Você está aqui

Problemas no abastecimento de água já afetaram 68% dos paulistanos

  • 22/01/2015 11h02publicação
  • São Paulolocalização
Daniel Mello - Repórter da Agência Brasil
água desperdício

Para moradores da capital paulista, o risco de uma crise mais grave é grande Divulgação/Cesan

Mais de dois terços dos paulistanos (68%) já tiveram problemas com abastecimento de água na própria casa ou de algum parente nos últimos 30 dias. O dado faz parte da 6ª edição da pesquisa Indicadores de Referência de Bem-Estar no Município (Irbem), divulgada hoje (22). O levantamento foi feito pela Rede Nossa São Paulo entre 24 de novembro e 8 de dezembro de 2014.

Para 82% dos residentes na capital paulista, o risco de uma crise ainda mais grave, com esgotamento total dos reservatórios, é grande. Os problemas de abastecimento são causados pela falta de planejamento do governo estadual, na opinião de 42% das pessoas. A falta de chuva é apontada como responsável pela crise por 29% dos entrevistados.

Sessenta e seis por cento dos paulistanos acreditam estar bem informados sobre o tema. A confiança na Companhia Saneamento Básico do Estado de São Paulo caiu de 82% na pesquisa anterior para 62% na edição deste ano.

Foram ouvidas 1.512 pessoas, divididas proporcionalmente por todas as regiões da cidade.

Edição: Graça Adjuto