Você está aqui

Turquia bombardeia bases do PKK no Iraque em retaliação por atentado de Ancara

  • 18/02/2016 08h19publicação
  • Ancaralocalização
Da Agência Lusa

A Força Aérea turca bombardeou hoje (18) bases dos rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) no Iraque. Foi em retaliação pelo atentado dessa quarta-feira com um carro-bomba, que matou 28 pessoas no centro de Ancara, anunciou o Exército.

Os bombardeios tiveram como alvo um grupo de 60 a 70 combatentes do PKK, incluindo oficiais, na zona de Haftanin, perto da fronteira com a Síria, informou o Comando Militar em seu site na internet.

O acampamento de Haftanin é uma das mais importantes bases dos rebeldes curdos nas montanhas do Norte do Iraque.

Desde a retomada dos combates entre as forças de segurança turcas e o PKK no verão passado, os aviões de guerra turcos fazem vários ataques contra os campos.

Após um cessar-fogo de mais de dois anos, os confrontos, com mortes recomeçaram no verão passado entre as forças de segurança turcas e o PKK no Sudeste da Turquia, região de maioria curda.

Os combates travaram as negociações de paz com o governo, iniciadas no outono de 2012 e que pretendiam colocar um ponto final no conflito curdo, que deixou mais de 40 mil mortos desde 1984.

O ataque de quarta-feira em Ancara ainda não foi reivindicado, mas o primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, adiantou que o autor foi um cidadão sírio.

"Esse ataque terrorista foi cometido por elementos da organização terrorista PKK na Turquia e por um miliciano do grupo Unidades de Proteção do Povo (YPG)", declarou Ahmet Davutoglu à imprensa, acrescentando que a polícia já fez nove detenções no âmbito do inquérito aberto.