You are here

Também na Radioagência Nacional

Petrópolis registra cinco casos de malária

44 min 40 sec ago

Cinco pessoas foram diagnosticadas com malária em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. São homens com idade entre 14 e 54 anos, moradores dos bairros de Independência, Quitandinha, Valparaíso e Siméria.

 

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Petrópolis, todos os pacientes receberam a medicação fornecida pela Secretaria Estadual de Saúde e seguem o tratamento em casa. A vigilância sanitária fez uma varredura nas residências e locais de convívio dessas pessoas, mas não foram encontrados focos do mosquito.

 

A doença é transmitida pela picada da fêmea do mosquito do gênero anopheles e é mais comum nas regiões de mata fechada.  De acordo com a Prefeitura de Petrópolis, essa quantidade de casos está dentro dos padrões aceitos pelo Ministério da Saúde e, por isso, não representam risco à população.

 

Segundo a secretaria, a doença ocorre em maior número no verão e, com o outono, iniciado no dia 21, os casos devem se reduzir naturalmente. Não existe vacina específica para malária.

 

O setor de epidemiologia do município orienta a população para que evite as áreas de mata fechada, trilhas, cachoeiras e áreas rurais. Caso seja necessário frequentar estas áreas, a prevenção deverá ser feita com o uso de repelente. Em 2016, dois casos de malária foram registrados em Petrópolis. 

Liberação de mulher de Cabral depende de vistoria da Polícia Federal no apartamento da família

1 hour 16 min ago

A expectativa da defesa da ex-primeira dama Adriana Ancelmo é que ela seja liberada para ir para casa ainda nesta semana. Adriana Ancelmo recebeu o benefício de prisão domiciliar no dia 17, mas a medida foi suspensa pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2).

 

Os advogados de defesa recorreram ao STJ, que decidiu na última sexta-feira que ela pode sair  do Complexo Prisional de Bangu. Mas antes dela ser liberada é preciso que a polícia federal certifique que o apartamento está sem comunicação por telefone ou internet.

 

De acordo com o advogado de defesa, Alexandre lopes, o apartamento já está pronto para receber a vistoria da Polícia Federal. Adriana Ancelmo está presa preventivamente desde dezembro.

 

O código penal permite que a prisão preventiva seja substituída pela domiciliar quando se tratar de mulher gestante ou com mulher com filho de até 12 anos. Adriana tem um filho de 11 anos e outro de 14 anos de idade.

 

A decisão de conceder a prisão domiciliar a Adriana Ancelmo gerou protestos. A esquina do seu apartamento do Leblon, zona sul do Rio de Janeiro, amanheceu com alguns cartazes com frases como “devolvam nosso dinheiro” e “direitos iguais para detentas pobres”.

 

Adriana Ancelmo é acusada participar do esquema de desvio de dinheiro supostamente liderado pelo ex-governador. O Ministério Público diz que ela era responsável por lavar dinheiro com jóias e também usando seu escritório de advocacia para receber propina.

Mais de 100 famílias são afetadas pelas cheias dos rios no Amapá

2 hours 5 min ago

Mais uma cidade amapaense foi atingida pelas cheias dos rios neste fim de semana.

 

O Rio Araguari está mais de 3 metros acima do nível normal o que causou inundação em alguns bairros do município de Ferreira Gomes.

 

Segundo o último levantamento divulgado pelo Governo do Amapá, pelo menos 100 famílias foram afetadas. Dezessete precisaram ser removidas de suas casas.

 

De acordo com o comandante adjunto da Defesa Civil do Estado, Major Elsondré Martins, a inundação ocorreu após três hidrelétricas da região alcançarem a capacidade máxima de armazenamento.

 

O major afirmou que a manobra é planejada e que é liberado um alerta para a população, mas que não é possível evitar que algumas regiões em áreas de risco sejam afetadas.

 

Calçoene e Laranjal do Jari já estão situação de emergência. Nos últimos dias o volume de chuvas diminuiu e a situação nas duas cidades é considerada estável. A defesa civil continua monitorando as áreas.

Líder da oposição russa é preso por organizar atos anticorrupção

2 hours 28 min ago

Nessa segunda-feira, a Corte russa sentenciou Alexei Navalny a 15 dias de prisão e a uma multa de 20 mil rublos (equivalente a cerca de mil e cem reais). Um dos principais opositores do governo de Vladimir Putin, ele foi acusado de resistir à prisão e de organizar os protestos de domingo que aconteceram pelo país, não autorizados pelo governo russo.

 

Comissão do Senado vota nesta quarta projeto que institui documento único de identificação

2 hours 30 min ago

Proposta do Executivo que institui um único documento de identificação pessoal, já aprovada pela Câmara dos Deputados, deve ser votada nesta quarta-feira, na Comissão de Constituição Justiça e Cidadania do Senado.

 

O objetivo do projeto é criar um só registro civil, válido em todo território nacional, que substitua carteira de identidade, CPF e título de eleitor.

 

A vantagem da iniciativa é facilitar a vida dos cidadãos, segundo o relator, senador Antônio Anastasia, do PSDB de Minas Gerais.

 

A impressão do novo documento, com uso de tecnologia de cartão magnético, ficará a cargo da casa da moeda, sendo gratuita a emissão da primeira via.

 

O TSE, Tribunal Superior Eleitoral, será responsável por armazenar e gerir a base de dados da identificação civil nacional e utilizará informações biométricas, colhidas na própria Justiça Eleitoral.

 

O novo documento incluirá, entre outras informações, nome, sexo, data de nascimento, foto, filiação, naturalidade, assinatura, impressão digital do indicador direito, órgão emissor, local e data de expedição.

Filas marcam primeiro dia de vacinação contra febre amarela no Rio

2 hours 53 min ago

A campanha de vacinação contra a febre amarela começa antes mesmo da confirmação de casos na capital.

 

Quem procurou os postos do centro e da zona norte do Rio para se vacinar no primeiro dia útil da campanha encontrou grande movimento na maioria dos locais.

 

Desde o início do ano, mais de 400 mil doses da vacina foram aplicadas só na capital do estado.

 

Nesta segunda-feira, cerca de 100 pessoas aguardavam para tomar a vacina em um posto na Rua Evaristo da Veiga, na Cinelândia, zona central da cidade.A agente de viagens Kátia de Carvalho reclamou da demora no atendimento.

 

Já em um posto de saúde no Rio Comprido, na zona norte, a espera foi de aproximadamente 30 minutos. Várias famílias vieram se vacinar, como a da dona de casa Antonia Zileny, que trouxe os dois filhos, a cunhada e uma sobrinha.

 

A campanha de vacinação começou na capital fluminense duas semanas após o início da imunização em Casimiro de Abreu, na Baixada Litorânea, que concentrou a maior parte dos casos confIrmados no estado. Além de Casimiro de Abreu, o município de São Fidelis, no Norte Fluminense, registrou o primeiro caso de febre amarela, de acordo com a Secretaria estadual de Saúde.

 

Em Casimiro, o estoque de vacinas está zerado desde quarta-feira. Apesar de a secretaria estadual de saúde afirmar que já foram enviadas doses para imunizar todo o público-alvo do município, a secretária de saúde da cidade afirma que a quantidade foi insuficiente diante da grande procura por moradores de outras cidades próximas.

 

Dos casos confirmados em Casimiro, um morador da zona rural morreu. Os outros quatro infectados já receberam alta.

Poupança volta a ser opção atrativa para guardar dinheiro

3 hours 7 min ago

Em um momento de crise financeira, está difícil guardar dinheiro. Mas tem gente que consegue economizar e todo mês deposita um pouquinho na boa e velha poupança. 

 

Apesar do que muita gente acha, a poupança ficou mais atrativa nos últimos meses.

População cobra expansão do metrô no DF; término de obras segue indefinido

3 hours 18 min ago

De segunda a sexta-feira a vida do brasiliense é uma constante: horas de trânsito, ônibus lotados, engarrafamentos. E em uma população estimada em pouco mais de 2 milhões e 970 mil pessoas, segundo dados do IBGE, são poucas as que têm oportunidade de optar pelo metrô para fugir do trânsito.

