Você está aqui

Viaduto incendiado em São Paulo será liberado para ônibus nesta quinta-feira

  • 24/02/2016 21h57publicação
  • São Paulolocalização
Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil
São Paulo - Funcionários da Companhia de Engenharia de Tráfego orientam motoristas após acidente que comprometeu as estruturas do Viaduto Santo Amaro (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Laudos atestaram que estrutura do viaduto não foi afetada pelo incêndiio ocorrido dia 13  Arquivo/Agência Brasil

O Viaduto Santo Amaro, na zona sul da capital paulista, será liberado para a passagem de ônibus na madrugada desta quinta-feira (25). O viaduto, que sofreu um incêndio no último dia 13, após dois caminhões – um deles transportando combustível – colidirem sob a estrutura, na Avenida dos Bandeirantes, estava interditado desde então. 

A prefeitura de São Paulo anunciou hoje (24) que as duas empresas que fizeram laudos sobre o estado do viaduto e um engenheiro e professor da Universidade de São Paulo (USP), que os analisou, certificaram que a estrutura da construção não foi afetada, e que veículos podem voltar a usá-la. Os laudos, no entanto, pedem que a liberação seja gradativa. Amanhã, apenas duas das seis pistas do viaduto poderão voltar a receber veículos.

“Vamos observar o comportamento das estruturas ao longo desse processo do trânsito passando por essa estrutura. Nada estrutural foi afetado de forma que nos impeça de fazer a liberação”, disse o secretário municipal de Infraestrutura Urbana e Obras, Roberto Garibe.

Nos próximos 15 dias, os engenheiros vão monitorar o comportamento da estrutura para decidir quando poderá ser feita a liberação para todos os tipos de veículos – amanhã poderão passar pelo viaduto apenas veículos de transporte coletivo. Segundo a prefeitura, uma tela será instalada na noite de hoje, sob a estrutura, para evitar a queda de materiais causada pela trepidação.

Edição: Nádia Franco