Você está aqui

Incêndio em refinaria da Petrobras no Texas deixa um ferido, informa estatal

  • 05/03/2016 19h07publicação
  • Brasílialocalização
Ivan Richard – Repórter da Agência Brasil

Um incêndio atingiu neste sábado (5) a unidade de hidrotratamento de diesel da Refinaria de Pasadena, de propriedade da Petrobras, no Texas, Estados Unidos. O acidente ocorreu às 13h15, horário de Brasília, e deixou um funcionário ferido. Segundo a Petrobras, o operário foi levado a um hospital local, onde foi atendido e liberado posteriormente.

Em nota, a estatal informa que durante o incêndio, houve bloqueio preventivo por algumas horas do canal de navegação Houston Ship Channel, umas das vias navegáveis mais importantes dos Estados Unidos. Ainda de acordo com a Petrobras, após o controle do fogo, profissionais da refinaria e do Condado de Harris fizeram o monitoramento da qualidade do ar no entorno da unidade e não foi constatado nenhum impacto exterior.

“A refinaria continua operando de forma segura, com as devidas autorizações de funcionamento dos órgãos competentes”, acrescenta a nota da Petrobras.

A Pasadena Refinery System Inc. (PRSI) foi comprada pela Petrobras em 2006 e auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) apontou superfaturamento de US$ 659,4 milhões na operação. Segundo relatório da CGU, houve erro na aquisição da primeira metade da refinaria, em 2006. Conforme o relatório, o Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTE), feito pela Petrobras, não levou em conta todas as premissas aplicáveis ao negócio, as quais resultariam na redução do valor máximo para a compra.

De acordo com o relatório, a Petrobras deveria ter discutido cenários mais favoráveis nas negociações, mas optou pelo pior dos elaborados pela consultoria Muse Stancil, beneficiando a empresa belga Astra Oil, que havia comprado Pasadena em 2005. Segundo o relatório, a avaliação da consultoria não foi incluída no documento que embasou as decisões da Diretoria e do Conselho de Administração da estatal.

Edição: Nádia Franco