Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Com estratégias diferentes, Flamengo e Grêmio jogam em Porto Alegre

O jogo de volta, no Rio de Janeiro, será em 23 de outubro

Publicado em 01/10/2019 - 21:52

Por Rafael Monteiro - Repórter da Rádio Nacional Rio de Janeiro

Em alta no Brasil, os técnicos dos dois semifinalistas do país na Copa Libertadores da América utilizam planejamentos diferentes para disputar competições distintas.

O técnico Jorge Jesus, que estreou no Flamengo em 10 de julho em jogo contra o Athletico-PR pela Copa do Brasil, poucas vezes poupou seus titulares. Em diversas entrevistas o português já deixou claro que não é a favor de modificar toda a equipe de um jogo para o outro, independente do formato da competição. Na concepção de Jesus, em determinadas circunstâncias algumas alterações pontuais podem ser feitas, como aconteceu contra o São Paulo no último sábado no empate por 0 a 0 pelo Brasileirão. O treinador rubro-negro iniciou com Rafinha, Filipe Luís e Gerson, titulares absolutos, no banco de reservas.

Coincidentemente, Renato Portaluppi fez sua primeira partida como treinador do Grêmio também contra o Athletico-PR e pela Copa do Brasil, no dia 21 de setembro de 2016. Nestes mais de 3 anos à frente do clube gaúcho Renato geralmente poupou os titulares no Campeonato Brasileiro em datas próximas a competições em formato de mata-mata, como a Copa do Brasil e a Libertadores. E no último domingo não foi diferente na derrota por 2 a 1 diante do Fluminense no Maracanã, os 11 jogadores que devem começar jogando contra o Flamengo sequer viajaram para o Rio de Janeiro.

O comparativo da média de idade das duas prováveis equipes titulares mostra equilíbrio, o rubro-negros têm 28,09 anos, enquanto os tricolores possuem 28,18 anos.

Flamengo preparado

Sobre as diferentes opções dos dois técnicos, o volante do Flamengo, Willian Arão, diz que o grupo está preparado para encarar o Grêmio: “Está todo mundo 100%. Estamos preparados mentalmente, fisicamente e taticamente. Chegamos para este jogo nas melhores condições. Se uma outra equipe opta por poupar todo mundo não é um problema nosso, temos é que pensar na gente. Aquele jogador que o mister optar por colocar em campo tenho certeza que vai estar nas melhores condições para ajudar o Flamengo”.

O Flamengo tem apenas dois jogadores sem condições de entrar em campo, na Arena Grêmio, às 21h30, contra o tricolor gaúcho. O meia Diego e o atacante Lincoln, ambos se recuperando de lesão.

Pelo jogo de ida das semifinais, os visitantes devem iniciar jogando com Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson e Éverton Ribeiro; Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa.

Edição: Fábio Lisboa

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias