Eleições 2014: mito ou verdade?