Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Confiança da construção cai 6,9% em fevereiro, mostra FGV

Publicado em 24/02/2015 - 10:39

Por Marli Moreira - Repórter da Agência Brasil São Paulo

O Índice de Confiança da Construção (ICST) caiu pela terceira vez seguida ao registrar, em fevereiro, variação de 6,9%. Esse foi o pior desempenho da pesquisa iniciada em julho de 2010, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV). No mês passado, o ICST foi 6,2%.

Trabalhadores da construção civil

FGV mostra que confiança da construção caiu 6,9% em fevereiro Antonio Cruz/Agência Brasil

 

De acordo com o levantamento, o índice atingiu 83,8 pontos, inferior à média de 121,4. O resultado é o pior desde 2010. Por meio de nota, a coordenadora de Projetos da Construção do Ibre/FGV, Ana Maria Castelo, destacou que o resultado reflete o pessimismo do setor. “Dois pontos vêm se destacando na sondagem da construção: a deterioração muito rápida e forte da confiança dos empresários nesses primeiros meses do ano e sua disseminação entre os segmentos do setor.”

Ela observou que esse comportamento pode refletir mais um ano de retração da construção civil em 2015. O Índice da Situação Atual (ISA-CST), que registrou baixa de 7,6%, em janeiro, acentuou a queda, em fevereiro, para 9,7% ao atingir 72,7 pontos. O Índice de Expectativas (IE-CST) recuou 4,6% em fevereiro, com 94,8 pontos, um pouco menos do que em janeiro, quando a variação foi negativa em 5,1%.

O ICST refere-se à pesquisa da Sondagem da construção feita com 702 empresas entre os dias 02 e 20 deste mês. O levantamento serve para monitorar e antecipar as tendências econômicas e orientar a tomada de decisões dos governos e do setor privado.

Edição: Marcos Chagas

Últimas