Você está aqui

Petrobras localiza corpo de petroleiro que caiu em tanque da Reduc

  • 02/02/2016 20h00publicação
  • Rio de Janeirolocalização
Douglas Correa – Repórter da Agência Brasil

A Petrobras informou, há pouco, que foi localizado o corpo do técnico de operação pleno da companhia Luiz Antonio Cabral de Moraes, de 56 anos, que caiu dentro de um tanque de estocagem de óleo lubrificante com 14 metros de altura, na Refinaria Duque de Caxias (Reduc), no último domingo (31). De acordo com o Sindicato dos Petroleiros de Duque de Caxias, a corrosão do teto do tanque pode ter provocado a queda do funcionário, que trabalhava desde 1989 na Petrobras.

Um relatório de identificação nos tanques da Reduc feito em 2013 indicou a necessidade de troca do teto dos tanques, que estavam apresentando corrosão.

Além disso, o sindicato protocolou pedido na Superintendência Regional do Trabalho para que seja suspenso qualquer trabalho em cima dos tanques até que uma auditoria do Ministério do Trabalho e Previdência Social certifique a segurança do local e que a estrutura metálica de todos os tanques da Reduc seja vistoriada.

No ofício, o Sindipetro Caxias também propõe mudanças nas normas de segurança para esse tipo de trabalho, como a obrigatoriedade do uso de cinto, trabalho em dupla, apoio do Comitê de Segurança de Meio Ambiente e Saúde e aumento do número mínimo de operadores.

O sindicato também tinha encaminhado ofício à Polícia Civil solicitando acompanhamento das buscas e investigações sobre a causa do acidente.

A Petrobras informou que instaurou  uma comissão interna de investigação para apurar as causas da morte do petroleiro e que está dando assistência à família da vítima desde que constatou seu desaparecimento.

Edição: Nádia Franco