Queda da indústria manufatureira leva Bolsa de Xangai a fechar em baixa

Publicado em 23/09/2015 - 09:06 Por Da Agência Lusa - Pequim

A Bolsa de Xangai fechou hoje (23) no vermelho, com o anúncio de que a atividade da indústria manufatureira da China caiu para 47 pontos em setembro, o nível mais baixo dos últimos seis anos e meio.

O Índice Composite de Xangai fechou com queda de 2,19%, cotado em 3.115,89 pontos.

Yuan Bank of China

Cédula de yuan, a moeda da ChinaBanco popular da China

O principal indicador da Bolsa de Shenzhen, o segundo mercado financeiro da China, em que as empresas tecnológicas têm grande protagonismo, caiu 0,83% no encerramento, para 1.736,44 pontos.

O índice de atividade da indústria manufatureira, publicado pela revista chinesa Caixin, é baseado em pesquisa feita com gestores de mais de 3 mil empresas de 31 setores.

Nos últimos meses, a queda desse índice tem refletido as mudanças estruturais vividas pela economia chinesa, com maior ênfase nos serviços, em detrimento da indústria.

No primeiro semestre do ano, o Produto Interno Bruto chinês subiu 7% em relação a 2014 - o valor mais baixo desde 2009 -, dentro da meta fixada pelo governo.

Nessa terça-feira (22), o Banco Asiático de Desenvolvimento fez uma revisão para baixo da previsão de crescimento da China, que passou de 7,2%,em março, para 6,8%. A queda foi atribuída à fraca procura externa.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias