ANA diz que regulação do Cantareira é feita por acordo com São Paulo

Publicado em 21/10/2014 - 18:18 Por Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil - Brasília

A Agência Nacional de Águas (ANA) divulgou hoje (21) uma nota esclarecendo as suas atribuições e o relacionamento com o estado de São Paulo na gestão do Sistema Cantareira. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, o informativo distribuído aos veículos de comunicação é uma resposta às declarações feitas ontem (20) pelo candidato à Presidência Aécio Neves, com relação a atuação da ANA na gestão do Cantareira.

A agência diz que vem descentralizando suas competências regulatórias por meio de delegações, e que desde 2004 todas as ações regulatórias em relação ao Sistema Cantareira foram adotadas por acordo técnico entre a ANA e o órgão regulador estadual, o Departamento de Águas e Energia Elétrica. O órgão lembra que, em fevereiro deste ano, com as perspectivas do agravamento da estiagem, foi feita uma reunião com órgãos estaduais e federais para discutir a questão.

A ANA informou que tem liderado a busca de consenso técnico entre os estados de São Paulo, Minas Gerais e do Rio de Janeiro com o objetivo de aumentar a segurança hídrica das bacias do Rio Paraíba do Sul e do Piracicaba, Capivari e Jundiaí. “Diante da severa estiagem e suas possíveis consequências para a população, é fundamental manter a cooperação e confiança entre os atores institucionais que atuam na gestão e regulação dos recursos hídricos brasileiros”, informa a entidade.

Durante visita ao Santuário de Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, na região metropolitana de Belo Horizonte, Aécio Neves disse que a crise da água em São Paulo tem sido enfrentada de forma adequada pelo governador Geraldo Alckmin, e que “talvez tenha faltado” nessa questão um apoio maior do governo federal, por meio da ANA. Ele prometeu que, se eleito, promoverá parceria com os estados para investir na segurança hídrica. 

Edição: Beto Coura

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique