Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Banco do Brasil retoma patrocínio à Confederação Brasileira de Vôlei

Publicado em 22/06/2015 - 17:32

Por Wellton Máximo - Repórter da Agência Brasil Brasília

O Banco do Brasil (BB) retomou o patrocínio à Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), suspenso duas vezes este ano. Em comunicado, o BB informou que recebeu os documentos da CBV que comprovam o cumprimento dos aditivos aos contratos de patrocínio ao vôlei assinados em janeiro.

De acordo com o banco, os aditivos aos contratos melhoram a gestão do patrocínio, ao trazer mais transparência para a aplicação dos recursos e a tomada de decisões. O banco ressaltou que continuará acompanhando o cumprimento das exigências.

Orçado em R$ 70 milhões de 2012 a 2017, o patrocínio havia sido suspenso pela primeira vez em dezembro do ano passado, após investigações da Controladoria-Geral da União (CGU), que detectou irregularidades de R$ 30 milhões em pagamentos da CBV com verba de patrocínio do banco, como compras de empresas vinculadas a parentes de membros da confederação e falta de transparência nos gastos da verba de patrocínio.

Em janeiro deste ano, o BB refez o contrato com as cláusulas adicionais. O patrocínio foi reativado com a condição de que a CBV prestasse, dentro de 90 dias, os esclarecimentos necessários para comprovar o cumprimento das exigências. Alegando que as informações não foram passadas, o banco suspendeu novamente os repasses à CBV em 15 de maio.

Edição: Aécio Amado

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias