Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

MPRJ pede prisão de acusados de matar moradora da Comunidade do Caju

Ela foi morta por criticar o tráfico de drogas nas redes socais

Publicado em 22/11/2018 - 11:55

Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) pediu ontem (21) a prisão de sete suspeitos de matar Hellen Alves de Oliveira. Segundo o MPRJ, a vítima, que morava na Comunidade do Caju, postou mensagem em uma rede social criticando o tráfico de drogas e isso teria desagradado os criminosos da região.

Ainda de acordo com o MPRJ, Hellen foi sequestrada na madrugada de 5 de março deste ano, morta a pauladas e esquartejada. Depois disso, seu corpo foi queimado e os restos mortais foram enterrados.

Os sete suspeitos foram denunciados pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. A denúncia foi apresentada pela 30ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal da 1ª Central de Inquéritos do MPRJ.

Edição: Valéria Aguiar

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias