Você está aqui

Ministros vão a Roraima avaliar situação de imigrantes venezuelanos

  • 06/02/2018 11h05publicação
  • Brasílialocalização
Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil
Em busca de uma vida melhor, milhares de venezuelanos têm cruzado as fronteiras com os países vizinhos

Milhares de venezuelanos têm cruzado as fronteiras com os países vizinhosFoto: UNHCR/Boris Heger/Nações Unidas

O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, disse hoje (6) que uma comitiva de ministros vai a Roraima avaliar a situação dos imigrantes venezuelanos que têm cruzado a fronteira e se estabelecido no Brasil devido à crise político-econômica no país vizinho. Além de Terra, viajam na quinta-feira (8) os ministros Torquato Jardim (Justiça), Raul Jungmann (Defesa) e Sérgio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional).

“Estamos trabalhando em um força-tarefa do governo na discussão de alternativas. A crise na Venezuela é gravíssima”, disse Osmar Terra, relatando que até indígenas venezuelanos estão vindo para o Brasil.

Segundo o ministro, está sendo discutida a construção de um local para que esses imigrantes possam ficar e receber atendimento do governo brasileiro. “Estamos em uma situação crítica, temos que agir, e uma das ações poderá ser estabelecer áreas restritas para essas pessoas ficarem”, disse. “Boa Vista [capital de Roraima] é uma cidade modelo e, de repente, isso pode  desaparecer em função da sobrecarga de pessoas”, explicou Terra.

O governo federal vai realizar um censo dos imigrantes venezuelanos que entram no Brasil, “para ter ideia da dimensão do problema”, disse o ministro. Ele informou que existe uma estimativa de que mais de 10% da população de Boa Vista já é de refugiados.

Terra participou hoje (6) do programa Por Dentro do Governo, da TV NBR.

 

Edição: Maria Claudia