Você está aqui

Ministros do Mercosul lançam plataforma para formar rede cultural sul-americana

  • 01/12/2017 15h50publicação
  • Rio de Janeiro localização
Ana Cristina Campos - Repórter da Agência Brasil

Ministros da Cultura dos países do Mercosul lançaram hoje (1º) o Mapa de Residências Artísticas do bloco. A plataforma pretende aproximar a comunidade cultural na América do Sul e facilitar o diálogo para ações conjuntas entre os artistas.

Segundo o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, o objetivo é formar uma rede e uma política cultural articulada entre os países sul-americanos. “Esse mapa visa estimular a circulação de artistas na região para que haja um maior intercâmbio entre os nossos países no campo da cultura. A ideia é que, por meio de programas e ações, os artistas possam entrar em contato com seus colegas e trocar experiências, valores, ideias e sua produção”, disse.

Na reunião dos ministros nesta sexta no Museu do Amanhã, na Praça Mauá, na região central do Rio de Janeiro, também foi aprovado o plano de ação do Mercosul Cultural para o próximo biênio. Sá Leitão explicou que esse plano é uma espécie de mapa para o próximo período, com temas e metas a serem alcançadas.

“O tema central é o desenvolvimento da economia criativa na região. A economia criativa é um ativo muito importante e vamos discutir maneiras de fazer com que as atividades culturais e criativas possam se desenvolver ainda mais e, com isso, contribuir para o desenvolvimento dos nossos países”, disse o ministro.

Edição: Luana Lourenço