Digite sua busca e aperte enter

 O Consulado-Geral do Japão e a Fundação Japão, apresentam uma exposição fotográfica que retrata o passado e presente de Tóquio, a megalópole que atrai tantos olhares. Tânia Rêgo/Agência Brasil

Compartilhar:

Caixa Cultural do Rio recebe mostra fotográfica sobre o Japão

Publicado em 07/08/2019 - 08:43

Por Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro

Para divulgar o Japão e a cultura japonesa no Brasil, como parte dos preparativos para as Olimpíadas Tóquio 2020, a Caixa Cultural do Rio de Janeiro abriu ontem (6) a exposição fotográfica Tóquio Antes/Depois. São cerca de 80 imagens da capital japonesa, tiradas nos anos 1930 e 1940 e na atual década de 2010.

A curadoria do crítico de fotografia Kotaro Lizawa revela a evolução histórica da megalópole, de uma cidade que começava a se modernizar, em meio a fortes tradições, no período do entreguerras, até a cidade tecnológica, iconográfica, multicultural e tomada por arranhas céus da atualidade.

A mostra é uma parceria da Caixa com o Consulado-Geral do Japão no Rio de Janeiro e a Fundação Japão, dentro das atividades do mês do Japão, promovido pelo consulado. De acordo com a vice-cônsul do Japão no Rio de Janeiro, Keiko Kikuchi, a marca da exposição é o contraste, com o objetivo de despertar nos brasileiros o interesse pelo país do sol nascente.

“Esses fotógrafos mostram vários atrativos de Tóquio. Espero que esta exposição possa abrir caminhos e despertar interesses para que os brasileiros visitem o Japão durante os jogos. Em 2020 Tóquio sediará os jogos, então estamos comemorando este momento histórico”.

Compõem a mostra obras publicadas na revista Koga, no livro Nippon (Japão, em japonês) e do fotógrafo Kineo Kuwabara, na parte do Antes. As obras do Depois são de Nobuyoshi Araki, Shintaro Sato, Motoyuki Daifu, Daido Moriyama, Shinya Arimoto, Kenta Cobayashi, Mika Ninagawa e Natsumi Hayashi.

No Rio de Janeiro, a exposição pode ser vista até o dia 15 de setembro. O trabalho já passou por Brasília, entre maio e junho, e Curitiba, de junho a julho. Depois do Rio, a exposição Tóquio Antes/Depois poderá ser vista em Manaus, Recife e São Paulo.

Veja galeria de fotos

Mostra de cinema

A exposição na Caixa será acompanhada de uma mostra de cinema com abordagem histórica, que vai apresentar obras que retratam também estes dois momentos na história da sétima arte japonesa. A entrada é franca, com distribuição de ingressos uma hora antes de cada sessão, que ocorrerão aos sábados e domingos, nos dias 10, 11, 17, 18 e 31 de agosto e 1º de setembro. A programação pode ser conferida no site da Caixa Cultural.

Dentro da mostra, a vice-cônsul destaca uma animação da década de 1990. “Eu posso recomendar o Crayon Shinchan - Bravo! Grande batalha de Samurais, um filme de animê de 1992. Quando eu era criança eu gostava muito de assistir esse animê, ele trata do cotidiano de um garoto muito bagunceiro, que sempre leva bronca da mãe”.

Outras atividades do Mês do Japão no Rio de Janeiro incluem a Expo Origami, de dobraduras de papel, que pode ser vista até o dia 23 de agosto no Centro Cultural e Informativo do Consulado, na Praia do Flamengo número 200, com entrada franca; e a homenagem que o país receberá na Bienal Internacional do Livro, que começa no dia 30 de agosto e terá um espaço dedicado no Pavilhão 4. Foram convidados três autores japoneses para dar palestras no evento.

Edição: Valéria Aguiar

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias