Você está aqui

Terremoto no Chile deixa pelo menos cinco mortos e 1 milhão de desalojados

  • 17/09/2015 05h51publicação
  • Santiago do Chilelocalização
Da Agência Lusa

Um terremoto de 8,3 graus na escala Richter provocou abalos em algumas casa e um milhão de pessoas ficaram desalojadas

Um terremoto de 8,3 graus na escala Richter provocou abalos em algumas casa e um milhão de pessoas ficaram desalojadasMario Ruiz/EFE/Agência Lusa

O forte tremor de terra, de 8,3 na escala Richter - segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos -,  registrado na noite dessa quarta-feira (16) no Chile, deixou pelo menos cinco mortos e 1 milhão de pessoas desalojadas. Foi mantido alerta de tsunami no país, informou hoje (17) o subsecretário do Ministério do Interior, Mahmoud Aleuy.

“Lamentamos a morte de cinco cidadãos chilenos, apresentamos as condolências do governo a todas as famílias. Estimamos em 1 milhão o número de pessoas retiradas de suas casas", disse Aleuy.

As autoridades chilenas divulgaram o alerta de tsunami em toda a costa do país, depois do tremor, que atingiu o Norte, o Centro e o Sul.

O balanço anterior era de três mortos, sete feridos graves, várias pessoas com pequenos ferimentos e danos materiais.

Milhares de chilenos passaram a noite em áreas elevadas, esperando que as autoridades suspendam o alerta de tsunami em mais de 4 mil quilômetros de costa.

Aa população deslocou-se para áreas seguras, situadas a mais de 30 metros acima do nível do mar, informou a agência Efe.