Você está aqui

Adolescente é indiciado como autor de tiroteio em escola do Canadá

  • 23/01/2016 21h38publicação
  • Saskatchewan, Canadálocalização
Da Agência Lusa

Um adolescente de 17 anos detido ontem (22) na sequência de um tiroteio em uma escola no Norte do Saskatchewan, em La Loche, no Canadá, foi indiciado por homicídio de primeiro grau, nunciou hoje (23) a Polícia Montada do país.

O jovem foi indiciado por quatro crimes de homicídio de primeiro grau, sete tentativas de homicídio e posse de arma de fogo não autorizada.

"O suspeito será levado à Justiça na próxima semana, mas, como menor de idade, não podemos divulgar seu nome", informou neste sábado Grant St. Germanine, superintendente da Policia Montada.

Marie Janvier, de 21 anos, professora auxiliar, Adam Wood, de 35, professor, e os irmãos Dayne e Drayden Fontaine, de 17 e 13 anos, respectivamente, foram os mortos identificados por familiares.

No tiroteio dessa sexta-feira, quatro pessoas morreram e várias ficaram feridas Anteriormente, o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, tinha anunciado que cinco pessoas haviam morrido.

De acordo com testemunhas, o atirador aproximou-se da escola com alunos do ensino secundário e disparou dentro e fora do prédio. A polícia do Canadá deteve o adolescente 45 minutos após o tiroteio.

A comunidade de La Loche tem cerca de três mil habitantes, dos quais cerca de 500 brasileiros na província de Saskatchewan.