Você está aqui

MST bloqueia rodovia no Ceará

  • 05/05/2014 15h47publicação
  • Brasílialocalização
Andreia Verdélio - Repórter da Agência Brasil

Uma manifestação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) fechou hoje (5) a Rodovia CE-060, no município de Ibaretama, a 130 quilômetros de Fortaleza. O ato faz parte da Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária e em protesto à ação de dois homens, que atiraram contra integrantes do grupo, segundo Ivanildo Paes de Lima, um dos coordenadores do movimento.

Ele disse que 237 famílias estão acampadas desde o dia 22 de abril em frente à Fazenda Bonito, que é reivindicada pelo MST para fins de reforma agrária. Ele explica que, na sexta-feira (2), dois homens em uma moto passaram atirando e feriram duas pessoas, uma delas recebeu alta e a outra segue hospitalizada, mas não corre o risco de morrer.

A Polícia Civil do Ceará informou que uma pessoa foi presa em flagrante e que será indiciada por tentativa de homicídio e lesão corporal grave. O outro suspeito conseguiu fugir. O caso é apurado pela Delegacia Regional de Quixadá.

A manifestação na CE-060 tem a participação de 400 famílias da região. Segundo Ivanildo, elas só deixarão o local após marcar audiência com o prefeito e o governo do estado, para discutir a desapropriação da fazenda e a segurança do acampamento.

Na manifestação de hoje a Polícia Militar do Ceará fez um desvio na Rodovia CE-060 direcionando o trânsito para a BR-116. O major Andrade Mendonça, da assessoria de comunicação da PM, diz que o ato acontece de forma pacífica.

Segundo o MST, cerca de mil trabalhadores ligados a movimentos sociais também ocupam o perímetro irrigado na Chapada do Apodi, em Limoeiro do Norte (CE). O objetivo da ação é exigir o assentamento de famílias acampadas e a condenação de responsáveis por assassinatos de trabalhadores rurais.

Edição: Beto Coura