Você está aqui

BMG mantém liderança do ranking de reclamações de clientes no Banco Central

  • 15/03/2016 13h35publicação
  • Brasílialocalização
Da Agência Brasil

O banco BMG continua na liderança do ranking de reclamações de clientes contra instituições financeiras, segundo informou hoje (15) o Banco Central (BC). O banco está à frente na lista de bancos e financeiras com mais de 2 milhões de clientes e superou o Itau no índice do BC.

O BMG registrou índice de 66,40, bem distante do Itau, que ficou em segundo lugar, com 8,53. O índice do Bradesco chegou a 8,41. No mês passado, o BMG já tinha configurado no topo da mesma lista, com índice de 71,85.

Para elaborar o ranking, as reclamações são divididas pelo número de clientes da instituição financeira que originou a demanda e multiplicadas por 1 milhão. Assim, é gerado o índice, que representa o número de reclamações de cada instituição financeira para cada grupo de 1 milhão de clientes.

Irregularidades

Em fevereiro, o número de reclamações consideradas procedentes pelo BC contra o BMG ficou em 154. No caso do Itaú, foram 513 reclamações e do Bradesco, 651.

No total, o BC recebeu em fevereiro 2.669 reclamações consideradas procedentes. A principal reclamação, com 300 casos, está relacionada a irregularidades envolvendo a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito. Em seguida, ficaram as queixas (259) relacionadas a oferta ou prestação de informação a respeito de produtos e serviços de forma inadequada. Em terceiro lugar (217), a cobrança irregular de tarifa por serviços não contratados.

BMG

Por meio de email, o BMG informou que "o ranking do Banco Central promove a comparação de instituições financeiras com realidades distintas. O BMG esclarece que foram classificadas como procedentes 154 reclamações. Este  número é inferior quando comparado às reclamações procedentes dos demais bancos que ocupam as colocações inferiores do ranking.  O BMG destaca que trabalha com transparência, respeito aos clientes e em acordo com a legislação vigente".

Bradesco

O Bradesco também respondeu por meio de email. Conforme o banco, "a posição do Bradesco no ranking do Banco Central reflete a inclusão de registros específicos decorrentes de processos que estão sendo ajustados e que visam a constante melhoria no atendimento aos clientes. A qualidade de atendimento sempre foi nosso foco e está priorizada nos programas de treinamento contínuo ao nosso quadro de colaboradores".

Itaú

Também por email, o banco Itaú informou que "todas as manifestações de nossos clientes são objeto de nossa melhor atenção e representam oportunidades de melhorias. Continuaremos trabalhando nessas oportunidades para reduzir reclamações e aumentar a satisfação de nossos clientes”.

* A matéria novamente alterada às 17h25 para inclusão dos posicionamentos dos bancos Bradesco e Itaú. O do BMG já havia sido incluido.

Edição: Armando Cardoso