Você está aqui

Blatter: corrupção na Fifa trouxe "vergonha e humilhação" para o esporte mundial

  • 28/05/2015 15h01publicação
  • Brasílialocalização
Alex Rodrigues - Repórter da Agência Brasil

O presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter, disse hoje (28), em Zurique, na Suíça, que as denúncias de que alguns dos principais dirigentes da entidade são suspeitos de envolvimento em um esquema milionário de corrupção trouxe “vergonha e humilhação” para o esporte mundial.

Ao discursar durante a abertura do 65º Congresso da Fifa, evento durante o qual será escolhido o próximo presidente da entidade e no qual ele próprio disputa seu quinto mandato, Blatter foi categórico e alertou: “Vêm aí mais más notícias”.

“Muito mais tem que ser feito para garantir que haja ética no futebol e no esporte. Temos que dar resposta aos fãs. Temos a oportunidade de começar a mudança e recuperar a confiança [da opinião pública]”, declarou Blatter, cujo nome não está entre os dirigentes já indiciados pela Justiça dos Estados Unidos.

O suíço procurou se isentar da responsabilidade pelas ações dos principais acusados pelas autoridades norte-americanas e presos pela polícia suíça, ontem (27). “Não posso vigiar todos os membros da nossa família no mundo", defendeu-se, antes de voltar a garantir que a federação está cooperando com as autoridades responsáveis por apurar as suspeitas.

>> Acompanhe aqui a cobertura da Agência Brasil sobre a investigação na Fifa

Edição: Stênio Ribeiro