Colisão entre dois VLTs deixa 37 feridos em Fortaleza

Dois maquinistas foram resgatados após ficarem presos nas ferragens

Publicado em 28/09/2019 - 17:49 Por Leo Rodrigues - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Uma colisão de frente entre duas composições do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) deixou 37 pessoas feridas na manhã de hoje (28) em Fortaleza, inclusive os dois maquinistas que ficaram presos nas ferragens. Ambos já foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros.

"O primeiro estava consciente e orientado, sem lesões aparentes. O segundo teve fraturas nos membros inferiores e machucou a mão também. Está em uma situação um pouco mais delicada, mas que não chegou a ser classificada como vítima vermelha, isto é, aquela que está em uma situação de iminência de morte", disse o tenente Romário Fernandes, assessor de imprensa do Corpo de Bombeiros.

colisao
Acidente em VLT em Fortaleza deixa 37 feridos - Corpo de Bombeiros do Ceará/Divulgação

De acordo com ele, as sete vítimas que se feriram com mais intensidade tiveram fraturas ou luxações, mas não estavam em estado grave. Elas foram encaminhadas para o Instituto Dr. José Frota (IJF), unidade pública vinculada à prefeitura de Fortaleza que realiza atendimento de emergência e é referência em trauma. A Agência Brasil tentou contatar a unidade, mas não obteve sucesso.

As outras 30 vítimas, segundo o Corpo de Bombeiros, tiveram feridas mais leves e foram encaminhadas para outras unidades de saúde. O acidente, ocorreu pouco antes de meio dia, no cruzamento entre a Rua Bartolomeu Gusmão e Avenida Aguanambi, no bairro de Fátima. Os VLTs envolvidos integram a linha Parangaba-Mucuripe. A Metrofor divulgou nota dizendo já ter iniciado a apuração para identificar as causas da colisão.

"Todos os passageiros e funcionários do VLT feridos foram socorridos prontamente e levados para unidades de saúde. A companhia está prestando apoio a todas as vítimas. Os trens serão levados para manutenção e perícia. A operação da linha Parangaba-Mucuripe está suspensa", acrescenta a nota.

Edição: Bruna Saniele

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias