Você está aqui

Escolas e clínica da família fecham durante operação no Morro dos Macacos

  • 06/10/2017 11h15publicação
  • Rio de Janeirolocalização
Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil

Quatro escolas, duas creches, um espaço de desenvolvimento infantil e uma clínica da família estão fechadas na manhã de hoje (6) no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte do Rio, por causa de operação feita pelas polícias Civil e Militar, com o apoio das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança e da Polícia Federal.

A ação cumpre 31 mandados de prisão e de busca e apreensão contra acusados de envolvimento no tráfico de drogas. Até o momento, 11 pessoas foram presas.

No Morro de São João, que fica nas proximidades, uma escola foi fechada. Na favela da Rocinha, foram duas creches, e na Praça Seca, um espaço de desenvolvimento infantil. O motivo é o risco de confronto entre criminosos e policiais nos arredores.

Ao todo, 2.735 alunos ficaram sem aula em 11 unidades de ensino. Na Cidade de Deus, onde outra operação vem ocorrendo, não há registro de escolas fechadas, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde.

Localizadas nos arredores do Morro dos Macacos, duas unidades do Instituto Nacional do Câncer José de Alencar Gomes da Silva (INCA) estão funcionando normalmente hoje.

A um quarteirão do local da operação, o Boulevard 28 de Setembro continua com lojas abertas na manhã desta sexta-feira. A funcionária de uma delas conversou com a reportagem da Agência Brasil, e, sem se identificar, disse que passou por policiais e militares no caminho para o trabalho, mas não ouviu tiros. "Só teve trânsito, mas o movimento está normal", disse.

Edição: Maria Claudia