Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

UFMA oferece ebooks gratuitos nas áreas de saúde e de português

Publicado em 03/12/2015 - 21:26

Por Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro

Profissionais e estudantes da área de saúde de todo o Brasil têm ao seu dispor, de forma gratuita, em uma loja virtual elaborada por especialistas da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), cursos de reciclagem e ebooks multimídia sobre diversas áreas de saúde e português. O projeto da loja virtual Saite Store e dos ebooks recebeu investimentos do Ministério da Saúde, que tem acordo de cooperação com a UFMA para a realização de cursos dirigidos aos profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) no estado. Os ebooks estão disponíveis para qualquer pessoa interessada, mesmo de outra formação profissional.

Tudo começou a partir da percepção que a conectividade era ruim no interior, da mesma forma que ocorre em áreas remotas do país, disse hoje (3) a professora Ana Emília Figueiredo de Oliveira, líder do grupo de pesquisa Saite da UFMA. A partir daí, foi estabelecido como princípio que todo módulo de curso que fosse lançado teria uma versão também em aplicativo, “para poder facilitar o estudo offline”, disse.

Os cursos podem ser baixados pelo Google Play, nas plataformas Android e iOS, e a partir do início de 2016 serão disponibilizados também pela Apple Store. As resoluções são compatíveis com diversos tipos de smartphones, tablets e computadores.

Ao verificar que estavam com mais de 60 aplicativos e que os alunos começavam a ter dificuldades para sua localização, o grupo Saite decidiu desenvolver um aplicativo único, que é a loja virtual, que contém todos os demais aplicativos sob a forma de ebooks. “O principal é que tudo é de acesso livre”, informou a líder do grupo de pesquisa Saite. “A gente parte do princípio de que o recurso público é para todos. É democratização mesmo. Todos têm direito, têm acesso”.

Acervo

A Saite Store tem atualmente 58 ebooks para download em oito áreas temáticas (atenção básica, odontologia, saúde da pessoa idosa, nefrologia, assistência farmacêutica, redes de atenção à saúde, saúde materno infantil e português). Ana Emília explicou que a introdução da língua portuguesa nos módulos resultou da observação que era preciso melhorar a interação entre tutor e aluno, “que não estava tão bacana em algumas situações”. O professor Pasquale Cipro Neto atuou como consultor e revisor final dos módulos. Hoje, a Saite Store tem nove ebooks de língua portuguesa.

Estão em produção, no momento, 17 ebooks em outras áreas temáticas, como vigilância em saúde e saúde mental. “A ideia é continuamente alimentar a loja nas mais diversas temáticas”, disse Ana Emília. Até o final do ano que vem, a perspectiva é ultrapassar 100 ebooks, “com financiamento total do Ministério da Saúde”.

A escolha do nome Saite Store para a loja virtual deriva da junção de letras iniciais das palavras saúde, inovação, tecnologia e educação, explicou a professora da UFMA. Ela está relacionada ao grupo de pesquisas Saite, cadastrado no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) com certificação da UFMA. O grupo Saite é interinstitucional e trabalha com parcerias com outras instituições, como a Universidade Federal do Ceará (UFC) e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj).

Até o momento, os produtos foram 100% desenvolvidos pela UFMA. Ana Emília informou que a ideia agora é desenvolver uma ferramenta de autoria que permita que qualquer instituição possa desenvolver seus ebooks, a um custo mais baixo, tendo em vista que a produção de um aplicativo é muito cara. “Essa ferramenta é tipo um powerpoint [programa utilizado para criação, edição e exibição de apresentações gráficas]. Só que ao invés de construir slides, você constrói páginas de um ebook. E quando terminar, você aperta um botão e já sai na versão aplicativo para as duas plataformas: Android e iOS”. 

A versão beta da ferramenta já está pronta. Segundo Ana Emília, o Ministério da Saúde tem interesse de fazer a ligação dessa ferramenta à plataforma Ares (Acervo de Recursos Educacionais em Saúde), que é o banco de dados do ministério. Isso facilitará a elaboração de ebooks na área de saúde por qualquer instituição interessada.


Fonte: UFMA oferece 'e-books' gratuitos para profissionais de todo o país em saúde e português
Edição: Fábio Massalli

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Últimas notícias