 

De acordo com informações do Metrô DF, somente 200 mil pessoas utilizam o transporte diariamente, em estações espalhadas por seis regiões administrativas.

 

O fluxo de usuários poderia ser maior, se houvesse a conclusão de três estações. As obras na 104, 106 e 110 sul ainda não foram terminadas. A estimativa é que ainda se gaste cerca de R$ 78 milhões para concluir a construção dessas três estações.

 

O presidente do Metrô DF, Marcelo Dourado, ressalta que a conclusão das obras depende de um agente financiador, que ainda será definido dentro do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC.

 

Além das estações inacabadas, existe atualmente as chamadas estações não operacionais, como a Estrada Parque e a Onoyama. Elas estão prontas, não atendem a usuários ainda e não há previsão para que comecem a operar.

 

Outra obra que é muito esperada é a expansão do metrô. A aposentada Maria de Jesus, de 72 anos, aguarda por este transporte direto para a Asa Norte.

 

O projeto inicial propõe a construção de cinco novas estações: duas em Samambaia, duas em Ceilândia e uma na Asa Norte. O plano foi anunciado em 2012 e os estudos iniciais custaram R$ 17 milhões. Porém, quase cinco anos depois, o projeto ainda não saiu do papel.

 

Marcelo Dourado aguarda somente a liberação dos recursos para que a obra seja iniciada.

 

Ainda não existe uma previsão para a liberação do recurso, já que o dinheiro aplicado deverá ser liberado pelo Ministério das Cidades. A instituição também não tem um levantamento de quanto já foi gasto na construção do metrô no DF.

Nacional Informa: JBS retoma produção de carne bovina

3 hours 47 min ago

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

Comissário europeu recomenda mais controle sobre produção de carne no Brasil

4 hours 12 min ago

O comissário europeu para Saúde e Segurança Alimentar, Vytenis Andriukaitis, disse nesta segunda-feira (27), que restabelecer a confiança da União Europeia no mercado brasileiro de carnes depende somente do Brasil. Andriukaitis, que já tinha visita oficial marcada antes da deflagração da Operação Carne Fraca pela Polícia Federal, ressaltou que o Brasil precisa aumentar o controle sobre a produção agropecuária.

 

A afirmação foi feita após encontro na Fundação Oswaldo Cruz, em Manguinhos, zona norte do Rio.

 

Sonora: “Isso não depende da UE, depende do Brasil, de garantir que vão restaurar a confiança no comércio. A UE pede imediatamente que o governo providencie todas as informações sobre essa situação”.

 

O comissário informou que terá uma “boa oportunidade” de discutir detalhes sobre a qualidade da proteína animal produzida no Brasil em encontro que terá nesta terça-feira com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

 

Na ocasião, segundo o comissário, serão discutidas ações de cooperação entre bloco europeu e o Brasil para restauração da credibilidade na carne por parte dos consumidores.

 

Para isso, afirmou Andriukaitis, é necessário melhorar os instrumentos oficiais de controle sanitário, de qualidade, transparência e fiscalização do setor, já que, sem isso, “não há chances de manter um comércio em comum”.

 

Sonora: “O Brasil é um parceiro comercial muito importante, precisamos ver como continuar com essa boa parceria e a única forma é garantindo 100% de segurança alimentar, pois é um problema de saúde pública”.

 

Na Fiocruz, o comissário conversou com a presidente da Fundação, Nísia Trindade Lima, sobre doenças transmitidas por insetos, como zika, dengue, chikungunya e malária, o desenvolvimento de tratamentos e vacinas, resistência antimicrobiana, pesquisa sobre novos antibióticos contra hanseníase, entre outros temas.

Sobe para seis o número de frigoríficos interditados pelo Ministério da Agricultura

4 hours 38 min ago

Subiu para seis o número de frigoríficos interditados por causa da Operação Carne Fraca. Nesta segunda-feira o Ministério da Agricultura divulgou a interdição de mais duas unidades: SSPMA de Sapopema e Farinha de Carne Castro, em Castro, ambas no Paraná.

 

A unidade em Castro produz farinha de carne para ração animal. O dono Valdemar Lima de Castro, explica que a interdição foi causada por um descuido de fornecedores ao entregarem os bois abatidos.

 

Segundo o proprietário, a cada dia parado, a unidade deixa de faturar cerca de  R$ 30 mil. Tentamos contato com a empresa SSPMA, mas não obtivemos retorno.

 

Outros 4 frigoríficos já estavam interditados: Souza Ramos, em Colombo, no Paraná, BRF de Mineiros, em Goiás, que faz abate de frangos, e Peccin em Jaraguá do Sul, Santa Catarina, e em Curitiba, que produzem mortadela e salsicha.

 

Na última semana, a Secretaria Nacional do Consumidor determinou que os frigoríficos Souza Ramos, Transmeat e Peccin recolham toda a carne e produtos derivados vindos de seus estabelecimentos em Colombo, Balsa Nova e Curitiba. No recall, os consumidores deverão ser ressarcidos por eventuais prejuízos.

Museu da Escravidão e Liberdade deve ser aberto ao público até 2020, no Rio

4 hours 49 min ago

A Prefeitura do Rio de Janeiro iniciou o projeto para a construção e inauguração do Museu da Escravidão e Liberdade. O local onde o novo museu ficará deve ser anunciado daqui a dois meses, mas será na região portuária, próximo de outros espaços, que compõe a região chamada de Pequena África.

 

O museu, que de acordo com o planejamento será aberto ao público em julho de 2020, vai entrar na rota de turismo histórico que já inclui espaços como o Cais do Valongo, por onde cerca de 500 mil africanos escravizados entraram no Brasil, e o Cemitério dos Pretos Novos, onde aqueles que morriam logo após a chegada eram enterrados.

 

Mas de acordo com a secretária municipal de Cultura, Nilcemar Nogueira, o museu também vai registrar a primordial contribuição dos povos africanos para a construção da cultura brasileira.

 

A primeira iniciativa para a criação do museu foi a criação de um grupo de trabalho, composto por funcionários de várias secretarias da Prefeitura, que no futuro vai incorporar também um conselho da comunidade.

 

Em seguida, o grupo vai elaborar os projetos de conteúdo e de arquitetura do museu, que deve abrigar peças e fomentar projetos escolhidos por um conselho curador. Mas a primeira aquisição já foi apresentada: um cadeado de ferro, que era utilizado para acorrentar escravos em uma fazenda de café demolida no município de Vassouras. A peça foi doada por Marconi Andrade, integrante do Conselho Municipal de Cultura.

 

Por enquanto, o cadeado está exposto no Centro Cultural José Bonifácio, construído em 1877 para abrigar uma escola e reinaugurado em 2013 para sediar eventos relacionados à valorização da cultura negra.

Nacional Informa: Assembleia Geral da ONU quer eliminação total de armas nucleares

4 hours 55 min ago

<p><strong>Nacional Informa:</strong> Boletim de not&iacute;cias veiculado de hora em hora, com dura&ccedil;&atilde;o m&eacute;dia de at&eacute; quatro minutos. &Eacute; publicado na <strong>Radioag&ecirc;ncia Nacional </strong>de segunda a sexta-feira, das 8h &agrave;s 17h (n&atilde;o h&aacute; edi&ccedil;&otilde;es &agrave;s 12h e &agrave;s 13h). Hor&aacute;rios e dura&ccedil;&atilde;o diferenciados em coberturas especiais. Produ&ccedil;&atilde;o do Radiojornalismo da <strong>EBC</strong>. Acesse <a href="http://radioagencianacional.ebc.com.br/tags/nacional-informa" target="_blank">aqui</a> as edi&ccedil;&otilde;es anteriores.</p>

Procurador-geral do Trabalho defende veto integral do projeto da terceirização

5 hours 6 min ago

O procurador-Geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, pede ao presidente Michel Temer que vete integralmente o projeto de lei da terceirização, aprovado pela Câmara dos Deputados.

