Você está aqui

Marinha abre concurso para 1.340 vagas de nível médio

  • 01/03/2016 10h49publicação
  • Brasílialocalização
Da Agência Brasil
Rio de Janeiro - Marinha realiza simulação de operação de patrulha e inspeção naval (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Podem se candidatar no concurso para a Marinha homens, solteiros, entre 18 e menos de 22 anos Tânia Rêgo/Agência Brasil

Jovens que queiram ingressar na carreira militar podem se inscrever, até o dia 28 de março, no concurso público de admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros. São 1.340 vagas para homens, solteiros, entre 18 e menos de 22 anos no dia 1º de janeiro de 2017, com ensino médio completo na data prevista para verificação dos documentos.

A inscrição pode ser feita pela internet; a taxa é de R$ 20. Quem preferir poderá comparecer nas organizações militares da Marinha para se inscrever, nos dias úteis, das 8h às 16h. O candidato deverá escolher uma entre três áreas para se especializar: apoio, eletroeletrônica ou mecânica. De acordo com a classificação no concurso, a opção escolhida será seguida.

O concurso será feito por meio de provas objetivas com questões de ciências (física e química), matemática e português. As outras etapas são as verificações de dados biográficos, de documentos, a inspeção de saúde, o teste de aptidão física (natação e corrida), a avaliação psicológica e o curso de formação.

O curso de formação será realizado em duas etapas nas Escolas de Aprendizes Marinheiros de Florianópolis, Fortaleza, Recife e Vila Velha durante 48 semanas. Durante esse tempo, o aluno recebe uma bolsa-auxílio de R$ 790.

Ao terminar o curso com aproveitamento, será nomeado marinheiro e incorporado ao Corpo de Praças da Armada, permanecendo três anos nessa graduação. No terceiro ano, o militar fará o curso de especialização escolhido com duração de um ano e será nomeado Cabo, recebendo diploma, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), de formação técnica dentro da área escolhida. A remuneração será de cerca de R$ 2,5 mil.

 

*Texto alterado às 13h07  do dia 2.03.2016 para correção de informação

 

Edição: Talita Cavalcante