Você está aqui

Preço do petróleo sobe após corte de relações entre Arábia Saudita e Irã

  • 04/01/2016 06h35publicação
  • Cingapuralocalização
Da Agência Lusa

Ministro dos Negócios Estrangeiros da Arábia Saudita, Adel al-Jubair.

Ministro dos Negócios Estrangeiros da Arábia Saudita, Adel Al Jubeir Kahled Elfiqi/Agência Lusa

Os preços do petróleo subiram hoje (4) na Ásia, depois de a Arábia Saudita ter cortado relações diplomáticas com o Irã após a execução de um líder religioso xiita.

O ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel Al Jubeir, disse que os diplomatas iranianos tinham 48 horas para deixar o país. O líder supremo do Irã afirmou que a Arábia Saudita enfrentaria “rápidas consequências” pela execução do clérigo.

O índice do barril de referência dos Estados Unidos (West Texas Intermediate - WTI), para entrega em fevereiro, subiu 1,30%, para US$ 37,52, e o barril de Brent, também para fevereiro, aumentou 1,64%, para US$ 37,89.

“O petróleo começou o ano em recuperação, com os mercados asiáticos reagindo a receios de que as tensões geopolíticas no Oriente Médio possam ameaçar o fornecimento de petróleo”, disse Bernard Aw, da IG Markets de Cingapura.