Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Movimento feminista busca mais acesso a espaços de poder e tomada de decisão

Publicado em 08/03/2016 - 21:06 e atualizado em 08/03/2016 - 21:06

Por Reportagem REDE MINAS Belo Horizonte

Nesta reportagem especial que marca o Dia Internacional da Mulher, a Rede Minas, parceira da TV Brasil, mostra a evolução do movimento feminista e a luta por direitos das mulheres. A socióloga Marlise de Matos começa fazendo uma análise da perspectiva do movimento, que começou nos anos 40 buscando uma participação política, por meio do sufrágio universal. Depois, nos anos 50 e 60, com a mulher já inserida no mercado de trabalho e escolarizada, a luta foi a diferenciação do feminismo, com a adesão de mulheres negras e operárias na causa. "Antes o movimento era apenas formado por mulheres brancas e burguesas".

Chegando aos anos 60 e 80, o movimento feminista se "burocratizou", até chegar nos anos 2000 para ganhar as ruas, com a Marcha das Mulheres. Os novos tempos trouxeram ainda outro segmento aderindo à luta, as mulheres camponesas.

Artistas e ativistas também mostram, na reportagem, como tem sido a luta das mulheres na busca por mais acesso aos espaços de poder e à tomada de decisão.

Edição: Luciano Campanato e Lana Cristina

Últimas