Você está aqui

Pais devem estar atentos ao contratar transporte escolar na volta às aulas

  • 22/02/2016 17h49publicação
  • Rio de Janeirolocalização
Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

Pais e responsáveis devem estar atentos na hora de contratar o serviço de transporte escolar para seus filhos na volta às aulas, alertou hoje (22) o assistente de coordenação-geral da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade (RBMLQ-1) do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), André Fofano.

Para saber se o serviço de transporte está dentro dos padrões de segurança e regularidade exigidos pelo órgão do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e se tem autorização para fazer o transporte de crianças e adolescentes, os pais podem obter informações no endereço www.inmetro.rs.gov.br/cronotacografo ou utilizando o aplicativo disponível para smartphones que funcionam com a plataforma Android, que pode ser baixado gratuitamente no endereço www.inmetro.rs.gov.br/rbmlqi. 

“Pode consultar se o veículo está verificado, se está com prazo vencido, se o veículo nunca fez a verificação”. André Fofano lembrou que o cronotacógrafo, chamado popularmente de tacógrafo, é um equipamento de uso obrigatório para esse tipo de condução, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e precisa ser vistoriado periodicamente pelo Inmetro e seus órgãos delegados que compõem. O cronotacógrafo é obrigatório para veículos com carga superior a 4.536 quilos e veículos para transporte de passageiros acima de dez lugares.

“O cronotacógrafo é a forma de indicar e registrar a velocidade do veículo durante o percurso, a distância percorrida, o tempo decorrido. Na verdade, se a gente fosse simplificar, diria que é como se fosse uma “caixa-preta” [de avião]”. O instrumento guarda informações que servirão para a ocorrência de um eventual acidente, por exemplo, disse Fofano. Dá para saber, inclusive, há quanto tempo aquele motorista estava trabalhando, completou. “Tudo isso está disponibilizado. Dá uma garantia maior aos pais”.

Recomendou que antes de contratar o serviço de transporte escolar, os pais e responsáveis procurem acessar o site do Inmetro onde poderão consultar esses dados, além das placas dos veículos e se o Certificado de Verificação do Tacógrafo está vigente. As mesmas informações estão disponíveis para transporte público coletivo.

De acordo com a assessoria de imprensa do Inmetro, o instrumento disponibilizado é de interesse também do próprio serviço de transporte escolar, porque mostra o cuidado do proprietário do veículo de estar em dia com a legislação, porque transportar crianças é uma grande responsabilidade. 

Edição: Maria Claudia