Você está aqui

Cuba autoriza recebimento de carne e lácteos de 37 empresas brasileiras

  • 02/10/2014 20h22publicação
  • Brasília localização
Mariana Branco - Repórter da Agência Brasil

O governo cubano autorizou 37 empresas brasileiras a exportarem carne bovina e produtos lácteos para o país. Conforme o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que divulgou hoje (2) a informação, a liberação ocorreu após inspeção de representantes de Cuba. Dos estabelecimentos liberados, 23 produzem carne bovina e industrializados e 14 produtos lácteos e leite em pó.

Segundo o ministério, antes as empresas liberadas para os dois itens somavam 48, sendo 22 de carne bovina e 26 de produtos lácteos. Agora, são 85.

Os exportadores de carne bovina têm sede nos estados do Tocantins, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, de Rondônia, Mato Grosso do Sul, Goiás e São Paulo. Os de lácteos ficam em Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Espírito Santo.

O ministério informou, ainda, que o governo cubano editou resolução dispensando a presença de missão cubana para inspeção de estabelecimentos de carne bovina e lácteos, o que deve tornar o procedimento de liberação mais ágil. A prática já era adotada desde o ano passado para carnes de aves e suína.

Edição: Armando Cardoso