Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Um dia após tiroteio, bondinho do Pão de Açúcar volta a funcionar

Na troca de tiros, um soldado foi ferido e um homem foi preso

Publicado em 09/06/2018 - 13:52

Por Léo Rodrigues – Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro

Um dia após intenso tiroteio entre traficantes e policiais militares provocar a interrupção da operação do bondinho do Pão de Açúcar, a atração turística do Rio de Janeiro retomou hoje (9) o funcionamento normal.

Um atendente informou à Agência Brasil que a movimentação está normal e dentro do esperado para os finais de semana. A bilheteria na Praia Vermelha, no bairro da Urca, funciona de 8h às 19h50. As viagens têm início a cada 20 minutos ou quando atinge a capacidade máxima de 65 pessoas. O bilhete custa R$ 85 para adultos e R$ 42 para o público com direito a meia-entrada, incluindo menores de 21 anos, estudantes, idosos e pessoas com deficiência. Crianças até cinco anos acompanhadas dos pais ou responsável não pagam.

Por motivos de segurança, a operação do bondinho do Pão de Açúcar havia sido interrompida ontem (8), às 14h30, após tiros assustarem moradores e turistas na Praia Vermelha, local que abriga edifícios de diversas instituições do Exército. Dezenas de pessoas que estavam no Morro da Urca, a primeira estação do trajeto, ficaram retidos por quase três horas. O Aeroporto Santos Dumont também chegou a interromper as suas operações por 15 minutos, entre 15h15 e 15h30. 

De acordo com a Polícia Militar, o confronto teve início quando estava em curso uma operação pela mata em direção às comunidades Babilônia e Chapéu-Mangueira, no bairro do Leme. Os policiais se depararam com um grupo de homens armados. Um soldado foi ferido e um criminoso foi preso.

Edição: Carolina Pimentel

Últimas