Você está aqui

Manifestantes pedem que governo brasileiro conceda asilo a Edward Snowden

  • 16/07/2014 17h35publicação
  • 17/07/2014 15h47atualização
  • Brasília localização
Da Agência Brasil

Cerca de 20 representantes de entidades nacionais e internacionais que defendem a concessão de asilo por parte do Brasil ao ex-agente da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Edward Snowden, que atualmente vive na Rússia, foram recebidos hoje (16) no Ministério da Justiça.

No encontro, o grupo entregou uma carta aberta direcionada à presidenta Dilma Rousseff cobrando uma postura pública do governo brasileiro em relação ao pedido de asilo no Brasil feito por Snowden.

O secretário executivo do Ministério da Justiça, Marivaldo Pereira,  disse que ainda não viu o possível pedido de Snowden,  mas prometeu ao grupo de manifestantes uma resposta formal sobre o recebimento ou não do pedido pelo ministério e o encaminhamento da carta ao ministro José Eduardo Cardozo.

Segundo a diretora da organização não governamental (ONG) Internet Sans Frontières, Florence Poznanski, a posição do Brasil de ignorar o pedido de asilo de Snowden é contraditória, uma vez que o país sediou o Net Mundial e demonstrou protagonismo na luta por mudanças na governança da internet.

“Acaba sendo um pouco contraditório você querer uma notoriedade internacional e não dar asilo à pessoa que é a origem de todas as revelações”, disse. Para a ONG francesa, foi em decorrência das revelações de Snowden que o Congresso Nacional brasileiro conseguiu bases para a aprovação do Marco Civil da Internet.

Edward Snowden, que em 2013 revelou programas secretos de espionagem em massa dos Estados Unidos, pediu oficialmente a prorrogação do asilo temporário na Rússia, que expira em 31 de julho, segundo seu advogado.

 

* Texto alterado às 15h46, do dia 17 de julho de 2014, para correção de informação. Diferentemente do informado, Marivaldo Pereira é secretário executivo do Ministério da Justiça, e não secretário de Assuntos Legislativos do órgão.

Edição: Luana Lourenço