Você está aqui

Unidades básicas de saúde estarão informatizadas até o fim de 2018, diz ministro

  • 14/08/2017 17h51publicação
  • São Paulolocalização
Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil

Até 2018, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do país estarão informatizadas, disse hoje (14) o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Segundo ele, cerca de 15 mil UBSs já são informatizadas atualmente e a previsão é que mais 27 mil se somem a este número até o final do ano que vem.

“A meta é informatizar 100% das Unidades Básicas de Saúde até o final do próximo ano. Credenciaremos todas as empresas que quiserem trabalhar com a informatização das UBSs ”, disse Barros. O ministro participou hoje da cerimônia de abertura do Summit Saúde Brasil 2017, evento promovido pelo Grupo Estado, em São Paulo.

“Hoje, financiamos doença e temos que passar a financiar saúde. Temos que dispor da rede, mas quanto menos ela for usada, menos custo. Investir em prevenção e promoção será a palavra de ordem. Hoje gastamos R$ 50 bilhões por ano sem necessidade”, disse o ministro.

Em julho, o Ministério da Saúde lançou uma consulta pública direcionada a empresas que queiram se credenciar para levar soluções de informática às UBSs de todo o país. O objetivo é cadastrar digitalmente todas as informações dos usuários do SUS, facilitando o acesso aos dados do cidadão em todas as unidades de saúde. Segundo o Ministério, o Brasil possui 42.488 UBS em funcionamento. Deste total, 15.158 (35,7 %) UBSs enviam dados por meio do Prontuário Eletrônico dos pacientes.

Edição: Amanda Cieglinski