Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Testes de vacina contra ebola começam sábado na Guiné-Conacri

Publicado em 05/03/2015 - 09:38

Por Da Agência Lusa Genebra

epa04406156 Liberians with symptoms of Ebola report to nurses in protective clothing at the John F. Kennedy (JFK) Ebola treatment center in Monrovia, Liberia 18 September 2014. In Geneva, Switzerland, the World Health

Teste de vacina contra ebola na Guiné-Conacri serão supervisionados pela OMS (Ahmed Jallanzo/EPA/Agência Lusa/ Direitos Reservados)Ahmed Jallanzo/EPA/Agência Lusa/ Direitos Reservados

Os últimos testes clínicos antes da comercialização de uma vacina contra o vírus ebola vão começar sábado (7) na Guiné-Conacri, anunciou hoje (5) a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os testes em milhares de pessoas vão ser supervisionados pela OMS, pelo Ministério da Saúde guineense, pela organização Médicos Sem Fronteiras, pelo Epicentro e o Instituto da Saúde Pública norueguês.

A vacina VSV-Ebov foi desenvolvida pela Agência de Saúde Pública do Canadá. A última epidemia do vírus ebola, declarada urgência de saúde mundial em agosto passado, deixou mais de 9,8 mil mortos, sobretudo em Serra Leoa, na Guiné-Conacri e Libéria.

"Trabalhamos duramente para chegar a esse ponto", declarou Margaret Chan, diretora-geral da OMS, em comunicado. "Se essa vacina for considerada eficaz, será uma grande vitória na prevenção ao vírus", acrescentou.

A vacinação ocorrerá na região da Baixa Guiné, que conta atualmente com o maior número de casos da doença. "A epidemia de ebola mostra sinais de recuo, mas não podemos baixar a guarda até ter eliminado todos os casos", disse Marie-Paule Kieny, sub-diretora-geral da OMS, citada na nota. Ela coordena o desenvolvimento de tratamentos para conter o vírus.

Desde setembro, duas vacinas contra o ebola foram testadas em 15 países da África, Europa e América do Norte.

A vacina canadense VSV-Ebov recebeu o nome do laboratório NewLink Genetics, antes dessa empresa e da Merck terem anunciado a colaboração, em 24 de novembro. A segunda vacina mais avançada é a da GlaxoSmithKline-Bio (GSK), denominada ChAd3-Zebov. Os institutos para a saúde dos Estados Unidos colaboraram na fabricação do produto.

De acordo com os últimos dados da OMS, divulgados nessa quarta-feira (4), foram confirmados 51 novos casos da doença na passada semana, contra 35 na semana anterior, na Guiné-Conacri. O balanço até agora é 3.219 casos e 2.129 mortes.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias