Você está aqui

Primárias norte-americanas podem ampliar hoje vantagem de Trump e Hillary

  • 15/03/2016 07h21publicação
  • Estados Unidoslocalização
José Romildo - Correspondente da Agência Brasil

Cinco estados norte-americanos – Ohio, Florida, Carolina do Norte, Missouri e Illinois - fazem hoje (15) mais uma etapa das eleições primárias visando a escolher os representantes dos partidos Republicano e Democrata nas eleições para presidente dos Estados Unidos, em novembro deste ano.

Dos cinco estados, a Florida e Ohio são decisivos para os candidatos John Kasich e Marco Rubio, que ainda têm esperanças de serem nomeados candidatos do Partido Republicano. Se o republicano Donald Trump ganhar nesses estados, Kasich, que é governador de Ohio, e Marco Rubio, que é senador da Flórida, ficam praticamente eliminados da corrida, já que – mesmo nos estados que representam - não terão nenhum novo delegado para apoiá-los: pelas regras eleitorais da Flórida e de Ohio, o candidato ganhador leva para o partido todos os delegados eleitos.

Pelo lado democrata, a ex-secretária de Estado Hillary Clinton lidera a maioria das pesquisas nos cinco estados. Ela poderá assegurar uma grande vantagem em relação ao senador Bernie Sanders, se vencer essa etapa eleitoral.

A campanha do senador republicano pelo Texas, Ted Cruz, tem divulgado que ele é o único candidato capaz de enfrentar Donald Trump. Segundo os organizadores de sua campanha, Cruz tem hoje uma grande chance de vencer em Missouri, o que abriria chance de futuras vitórias nas etapas eleitorais que ainda estão por vir.

Os candidatos que se opõem a Trump atribuem à sua retórica inflamada contra os imigrantes e os muçulmanos o motivo do surgimento de conflitos entre manifestantes que participaram dos últimos comícios do Partido Republicano. Para Trump, porém, essas acusações são provocadas pelo descontentamento de candidatos que estão perdendo as eleições.

Edição: Graça Adjuto