 

Em nota técnica, o procurador diz que a medida fragiliza os direitos fundamentais dos trabalhadores. Ele diz que o texto fragmenta a relação de emprego, aumenta a rotatividade de mão-de-obra, reduz a remuneração, eleva a jornada de trabalho, reduz a garantia de férias e de benefícios indiretos e coloca em risco os direitos trabalhistas.

 

Analisa ainda que a prática reduz o trabalho humano à condição de mercadoria e inverte o sentido  da terceirização que seria a subcontratação de atividades acessórias para facilitar que a empresa tomadora de serviços atue em sua atividade principal.

 

Mas os deputados da base aliada e empresários argumentam que a proposta vai dar uma injeção de ânimo na economia e aumentar as contratações

MP do Rio vai investigar supostas visitas irregulares a Sérgio Cabral em Bangu

5 hours 46 min ago

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro vai analisar se o ex-governador Sérgio Cabral recebeu visitas na cadeia de forma irregular.

 

Ele está preso provisoriamente desde novembro em Bangu 8, no complexo penitenciário de Gericinó na zona oeste do Rio acusado de chefiar esquema de desvio de dinheiro público.

 

Cabral teria recebido visitas de parlamentares fora do horário regular, entre eles de seu filho, o deputado federal Marco Antônio Cabral (PMDB/RJ).

 

A assessoria de imprensa do deputado diz que todas as visitas “foram feitas legalmente e dentro das normas previstas”.

 

O Ministério Público estadual vai verificar o relatório das visitas no presídio elaborado pela Secretaria de Administração Penitenciária; Se encontrar irregularidades vai instaurar um inquérito civil para apurar responsabilidades de deputados estaduais e agentes penitenciários.

 

Se houver necessidade de investigar deputados federais, o caso será encaminhado para o  Ministério Público Federal.

Nacional Informa: Ipea revela que mulher trabalha mais que homem

6 hours 6 min ago

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos. É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h). Horários e duração diferenciados em coberturas especiais. Produção do Radiojornalismo da EBC. Acesse aqui as edições anteriores.

MP do Rio vai investigar supostas irregularidades em visitas a Sérgio Cabral

6 hours 28 min ago

*A participação da repórter foi ao vivo. 

 

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro vai analisar se o ex-governador Sérgio Cabral recebeu visitas na cadeia de forma irregular.

 

Ele está preso provisoriamente desde novembro em Bangu 8, no complexo penitenciário de Gericinó (Bangu), na zona oeste do Rio de Janeiro. 

 

Cabral teria recebido visita de parlamentares fora do horário regular, entre eles, de seu filho, o deputado Marco Antônio Cabral (PMDB-RJ). A assessoria de imprensa do deputado diz que todas as visitas “foram feitas legalmente e dentro das normas previstas”. 

Nacional Informa: Estudo mostra que mulher trabalha mais do que homem

6 hours 54 min ago

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos.

 

É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h).

 

Horários e duração diferenciados em coberturas especiais.

 

Produção do Radiojornalismo da EBC.

 

Acesse aqui as edições anteriores.

 

Nacional Informa: Pegadas de 21 espécies de dinossauros são identificadas na Austrália

9 hours 57 min ago

Nacional Informa: Boletim de notícias veiculado de hora em hora, com duração média de até quatro minutos.

 

É publicado na Radioagência Nacional de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (não há edições às 12h e às 13h).

 

Horários e duração diferenciados em coberturas especiais.

 

Produção do Radiojornalismo da EBC.

 

Acesse aqui as edições anteriores.

 

Dois frigoríficos no Paraná são interditados pelo Ministério da Agricultura

10 hours 7 min ago

* A participação da repórter foi ao vivo. 

 

O Ministério da Agricultura interditou hoje (27) mais dois frigoríficos, que são alvos da Operação Carne Fraca. As unidades são Souza Ramos  e Transmeat e ficam no Paraná.

 

O ministério já havia interditado outros três frigoríficos suspeitos de atuarem no esquema de fraude para obtenção de licenças sanitárias.

Pages