnaval tranquilo, bem organizado e com o mesmo brilho dos anos anteriores”. A Comissão Executiva das Escolas de Samba de Manaus acrescentou que  “as agremiações estão usando materiais alternativos e muita criatividade para apresentar um belo carnaval”.

Segundo o carnavalesco da escola de samba Mocidade Independente de Aparecida, Saulo Borges, ficou definido que todas as escolas devem apresentar apenas duas alegorias montadas em caminhão e uma menor, chamada de módulo encima de roldanas.

Saulo conta que a escola também fez outras adaptações para driblar a crise. “Tivemos que reaproveitar as esculturas dando um novo formato, uma nova cor, um novo significado. Também estamos reaproveitando uma parte de ferros das estruturas das alegorias. Nas fantasias também estamos reaproveitando tudo, até o botão que ano passado fechou uma calça, uma camisa de fantasia. A gente espera que quando a Aparecida passar na avenida as pessoas não percebam que ali naquele desfile tem peças que foram utilizadas no desfile anterior, afirmou o carnavalesco".

A Mocidade Independente de Aparecida vai homenagear em 2016 a escola de samba carioca Portela, com o enredo “A soberana encontra a majestade e nessa passarela eu nunca vi coisa mais bela”.

A escola Vitória Régia promete animar os foliões de todas as idades com o enredo A Terra do Nunca é Verde e Rosa – Peter Pan, como revela o mestre de bateria Didi Rédman. “É muita euforia. A expectativa é muito grande. Estamos criando várias coreografias com crianças, jovens e adultos. Nós vamos levar para a avenida uma grande festa na aldeia, como era a festa do Peter Pan. A bateria vem fazendo uma grande evolução”, contou Didi.

O desfile das escolas de samba de Manaus começa a partir das 20h. A apuração dos votos que vai revelar a campeã do Carnaval 2016 será feita na segunda-feira (8).

A reportagem tentou ouvir o Secretário de Cultura, Robério Braga, sobre a redução de verbas para o carnaval deste ano, mas ele não quis falar sobre o assunto.

Edição: Valéria Aguiar