Você está aqui

Brasil vence sul-americano de rugby 7 em evento-teste da Rio 2016

  • 06/03/2016 19h16publicação
  • Rio de Janeirolocalização
Nielmar de Oliveira - Repórter da Agência Brasil

A seleção feminina de rugby 7 venceu a Argentina na final do Campeonato Sul-Americano de Rugby Seven por 27 a 5 e conquistou o título sul-americano da modalidade em evento-teste de rugby para a Rio 2016 disputado no Estádio de Deodoro. Foi 11º título sul-americano do Brasil.

A seleção feminina, que já está classificada para a Rio 2016, teve 12 atletas convocadas. No rugby 7, sete atletas são titulares e cinco ficam à disposição do técnico no banco. No total, 96 atletas de oito países (Brasil, Colômbia, Argentina, Venezuela, Uruguai, Chile, Paraguai e Peru) participaram da competição. O rugby 7 é uma uma variação do formato mais tradicional do rugby  e os jogadores tentam marcar pontos usando uma bola oval.

O evento-teste foi fechado, inclusive para transmissão por emissoras de televisão, porque o espaço ainda não está pronto para receber o público. O Comitê Organizador Local (COL) da Rio 2016 confirmou que as arquibancadas do estádio são temporárias e serão montadas mais adiante, como ocorrerá também com a arena de vôlei, em Copacabana, e no Parque Olímpico, na zona oeste.

De acordo com o COL, o evento-teste vai avaliar as condições do estádio para receber as seleções, incluindo gramado, vestiários, cronometragem do tempo de jogo, apresentação do esporte, voluntários e operações internas. O objetivo é corrigir eventuais falhas para que na Olimpíada tudo esteja acertado. A avaliação atende a determinações do próprio COL.

Nado sincronizado

Com a conquista de uma vaga inédita, a Ucrânia foi uma das três equipes que carimbaram neste domingo o passaporte para o nado sincronizado nas Olimpíadas Rio 2016. As ucranianas disputavam uma das três vagas com o Japão e a Itália, que também carimbaram a vaga, ficando, respectivamente, em segundo e terceiro lugar. As outras cinco equipes com vagas garantidas para a Rio 2016 são Brasil, Rússia, China, Austrália e Egito.

O último dia do evento-teste da modalidade ocorreu neste domingo (6) no Parque Aquático Maria Lenk, na Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade.

Durante a apresentação, as atletas da equipe japonesa somaram uma nota maior (94.6333), enquanto as ucranianas totalizaram 94.5000. No somatória final, no entanto, as atletas da Ucrânia garantiram o primeiro lugar no pódio. Ao conquistar a terceira vaga, com 92.0667 pontos, a Itália deixou de fora a equipe do Canadá, que também tentava uma das três vagas.

A classificação final do Pré-Olímpico de Nado Sincronizado, tem, além das três primeiras colocadas, as equipes do Canadá, com 181.0348; Espanha (quinta colocada com 178.8970); França, (sexta com 172.1461); e a equipe do Chile, que ficou em sétimo com 145.0858.

Algumas equipes reclamaram reclamaram das condições da piscina do Centro Aquático Maria Lenk que apresentavam um pouco de sujeira no fundo da piscina, azulejos soltos e vestiários aquém do desejado. Ao falar do assunto, o gerente geral de Instalações dos Esportes Aquáticos, Ricardo Prado, prometeu providência até os jogos, inclusive com a reforma do vestuário.

Edição: Fabio Massalli