Você está aqui

Israel confirma bombardeio em alvo próximo de escola da ONU

  • 03/08/2014 16h50publicação
  • Jerusalémlocalização
Da Agência Lusa

O Exército de Israel admitiu hoje (3) ter disparado sobre um alvo próximo de uma escola da Organização das Nações Unidas (ONU) em Rafah, na Faixa de Gaza, onde pelo menos dez palestinos morreram.

epa04339599 Blood on the ground at a United Nations run school after Israeli air strikes in Rafah in the southern Gaza Strip on, 03 August 2014. At least 10 people were killed in an airstrike on 03 August 2014 on a Unit

Israel admite bombardeio em alvo proximo de escola da ONUEPA/Direitos reservados

O Exército tinha como alvo três terroristas da Jihad Islâmica que se deslocavam em um veículo motorizado nas imediações de uma escola da Agência da ONU para Ajuda aos Refugiados Palestinos em Rafah. As forças de defesa israelenses estão analisando as consequências do ataque ao local onde se encontravam refugiados cerca de 3 mil, informou comunicado militar.

O governo nortre-americano reagiu com consternação ao bombardeio e instou Israel a se “esforçar mais” para evitar vítimas civis, disse, em nota, a porta-voz do Departamento de Estado, Jennifer Psaki. “Os Estados Unidos estão consternados com o vergonhoso bombardeio da escola de uma agência da ONU em Rafah”, acrescenta a nota de Jennifer Psak. “Insistimos, mais uma vez, em que Israel deve se esforçar mais para respeitar seus próprios princípios e evitar fazer vítimas civis”, conclui o comunicado da porta-voz do departamento.

Edição: Nádia Franco