Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Praia de Copacabana terá encontro entre samba e música clássica neste sábado

Publicado em 06/01/2018 - 12:21

Por Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro

Cinco dias após a festa do Réveillon, a Praia de Copacabana será palco do Encontro do Samba, na noite de hoje (6). O evento vai reunir mais de mil ritmistas das 13 escolas de samba do Grupo Especial. Uma parte deles vai sair do Leme e outra da altura da Rua Figueiredo Magalhães, para um encontro marcado no meio da orla de Copacabana.

Ao final do desfile pela Avenida Atlântica, os sambistas se juntarão à Orquestra Petrobras Sinfônica para um show no palco montado em frente ao Hotel Copacabana Palace. O encontro dos ritmistas com os 59 músicos da orquestra, sob a regência do maestro Isaac Karabtchevsky, terá clássicos da MPB como Aquarela Brasileira, de Silas de Oliveira, e Não Deixe o Samba Morrer, de Edson Conceição e Aloísio Silva. No palco, Alcione, Martinho da Vila, Diogo Nogueira e Iza também participam do evento.

A operação de trânsito terá inicio às 14h com o fechamento das pistas da Avenida Atlântica entre a Rua Figueiredo de Magalhães e a Avenida Princesa Isabel. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) preparou um esquema especial de trânsito nas principais vias e nos acessos de Copacabana.

A Guarda Municipal também montou um esquema especial com 210 guardas, sendo 25 de trânsito, para atuar no patrulhamento do evento, que faz parte do calendário do programa Rio de Janeiro a Janeiro.

Para o encontro, o MetrôRio preparou uma operação especial. A concessionária vai disponibilizar trens extras nas três linhas (1, 2 e 4) e reduzirá os intervalos entre as composições. As estações recomendadas para o desembarque são Cardeal Arcoverde e Siqueira Campos.

 

Edição: Fernando Fraga

Últimas