Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Sebrae e CNI oferecem vagas em cursos para micro e pequena indústrias

Projetos cobrem diversos setores; objetivo é ampliar competitividade

Publicado em 11/02/2019 - 16:06

Por Agência Brasil Brasília

Uma iniciativa da da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa (Sebrae) deve atender cerca de 900 empresas de 16 estados neste ano, com atividades de capacitação em solução de desafios comuns a negócios do mesmo ramo, em regiões específicas. Ao todo, serão 48 projetos em 12 setores diferentes, como cerâmica, gráfico, alimentos e bebidas, têxtil, panificação e madeira e móveis. 

De acordo com a CNI, serão investidos R$ 6,3 milhões nas ações, vinculadas ao Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (Procompi). Os projetos estão na fase de cadastro de interessados e serão executados pelas federações estaduais de indústrias e núcleos regionais do Sebrae. Cada ação reúne entre 15 e 20 empresas. "Nosso objetivo é apoiar indústrias de pequeno porte a melhorar seu desempenho por meio de consultorias e capacitação. Cada projeto é desenhado para atender a demanda de um setor específico", diz a coordenadora do Procompi pela CNI, Suzana Peixoto. 

Entre os 48 projetos aprovados para este ano estão incluídos uma ação para desenvolver a indústria cerâmica da Zona da Mata e do Agreste de Alagoas; a qualificação de empresários em produção enxuta para diminuir desperdícios na produção de plástico no Vale dos Sinos, no Rio Grande do Sul; e o oferecimento de consultoria em design thinking para indústrias de bebidas em Curitiba. Todas as regiões do país têm ações previstas. 

Para mais detalhes, as empresas devem buscar as federações de indústrias ou os núcleos regionais do Sebrae de seu estado. Os contatos estão no site do Procompi.  

 

Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias