Você está aqui

Pioneiros de Brasília são homenageados com bosque no Parque da Cidade

  • 30/01/2016 14h05publicação
  • Brasílialocalização
Priscila Rangel - Repórter do Radiojornalismo

Eles chegaram a Brasília antes de todos e precisaram enfrentar muitas adversidades para permanecer aqui.“Mato, muita lama, redemoinhos e muita amizade entre as pessoas”, foi o que encontrou a pioneira Olga Andrade Abraão, de 75 anos, quando chegou a Brasília em 1956. Ela está entre os homenageados pelo Memorial Bosque dos Pioneiros, inaugurado hoje (30), no Parque da Cidade Sarah Kubitschek. Uma das 500 mudas plantadas no Memorial recebeu o nome dela.

O governador Rodrigo Rollemberg falou sobre a importância de reconhecer a detreminação que tiveram os pioneiros ao chegar na cidade para que se aprenda com eles a superar desafios. “ É importante iniciar um processo de recolhimento da memória da experiência dessas pessoas como um grande aprendizado para a história de Brasília.”

O Jornalista Adirson Vasconcelos, de 80 anos, conta que veio para Brasília em 1957 a trabalho, e se apaixonou pela cidade. “Foi um privilégio para mim sair do Nordeste para fazer a cobertura da inauguração da Pedra Fundamental. Isso me tocou tanto que meses depois voltei e já estava morando na Cidade Livre, hoje, Núcleo Bandeirante. Depois me mudei para o acampamento da Super Quadra 108 sul”, relatou. 

A iniciativa de criação do Memorial Bosque dos Pioneiros é uma parceria entre o Governo de Brasília, a Novacap e a Associação dos Candangos Pioneiros de Brasília. Além das 500 mudas plantadas no Parque da Cidade, outras 3 mil serão distribuídas pelo Distrito Federal.

Edição: Valéria Aguiar